miércoles, 5 de octubre de 2011

FLOR AGRESTE





Sempre foi a minha escultura preferida, uma jóia que só agora pude fotografar convenientemente, para este desfrute meu. Devido ao seu muito deambular por exposições itinerantes pelo mundo fora.


Siempre ha sido mi escultura preferida, una joya que tan solo ahora pude fotografiar convenientemente, para mi disfrute. Debido a su continuo deambular por exposiciones itinerantes alrededor del mundo.





Esteve exposta na Exposição do Palácio de Cristal em 1881, o ano em que Soares dos Reis foi nomeado professor. Sendo, então, adquirida por Maria Francisca Archer, mulher do coleccionador Nuno de Carvalho, por 250.000 reis.


Estuvo expuesta en la Exposición del Palacio de Cristal en 1881, el año en que Soares dos Reis fue nombrado profesor. Entonces fue adquirida por María Francisca Archer, esposa del coleccionador de arte Nuno de Carvalho, por 250.000 reis.





Foi vendida à Câmara Municipal do Porto em 1932. Está considerada uma das jóias da colecção municipal.


Fue vendida al Ayuntamiento de Porto en 1932. Está considerada una de las joyas  de la colección municipal.





Esta imagem aparentemente tão humilde da Flor Agreste, de cabelo em desalinho e blusa aberta, é uma prova da tendência do escultor para o retrato de criação livre, motivado por uma grande sensibilidade estética… que a mim, me comove.


Esta imagen, aparentemente tan humilde de La Flor Agreste, de pelo desaliñado y blusa abierta, es una prueba de la tendencia del escultor por el retracto de creación libre, motivado por una gran sensibilidad estética… que, a mi, me conmueve.





Embora de sabor decorativo, a Flor Agreste é ainda um retrato, de carvoeirinha sim, mas expressivo. O tratamento do cabelo, um dos aspectos no que o artista foi sempre menos feliz, tem, neste caso, uma expressão simplificada, o que nos trás à memoria  a formação clássica do seu criador.


No obstante su carácter decorativo, la Flor Agreste es aún un retrato, al carboncillo, si, más expresivo. El modo de tratar el pelo, uno de los aspectos en que el artista ha sido menos feliz, tiene, en este caso, una expresión simplificada, lo que nos demuestra la formación clásica de su creador.




Diego de Macedo disse: A Flor Agreste… representa a flor mais mimosa da escultura portuguesa.


Diego de Macedo ha dicho: La Flor Agreste… representa la flor más delicada de la escultura portuguesa.

Eu digo:
IMPOSSÍVEL!!! Não posso deixar de a contemplar… quanta ternura!...


Yo digo:

¡¡¡IMPOSIBLE!!! No puedo dejar de contemplarla … ¡cuanta ternura!...



Assinada e datada no rebordo, no lado esquerdo: "A. S. dos Reis 1881".
Tem 48 cm de altura.
Está esculpida em Mármore de Carrara.


Fechada y firmada en el reborde del lado izquierdo: “A. S. Dos Reis 1881”.

Tiene 48 centímetros de altura.

Está esculpida con mármol de Carrara.



Porto, Museu Nacional Soares dos Reis

Porto, Museo Nacional Soares dos Reis



96 comentarios:

BRANCAMAR dijo...

Lindíssima sim, Duarte, tenho a felicidade de a poder contemplar sempre que quero, essa e outras esculturas do autor, já que sou frequentadora assídua do Museu, não só da exposição permanente mas de outras actividades e também da sua cafetaria onde se confeccionam deliciopsas refeições servidas na esplanada do riquíssimo pátio do museu, com lindíssimos azulejos e uma linda escadaria em pedra que dá para o jardim superior. Este ano houve até sessões de cinema ao ar livre, às quintas-feiras.
Não deixem de visitar o museu Soares dos Reis, onde não há só escultura, mas várias salas de pintura dos nossos melhores autores clássicos e ainda outra na entrada de exposições temporárias.

Obrigada Duarte por trazeres aqui tanto de belo que tem este país apesar de pequenino.

Beijos
Branca

AFRICA EM POESIA dijo...

Tammbém eu vim ver e deliciar-me com tanta beleza.
o olhar transmite paz. é límpido e de uma ternura infinita. Fiquei a ver e foi bom tentar entrar no pensamento

Obrigada p0r estes segundos cheios de encantamento

beijos para ti com saudade

Justine dijo...

Que bom teres chamado a atenção para o mestre Soares dos Reis! irei rapidamente ao Porto para o revisitar, movida por este teu texto tão emocionado.
Um beijo e um sorriso para ti:-))

Duarte dijo...

Branca,
sempre que estou vou, mas não estava.
Fiquei contente pelo reencontro e na contemplação.
Sorte a tua, que estás aí. Deste artista gosto de tudo e a biografia é comovente.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Lili,
é aquela imagem que queres ver sempre...
Inspira-me tantas coisas positivas!...
Beijinhos, amiga

Duarte dijo...

Justine,
ultimamente estava com azar, ou estavam com obras, ou a Flor Agreste tinha saído a passear.
Com as últimas obras a obra de Soares dos Reis ocupa um lugar preferente. E a Flor Agreste o seu lugar de privilegio, como o Desterrado.
Vai que compensa...
Um grande abraço, querida amiga

Sara dijo...

Duarte: nunca visitei o museu e não conhecia esta escultura. Obrigada por esta terna apresentação. Parece-me bem que devo remediar esta falta.
Beijinhos!

lita duarte dijo...

Que beleza, Duarte.

Bjos.

Sara dijo...

Cuanto sabes estimado Joaquín, cuanto arte, cultura y conocimientos hay en este rinconcito... al que me encanta asomarme.

Abrazotedecisivo lleno de cariños, Manuel te envia otro fuerte abrazo

Duarte dijo...

Sara,
passa, não te arrependerás. Tens muita obra de Soares dos Reis. Também de Teixeira Lopes.
De pintura, muito, quase tudo artista do Norte, sobre tudo os mais consagrados.
Bem vale ma visita demorada...
Abraços

Duarte dijo...

Lita,
da que enamora...
Beijinhos

Duarte dijo...

Sara,
sabes que es un placer verte por aquí.
Lo que sé y me gusta, lo divulgo, como tu lo haces en tu bello rincón, pleno de aventuras...
Un gran abrazo para ambos, amigos del alma.

carol dijo...

Muito linda mesmo! Finíssima! Ofereceram-me há muitos anos, uma "versão" em pedra de que gosto muito apesar de ser uma "versão".
Gostei muito de saber a história da flor.
Obrigada.

Beijinhos

Duarte dijo...

Carol,
Tenho fotografias feitas por mim, mas nunca vi à venda reproduções.
Para mim é um prazer.
Beijinhos

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, que belleza. Un placer contemplar esta joya. Te dejo un beso a la distancia amigo, cuidate mucho.

Duarte dijo...

Sandra,
intuí que te iba a gustar, a ti mujer de gran sensibilidad.
Te abrazo

São dijo...

Compartilho a tua opinião: sempre me enterneceu a beleza simples deste busto. Infelizmente, nunca a vi ao vivo.

Roubei~te a primeira foto e te deixo meu grato abraço por este post.

Bem hajas, amigo.

Duarte dijo...

São,
à tua disposição.
Sempre fui um grande admirador deste artista... pode que em parte comovido pela pouca sorte que teve na vida.
Abrazos

rendadebilros dijo...

Belíssimas... escultura e fotos!!!
Obrigada por partilhar connosco. Abraço.

rosa-branca dijo...

Linda, serena e doce...tem tudo o que a vida dá e o ser humano não sabe aproveitar. Adorei. Obrigado pelo seu carinho no meu canto. Beijos com carinho

Rodolfo N dijo...

Bellísima escultura angelical y tierna.
Gracias por ilustrarnos.
Un abrazo, amigo!

María dijo...

Amigo Duarte:

Sinceramente este busto es bellísimo, tiene un rostro angelical, de exquisita belleza, dulzura y ternura, no lo conocía, y me encantó descubrir sobre ello.

Gracias, amigo, por compartir en tu blog tanta belleza.

Un beso.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
querida amiga, é quase obrigação: algo tão belo bem o merece...
Beijinhos

Duarte dijo...

Rosa-branca,
tenho uma sensibilidade especial pela rosa branca.
Agradeço as tuas palavras de apoio.
Abraços

Duarte dijo...

Rodolfo N.,
Amigo, ha sido una atracción total, me he sentido tan feliz en la contemplación que me he visto impulsado a divulgarlo.
Abrazos

Duarte dijo...

María,
Es un escultor de la tierra, de los que sienten de muy niños lo que llevan dentro. Las envidias, casi siempre malas consejeras, crearan un ambiente tal que lo han llevado a suicidarse. Así, de la forma más tonta, se ha marchado siendo muy joven.
Un gran abrazo, querida amiga

María dijo...

Gracias, amigo Duarte por la información, siempre que visito tu blog, descubro algo nuevo, y, además, distinto.

Tienes razón, la envidia es muy negativa, puede traer muy malas consecuencias, como le ocurrió al escultor.

Pena que se fuera tan pronto, a esa edad tan temprana.

Un beso.

Duarte dijo...

María,
pero por donde pasó dejo buena imagen: tanto en Francia como en Italia.
Muchas de sus esculturas embelesan e ilustran puntos de Portugal.
En el museo, que además lleva su nombre, existe una sala inmensa solo para él, y una pequeña sala solamente para la Flor Agreste.
Te beso

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Apreciado Duarte:

No sabía que te gustara tanto la escultura. Como siempre, las imágenes son claras y tan reales que es como si tuviera la escultura delante.

Tu blog es una oda al arte, a la belleza, a los lugares con encanto. Por eso me gusta tanto visitarte. Es una forma de viajar gratis.

Sin ti, la red no sería lo mismo

AdA... dijo...

Es preciosa, Joaquín... Me hubiera encantado comprender todo bien pero, bueno poco a poco ¿no?

Un fuerte abrazo, amigo mío.

AdA...

Duarte dijo...

María Jesús,
el hecho de ser daltónico ha intensificado mis inclinaciones por el dibujo y por la escultura: el claro oscuro y las formas...
Me lo dices personalmente y me pongo como el arco-iris...
Gracias.
Te abrazo desde la emoción por ti motivada

Duarte dijo...

Ada,
una imagen que inspira tantas cosas, a mi por lo menos...
Te abrazo, amiga mía

Poetiza dijo...

Joaquin, realmente es hermosa, sensibiliza el alma. Paso a dejarte un beso, cuidate mucho amigo.

São dijo...

Desconheço a sua biografia...

Será que podes colocá.la aqui? Se sim, desde já os meus sinceros agradecimnetos.

Um bom domingo com os teus te desejo, meu amigo.

tulipa dijo...

Amigo Duarte,

Nada sabia sobre esta escultura.
Bela a tua homenagem.
Obrigado pela excelente partilha.

Lindíssima!!!
Na minha próxima visita ao Porto vou ter que visitar o museu Soares dos Reis, sem falta.

Peço desculpa de só hoje te visitar, mas tenho andado com pouco tempo para a internet.

No outro fim de semana estive 4 dias fora, fiz uma escapadinha pelo norte de Portugal,
visitei Melgaço,
Castro Laboreiro,
Arcos de Valdevez,
Ponte da Barca,
Ponte de Lima.
Os dias correm e não tenho tempo para tudo o que gostaria.

Ontem foi um sábado que também não parei em casa.
Teve um sabor especial:
Fui receber um prémio de fotografia - uma menção honrosa!!!

...de seguida fui para a festa de aniversário da minha neta que fez 9 anos.
Hoje vim de fugida...

Sobre as minhas escapadinhas adoro visitar castelos e acho que temos castelos maravilhosos.

Beijinhos e obrigada.
Continuação de bom fim de semana.
Tulipa.

La Gata Coqueta dijo...



Atentamente he venido a saludarte y desearte que la semana que comienza sea hermosa y llena de color, donde la ilusión te dibuje todo aquello que le sea un favorable acontecimiento para todos los que te rodean.

Un ramo de rosas dejaré en tus manos para que su aroma sea un referente de mi afecto hacia ti.

Te sigo y no te olvido puesto que los sentimientos no entienden del espacio tiempo, ni de las distancias.

TQ.

María del Carmen

Duarte dijo...

Sandra,
con la aportación de la traducción lo tienes más fácil, aun que las fotos lo dicen todo.
Sabes que me alegra verte.
Besos y un cuidate

Duarte dijo...

São,
IMPRESIONANTE!!!
Tenho um livro, que então estava à venta no Museo, que entra nos mínimos detalhes. Está esgotado. Não é uma biografia ampla mas desvenda o trauma pelo que teve que passar, aparte do académico.
Na net pouco dizem: http://pt.wikipedia.org/wiki/António_Soares_dos_Reis
Mas o Artigo de Cristina Vaz já aporta algo mais:
http://www.vidaslusofonas.pt/soares_dos_reis.htm
Espero ter-te sido útil...
Um grande abraço, querida amiga

Duarte dijo...

Tulipa,
os castelos também são uma das minhas debilidades.
Do Minho prefiro a costa ao interior, gostando das duas opções.
Os meus parabéns e que continúes a viajar sendo feliz.
Um grande abraço

Duarte dijo...

María del Carmen,
sabes que existe reciprocidad. Te estaba notando en falta, pero no he querido alarmarme, esperé impaciente ya que te sentía por cerca...
Un gran abrazo y toda mi estima, querida amiga

Lena dijo...

Aprende-se, descobre-se muito contigo Duarte...
Uma bela peça de arte, bem trabalhada, da vontade de ir ver...
depois de ler teu post, da maneira como o escrevestes, não se resiste...

Beijinhos

Duarte dijo...

Lena, s
ou assim, expresso o que sinto, sempre, já deixei atrás o querer ficar bem, mas sem deixar esse halo de compostura que sempre me caracterizou, ante tudo, se possível, um Senhor.
Abraço-te com amizade

AdA... dijo...

El escultor, como todo artista, conmueve con sus obras; pero nunca tanto como un amigo conmueve con las suyas a sus amigos.
Sincaramente, GRACIAS y que Dios te bendiga siempre, Joaquín,

Una abrazo, querido amigo...

Duarte dijo...

AdA...
una buena y gran amiga lo merece todo.
Lo hice pensando en ti, para TI.
Un gran abrazo, querida amiga

Antonio dijo...

El blog de mi buen amigo Joaquín es el más bonito que he visto... que belleza de escultura...
Te abrazo

Duarte dijo...

Antonio,
gracias amigo, viniendo de ti no esperaba otra cosa...
Un gran abrazo

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte
Vim agradecer o teu mimo. o poema
é o meu grito de desigualdade. Eu sei que quem tem pouco consegue dividir muito mais que aquele que tem muito.
uma reflexão. não umas letras por outras letras.
um beijo e gosto muito de ti porque entendes a minha mensagem
beijos

Scarlet2807 dijo...

Preciosa escultura, con razón es tu preferida...
Oyeeeeeeeeeee y tú eres muy guapo!!!!
jajajajajaja
Besitos en el alma
Scarlet2807

Duarte dijo...

Lili,
como não vou entender-te depois daquilo que levamos convivendo... e o que ainda falta.!...
Gosto de como és, assim, tão autentica.
Abraços

Duarte dijo...

Scarlet,
gracias amiga, pero no me digas estas cosas... que mala que eres!
Un gran abrazo

AFRICA EM POESIA dijo...

DUARTE

Pois... sou só assim,
sem...SALAMALEQUES...
sou filha de Espanhola pura...
Galega ...com mucho gusto...

te quiero!

Duarte dijo...

Lili,
también te quiero, y mucho!
Te considero una ciudadana del mundo, como yo ciudadano. Me siento a gusto donde quiera que esté, me muevo como pez en el agua, pero mejor si es junto de los que quiero...
Te abrazo, amiga del alma.

Poetiza dijo...

Saludos y beso amigo Joaquin. Cuidate mucho. Gracias por estar siempre cerca.

Duarte dijo...

Sandra,
no lo puedo evitar. Los buenos amigos siempre están presentes.
Un gran abrazo para ti

São dijo...

Muchissimas gracias, meu querido amigo. Claro que a tua informação foi muito útil!

O meu grande abraço e bem hajas, Duarte!

Duarte dijo...

São,
satisfaz-me saber que fui útil. É um tema que sempre me fascinou.
Também te abraço

Luís Coelho dijo...

É uma arte saber ver e estudar a arte. Espressão da nossa sensibilidade e bom gosto pelo trabalho que outros realizaram para embelezar a vida colectiva

Duarte dijo...

Luis,
Um bom pensamento... excelente dedução.

Luba dijo...

Duarte, obrigado pela visita ao meu blog.
O teu é simplesmente fantástico, de muito bom gosto, parabéns :)
bjos

Vieira Calado dijo...

Olá, meu caro!

Você traz-nos sempre o melhor!

Um forte abraço

Duarte dijo...

Luba,
boa percepção a tua... :))
Abraços

Duarte dijo...

Vieira Calado,
amigo, é aquilo que mereceis!
Um grande abraço

Scarlet2807 dijo...

Gracias por tu comentario en mi blog....
Besitos en el alma
Scarlet2807

Duarte dijo...

NÃO SEI O QUE PASSA COM BLOGGER SÓ SEI QUE ALGUÉM NÃO PODE ACEDER...

Meu amigo, sou a Irene do blogue http://sinfoniaesol.wordpress.com

e ontem tentei várias vezes deixar um comentário e não consegui.

O Blogger anda meio pirado...

Gostei muito do seu post sobre a escultura Flor Agreste, dou-lhe os

meus parabéns, pelo belíssimo trabalho que faz no seu blogue sobre

a divulgação de Portugal e a sua Cultura,

Eu retirei 3 imagens dessa escultura e era isso que lhe queria dizer

(o amigo um dia autorizou-me) mas se ver inconveniente diga que

eu retiro.

Está inserido no blogue http://sinfoniaesol.wordpress.com

Um beijinho e tudo de bom para si.

Irene Alves

Duarte dijo...

Scarlet,
simplesmente existe reciprocidade, querida amiga...
Abraços de vida

Duarte dijo...

Irene,
como já te comentei, na minha mensagem, não tenho inconveniente em que utilizes as fotos, sempre que se actues como muito bem o fizeste. Até agradeço essa divulgação.
Para que conste aqui deixo constância disso.
Para ti, querida amiga, um grande abraço

MENSAGENS AO VENTO dijo...

_________________________________

...sim, sim, sim!!! Tudo que você escreveu sobre a escultura é verdadeiro... Tão linda, tão delicada!

Obrigada, pela partilha!

Beijos de luz e o meu carinho...

Zélia (Mundo Azul)

___________________________

Silenciosamente ouvindo... dijo...

teste.Um beijo

Silenciosamente ouvindo... dijo...

O teste passou, veremos se agora
consigo. O amigo através deste seu
blogue é um grande divulgador da
cultura portuguesa em todas as
suas vertentes.Um país como Portugal,
numa altura em que economicamente
está num estado lastimoso, é rico
na sua história, na sua cultura,
nas suas gentes...e o amigo retrata
bem essa realidade.
E depois é uma pessoa de uma
enorme qualidade: gentil e amigo.
Um beijinho
Irene

Duarte dijo...

Zélia,
A tua sensibilidade é o que te permite analisar as coisas assim. De todas formas o meu muito obrigado.
Beijos

Duarte dijo...

Irene,
o único que faço é estudar e observar. Prover-me do material adequado e sair ao encontro daquilo que me atrai, que representa algo para mim.
Neste blog divulgo tanto coisas de Portugal como da Espanha, especialmente de Valência, que é onde vivo.
Quanto ao resto, não sei ser doutra forma.
Un grande abraço e a minha amizade

Fernanda dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Fernanda dijo...

Belíssima e muito bem fotografada uma obra que deveria conhecer in loco, porque do Porto sou.

Obrigada por me ter proporcionado esta revelação e não falharei uma visita mais pormenirizada ao Museu Nacional Soares dos Reis.

Bom fim de semana

A Prima dijo...

Tanta a arte, quanta a beleza.
Não conhecia e fiquei enternecida... tu foste o elo.
Agradeço a visita e o comentário deixado no blogue.
Um abraço

Duarte dijo...

Fernanda,
Vai, gostarás. Bom, sempre que vou ao Porto vou vê-la, merece-o, compensa-me.
Bom fim de semana

Duarte dijo...

Prima,
conhecia bem, mas não podia fotografar, adequadamente, mas desta vez fui preparado... e saiu assim.
Abraços

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, gracias por estar siempre cerca. Aqui estoy para dejarte con mis letras un beso y desearte un magico fin de semana amigo. Cuidate mucho.

Claudinha ੴ dijo...

Olá Duarte!

Sem dúvida encanta a doçura que o artista captou e domou a dureza da pedra para transformá-la em vida retratada. Tem razão em preferir esta escultura! Um beijo!

Duarte dijo...

Sandra,
es o mismo que te deseo a Ti. Con paz y mucha salud.
Un gran abrazo y cuidate

Duarte dijo...

Claudinha,
foi ao primeiro impacto, que depois fui madurando em detalhes.
Abraços

rosa-branca dijo...

Olá amigo Duarte, passei para lhe agradecer o seu carinho lá no meu canto, para saber se havia novidades e para lhe desejar uma óptima semana. Beijos com carinho

BlueShell dijo...

Realmente...ficamos "presos" na sua beleza e sinfeleza: uma verdadeira flo silvestre, e sim, quanta ternura...
Grata por partilhares...foi mesmo uma "descoberta" para mim...graças a ti.
Bj

Duarte dijo...

Rosa Branca,
Brevemente teremos novidades. Faço-o com uma cadencia aproximada de quinze dias.
Passa sempre que te apeteça e possas.
Abraços

Duarte dijo...

BlueShel,
é isso, essa ternura que transmite, que inspira!
Sendo útil, sou feliz.
Abraços

Rosa dos Ventos dijo...

Também gosto muito desta "Flor" e já a pude admirar nesse belo museu!

Abraço

Graça Pereira dijo...

Sempre gostei desta FLOR AGRESTE ...pela sua ternura, pelo seu ar de simplicidade, tal como uma flor dos belos campos do nosso Portugal!
Parabens por nos trazeres esta obra prima do grande Soares dos Reis.
Beijo
Graça

Duarte dijo...

Rosa,
prova da tua sensibilidad...
Abraços

Duarte dijo...

Graça,
satisfaz-me saber que estamos na mesma onda.
Outras obras do mesmo autor também me agradam!...
Beijos

São dijo...

Quando nos ofereces mais delícias?

Um abraço bem amigo te deixo

Duarte dijo...

São,
estou a prepará-las... já estão quentinhas.
Um grande abraço, querida amiga

Maria Emilia Moreira dijo...

Quem não conhece o museu talvez agora se decida a fazer-lhe uma visita.Vale a pena!Obrigada pelo contributo que proporciona à cultura.

Duarte dijo...

Maria Emilia,
Era uma divida que tinha com o Soares dos Reis e com esta imagem que me fascina.
Beijos

Catarina dijo...

Saí mais rica de conhecimentos!
Abraço : )

Duarte dijo...

Catarina,
Satisfaz-me plenamente que assim seja. :))
Obrigado e beijinhos

tecas dijo...

Sem palavras para comentar a beleza do teu trabalho. Queria esta bela escultura....Excelente a tua noção do premenor.Bem hajas pela partilha:-)
Bjito amigo e até sempre...

Duarte dijo...

Tecas,
sabes que com a câmara transformo-me ante a beleza. Esta escultura fascinou-me sempre.
Obrigado, diria que era obrigado a divulgar...
Um grande abraço