domingo, 3 de junio de 2012

IGREJA DE CEDOFEITA - PORTO



A Igreja de São Martinho de Cedofeita (também conhecida como Igreja Românica de Cedofeita) está considerada a igreja mais antiga da cidade do Porto.





Desconhecesse quando terá sido construída a igreja original, Uma das teorias maioritárias entre os historiadores é a de que terá sido erguida pelo rei suevo Reciário em 446. Outros defendem que foi o rei Teodomiro, também suevo, em 559, tendo sido baptizado nela conjuntamente com o seu filho Ariamiro.





Sendo certa esta última versão da história, o nome de Cedofeita será uma referência à igreja. Conta a lenda que Teodomiro, desesperado porque não encontrava cura para a doença do Ariamiro, acudiu a São Martinho de Thous, enviando a esta cidade embaixadores com ofertas de prata e ouro em peso igual ao do seu filho.









Acabou por ser o bispo de Braga São Martinho de Dume o portador de uma relíquia de São Martinho de Tours, perante a exposição da qual o filho do rei foi curado, e todo o povo suevo presente convertido ao catolicismo. A relíquia está guardada nesta igreja de Cedofeita, juntamente com outras do evangelizador dos suevos, o bispo de Braga e de Dume. 





Teodomiro ordenou o início da construção de uma nova igreja em honra do referido santo. O templo foi construído com tal celeridade que se terá dito acerca dele Cito Facta, o que significa Feita Cedo, derivando em Cedofeita.






A igreja foi alvo de sucessivas transformações, adquirindo um traço românico quando foi erguido no mesmo local o Mosteiro de Cedofeita no início do século XII. Em 1742 o prior D. Luís de Sousa Carvalho ordenou várias modificações, dando-lhe o desenho que hoje vemos. 









Em 1930 a Direcção dos Edifícios e Monumentos Nacionais reconstruiu-a de forma a eliminar alguns elementos ornamentais colocados ao longo dos tempos.
























68 comentarios:

tulipa dijo...

AMIGO JOAQUIN

BELO O POST
BELÍSSIMAS IMAGENS
...
Excelente todo o trabalho que tiveste, na pesquisa
para juntares o texto às fotos,
eu sei dar o valor porque faço o mesmo, sei o que isso é...
...
Obrigado pela partilha!
...
Por acaso não conhecia esta Igreja de São Martinho de Cedofeita (também conhecida como Igreja Românica de Cedofeita) considerada a igreja mais antiga da cidade do Porto.

Abraços e beijos.

Graça Pereira dijo...

Passo muitas vezes por esta pequena Igreja ou antes, capela de Cedofeita porque o meu irmão mora relativamente perto.Nunca consegui ver a igrejinha por dentro, assim como uma pequena capela que fica de fronte da Escola secundária Carolina michaelis-
Conheço a Igreja de Cedofeita- a nova- onde já fui por diversas vezes.
Gostei de saber estes dados históricos sobre a pequena igreja de Cedofeita.
Obrigada e um beijo.
Graça

Rosa dos Ventos dijo...

Tenho saudades do Porto!
Obrigada pela visita!

Abraço

Sara dijo...

Hola joaquín, otra bella entrada de las tuyas, llena de historia y cultura, llena de sabiduría, Gracias por compartir, tengo todo demasiado abandonado, me tienes que perdonar pero estamos viviendo momentos muy duros en las cuencas mineras, en las entrañas de nuestra tierra.
Abrazotedecisivo lleno de afecto

Duarte dijo...

Tulipa,
como diz o refrão español "no te acostarás sin saber algo más..."!
Assim é, mas é algo que me agrada e, assim, divulgo aspectos destacados destas duas cidades que tanto amo.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Graça,
quando ainda lá faziam casamentos cheguei a vê-la. É como todas as arquitecturas românicas, muito escura e austera.
O facto de ser a igreja mais antiga do Porto tinha que ter o seu destaque aqui.
Passamos tantas vezes por ela, que quase já nem a vemos.
Um abraço dos grandes, querida amiga

Duarte dijo...

Rosa,
para ti está bastante perto, e tu es pessoa inquieta: o Porto sempre espera por TI.
Abraços e a minha amizade

Duarte dijo...

Sara,
lo sé amiga y cuanto lo siento. Ante las adversidades tan solo queda el luchar, sé que lo haréis.
No te preocupes, sé que estáis ahí, y os quiero mucho.
Un gran abrazo y mi apoyo en la distancia

Silenciosamente ouvindo... dijo...

O amigo faz muito pelo seu país e
pela sua cidade.Costumo dizer que
muitas pessoas individualmente
fazem mais que o Instituto de
Turismo. Gostei. Conheço o
exterior. Um beijjinho e desejo
que esteja bem.
Irene

Duarte dijo...

Irene,
só faço aquilo que me impulsa o desejo da divulgação. É um monumento que se deve recordar. Um estilo, uma época, um passado carregado de historia.
Para ti o meu abraço amigo

elvira carvalho dijo...

Estive aqui ontem. Vi as fotos, li as legendas mas escava a cair de sono e acabei saindo sem deixar rastro.
Lembro-me de passar por esta igreja em 99, mas não entrei porque estava fechada.
Um abraço e uma boa semana

Duarte dijo...

Elvira,
é certo está sempre fechada. Só abre para acontecimentos muito especiais, mesmo depois da restauração.
Um grande abraço e que sejas feliz

lita duarte dijo...

Uma bela edificação e repleta de histórias.

Bjos.

Luís Coelho dijo...

Como muitas Igrejas por este país foram sofrendo alterações e como muitas destas obras estão quase ao abandono as alterações irão certamente continuar.

Políticas de poupança de um lado e de esbanjamento noutros departamentos.

Duarte dijo...

Lita,
isso!
Beijinhos

Duarte dijo...

Luís,
quantas verdades dizes.
Hoje tive uma visita de estudo à "La Lonja", e o comentário do professor foi nesse sentido. Un edifício que é Património da Humanidade e não se inverte na sua restauração... estando bastante bem, mas com espaços por reabilitar! Imagina que estivesse mais degradado... então que diria?
Abraços

rendadebilros dijo...

Imagens muito belas! Texto claro e elucidativo!!! Sempre excelentes lições de fotografia e História! Abraço!

Dois Rios dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Dois Rios dijo...

Um primor, meu amigo! Tanto o esmerado trabalho de pesquisa, quanto as fotos, e a história em si. Admito que a bela fachada instigou-me a conhece-la por dentro. Você não teria fotos?

Meu beijo,
I.

Duarte dijo...

Alexa,
o meu muito obrigado pela gentileza com que me tratas.
Mereces isso e muito mais.
Um abraço dos grandes

Duarte dijo...

Inês,
brevemente vou ao Porto e tentarei indagar. Está sempre fechada, perto, a igreja nova, é a que está dedicada ao culto. Esta só abria em momentos solenes, como ando algo afastado do Porto, já não posso ter esse privilegio.
Meu abraço

Dois Rios dijo...

Obrigada, meu amigo! Oxalá a sua estada no Porto coincida com alguma solenidade que justifique a abertura da igreja.

Beijo,
I.

p.s. Grata pelo belíssimo poema que deixaste lá nas minhas águas.

Duarte dijo...

Inês,
oxalá!
Passei durante muitos anos por ali, quase diariamente, mas então não dispunha dos meios de hoje. Mas mantenho a esperança!...
Beijinhos, meus

La Gata Coqueta dijo...



Cuando paso a visitarte me crezco con los textos encontrados, que son el archivo de las vivencias, poesías o momentos de un trayecto de vida, que con ayuda del recuerdo han regresado al presente recobrando protagonismo.

Siendo hoy uno de esos momentos, que cuando me valla, me llevaré ese buen sabor en la comisura de los labios, porque has sabido aderezarlos con la textura de las palabras…

Un feliz viernes ya casi fin de semana te deseo, algo que siempre se espera con ansiedad para dedicárselo a diferentes prioridades que se van posponiendo.

Un beso tan profundo
Como el sentimiento
Del aprecio
Que nos ha unido.
María del Carmen



Duarte dijo...

María del Carmen,
que sentido poético imprimes a tus palabras. Le das un giro que lo convierte en bello. Gracias por lo que a mi me toca.
Sabes que los buenos amigos siempre están presentes.
Un gran abrazo y buen fin de semana.

Graça Sampaio dijo...

Adoro saber a história das coisas. E se mete lendas muito antigas ainda mais! Uma entrada belíssima, como de costume, com pormenores arquitetónicos muito bem escolhidos.

Muito bonito e muito cuidado (como sempre, aliás). Parabéns.

Beijos portugueses...

Duarte dijo...

Graça Sampaio,
tens razão, sou um contador de historias. Algo que tenho que agradecer à dona Maria dos Anjos... -conta
-me o que fizeste ontem, mas escreve!
Gosto do mundo da fotografia, mas sou aprendiz. Faço aquilo que posso.
Um grande abraço desde terras valencianas

São dijo...

Adoro papoilas e o estilo românico.

Te agradeço muito por estes momentos tão agradáveis, amigo meu.

Bem hajas!

Duarte dijo...

São,
bem os mereces. Se prazenteiro para ti o são, mais feliz fico.
Um abraço grande

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, bellas imagenes, un placer pasear por tus letras amigo, cuidate mucho.

Duarte dijo...

Sandra,
el placer es mio, al encontrarte por aquí.
Un gran abrazo querida amiga

Justine dijo...

Uma belíssima lição de História, Duarte. E também um "aperitivo" à visita da próxima semana:)))))))
Até 3ª-feira, com um abraço

Duarte dijo...

Justine,
assim é, querida amiga.
Só me falta poder fotografar por dentro, até quando? Se vivesse ali!...
Até terça e um grande abraço

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Amigo obrigada pela visita.
Desejo muito que esteja bem.
Boa viagem até C.
Um beijinho
Irene

Sara dijo...

Não conhecia, Duarte, mas fiquei aqui a pensar quanto História se esconde atrás dos nossos monumentos, muitos deles desconhecidos da maioria. Um legado sobejamente negligenciado. Obrigada pela valorização que cabe em cada uma das suas palavras.

Beijinhos e uma excelente semana (já sei que estará entre nós :))

Duarte dijo...

Irene,
eu encantado, é um prazer receber aos amigos...
Já te contarei.
Abraços

Duarte dijo...

Sara,
tinha-a no caminho, e ao lado do Dom Manuel, ainda que eu era do Infante.
O que ainda não pude foi fotografar por dentro.
Agradeço as tuas boas intenções... :))
Um abraço grande

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte

Meu amigo querido

Linda esta Igreja da Cedofeita

Agora... O pensamento foi pensado..pois pensar é algo livre de impostos e nesta altura o pensamento é do pouco que nos resta. beijocas e diverte-te aqui neste pequeno mas...nosso...Portugal.

beijinho no teu coração

La Gata Coqueta dijo...



Me voy a tomar un breve descanso…

Nos vemos a la vuelta.

¡¡Gracias por la comprensión!!

Me llevo tu nombre gravado en la valija donde reposa mí cariño. Y cuando regrese continuaré haciendo uso de la modestia de las palabras, para que sigan iluminando el cauce de la amistad que tiñe de colores la ilusión.
Con párrafos abiertos para valorar las impresiones, que brotan del entusiasmo producido por la comunicación entre amigos.

Un sentido abrazo
Dejando al viento
Los sentimientos

María del Carmen

Rodolfo N dijo...

Amigo, como siempre ilustras a tus lectores con tanta maravilla .
Es realmente un placer visitarte.
Un abrazo.
.
PD: me tome el atrevim iento de oublicar una poesía tuya.Gracias !

María del Carmen García Lombardía dijo...

Que entrad aAmigo!

Cuántoa rte , realmente cuánto arte!!!!

He quedado fascinada con ver tanto trabajo y tales obras en detalle.

Una magnifica exposición como ya nos tienes acostumbrados de arte arquitéctonico has dejado para el deleite propio.

Además agradecerte tu visita
dciendo:

Ha querido propiciar mi destino
Encontrarte en mi camino
A través de un espacio singular,
Dónde anidan gentes sabias,
Inteligentes, con dones,
Alegres, vitales, generosas,
Solidarias,
Que hacen un culto
De la amistad.
Por ello quiero
Dejar en mi huella
Un cofre con cariño
Para cuando nadie te abrace.
Mi mano extendida
Para cuando no tengas apoyo.
Mi mirar
Para cuando no puedas ver.
Y mi amistad verdadera
Cuando el horizonte
Se presente nublado.
Porque hoy decidí
Dejar mi huella
Con abrazo a puro sentir
Y celebrar en paseos
La amistad
En agradecimientos
De habernos encontrado
Con promesa de estar!
Dejo mi huella
Junto a una invitación
A mis blogs
Dónde te esperan
Decires y Premios
Poemas Y Reflexiones,
Arte y Recetas
Y un Mate
Criollo Y Compañero
Como símbolo de amistad.

Un Cariño
Tuya
María del Carmen
www.panconsusurros.blogspot.com

Y de ahí a viajar por mis otros blogs.
gmariadelcarmen28@yahoo.com.ar

poetaeusou . . . dijo...

*
amigo Duarte,
adoro visitar igrejas
de todas as religiões,
penso que a igreja de S. Gião
a sul do porto de pesca da Nazaré,
tem o mesmo estilo !
,
parabéns pelo post,
,
um abração,
fica,
,
(vai ler a resposta ao teu
comentário, no meu pot 28/5/12,
Anseios Quebrados, srsrsrsr )
*

María dijo...

Amigo Duarte:

Venir a disfrutar del arte de las imágenes que hay en tu blog en una tarde de domingo, es de lo más placentero, me encanta saborear cada una de ellas y descubrir, en este caso, monumentos desconocidos para mí, un placer estar aquí, amigo mío.

Feliz tarde de domingo.

Un beso.

Duarte dijo...

Lili,
fui muito feliz e pude abraçar-vos... que bom!
Outro abraço grande

Duarte dijo...

María del Carmen,
Acabo de llegar.
Mi deseo es que lo pases tan bien, como lo he pasado yo!
Abrazos de gran amistad

Duarte dijo...

Rodolfo N.
Sabes lo mucho que te aprecio y, como tal, tienes la plena libertad, somos amigos! Para mi es un orgullo.
Un abrazo inmenso

Duarte dijo...

María del Carmen García,
gracias amiga, por todo el afecto que me dedicas, me hace muy feliz saber que puedo contar contigo entre mis amigos.
Recibe todo mi afecto en un gran abrazo

Duarte dijo...

Zé,
eu também.
Não a conheço, tenho que ir vê-la.
Voltei, por se podia entrar, mas segue fechada e pouco cuidada... as aves vão-se apoderando dela.
Vou passar por lá.
Abraço-te, bom amigo

Duarte dijo...

María,
Querida amiga, acabo de llegar de Porto, Oporto, pero no pude entra en Cedofeita: sigue cerrada y algo deteriorada.
Sigues siendo una mujer de gran sensibilidad, que emociona.
Abrazos y mi amistad

Duarte dijo...

Acabo de chegar do Porto, e até passei por Cedofeita, mas não pude concretizar os fins que me levaram ali. A igreja segue fechada e as pombas e gaivotas lá se vão encarregando de fazer com que este monumento nacional entre em fase de degradação, o que muito me desagradou e entristeceu.
Se não nos preocupamos veementemente pela conservação do Património Nacional acabamos por cometer uma grande aberração.
Sou um defensor do nosso belo espolio.
Os amigos que me acompanharam regressaram fascinados com tudo aquilo que viram, na maioria dos casos bem conservados: façamos que assim seja, mas TODOS!
Para todos um grande abraço

Lena dijo...

Gostei de visitar esta igreja contigo Duarte,
tambem gosto de visitar as igrejas,
o que me falta por vezes é saber o porquê ela foi construida ali...
por isso gostei de saber de onde vem o nome e a lenda.

Bom regresso Duarte !

Beijinhos

Duarte dijo...

Lena,
querida amiga, foram dias intensos, mas felizes.
Obrigado.
Beijinhos

Poetiza dijo...

Hola amigo, siempre es bello pasear por tus letras e imagenes que hacen a esta alma que te lee suspirar y soñar.....Me alegras que ya estes de regreso.....Cuidate mucho Joaquin.

rendadebilros dijo...

Bem haja pela vista e pelas palavras e poema sobre as rosas... Bom fim de semana, abraço!

Duarte dijo...

Sandra,
amiga, todo ha ido bien y regresamos felices de Porto.
Tus apalabras amigas son el consuelo que necesita mi alma, gracias.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Rendadebilros,
amiga, tudo é fruto daquilo que logras fotografando... belas imagens!
Bom fim de semana e um grande abraço

AFRICA EM POESIA dijo...

Meu menino
deixo um beijinho grande.

foram apenas uns minutos e foi pena mas...deu para um café.
gostei de vos ver e fiquei a pensar que chegavas à noite "parido" pois é preciso muito esforço...

mas por Amor faz-se tudo com alegria.
os ovos moles fui buscá-los à fabrica acabadinhos de fazer.

Um beijinho para ti e outro muito grande para a Pepa.

gosto-vos muito ,tu sabes,
segunda vou até malta...
beijinhos

AFRICA EM POESIA dijo...

Meu menino
deixo um beijinho grande.

foram apenas uns minutos e foi pena mas...deu para um café.
gostei de vos ver e fiquei a pensar que chegavas à noite "parido" pois é preciso muito esforço...

mas por Amor faz-se tudo com alegria.
os ovos moles fui buscá-los à fabrica acabadinhos de fazer.

Um beijinho para ti e outro muito grande para a Pepa.

gosto-vos muito ,tu sabes,
segunda vou até malta...
beijinhos

Duarte dijo...

Lili,
querida miga, sabes que existe reciprocidade. O que lamentei, e muito, foi não ter mais tempo para ti, para vós.
Os ovos moles uma delicia, voaram da caixinha num abrir e fechar os olhos, toda uma delicia para os sentidos.
Boa viagem, fico à espera de que me contes coisas.
Um abraço muito grande dos dois

Maria Rodrigues dijo...

Meu amigo mais um post com excelentes fotografias e muito bem documentado. Meus parabéns.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

manuela barroso dijo...

Olá Duarte!
Conheço muito bem. Mas quero dizer-te que as tuas fotografias a tornam mais bela com os pormenores que fazes ressaltar.
Excelentes fotos, excelente post assim como o documentário que o acompanha.
Um grande abraço, querida amigo

Duarte dijo...

Maria,
obrigado. Sempre tão elegantes nas tuas valorizações!
Um bom Domingo e o meu abraço amigo

Duarte dijo...

Manuela,
vindo de ti é de agradecer.
Sempre tive uma sensibilidade especial por esta igreja e quando lá pude entrar não tinha câmara fotográfica... o interior é digno de fotografar.... mas, sempre está fechada.
Um abraço amigo

Duarte dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Adoro las iglesias de piedra pues emanan un encanto y un magnetismo especial que me hace conectar con mi espiritualidad.

Gracias por presentarnos tan hermoso monumento

Armando Sabre dijo...

Tenho particular interesse por esta fase suevo-visigótica em Portugal. E fico muito grato por achar este blog. Eu soube através de páginas da Wikipédia de dois cemitérios suevos pré-cristãos nos arredores de Eiriz do Porto, mas não achei qualquer vídeo ou álbum fotográfico relacionado. Se alguém puder me indicar referências, agradeço. Sou estudante de História. Abraços de Brasil !

Duarte dijo...

María Jesús,
siempre me he sentido atraído por esta iglesia: es la única románica que existe en Porto.
Beijinhos

Duarte dijo...

Armando,
lamento não poder ajudar-te, ademais a igreja está sempre fechada, só abre para momentos especiais.
Pode que nos terrenos dos arredores exista algo daquilo que dizes, investigarei quando lá for.
Abraços desde Valência, Espanha.