sábado, 17 de noviembre de 2012

LAMEGO



Situada a 12 Km. aproximadamente de las orillas del Duero, la ciudad conoció, en el s. XVIII, una época de gran prosperidad cuando aquí se producía un "vino fino" que dio origen al famoso vino de Oporto. Ciudad muy antigua, ya los Visigodos en el s. VII elevaron Lamecum a sede de obispado.


Después, tuvo la misma suerte que otras tantas localidades que más tarde serían portuguesas: fue invadida por los Moros, reconquistada por los Cristianos, volvió a ser dominada por el Islam, hasta que en 1057, Fernando Magno de Castilla, bisabuelo de D. Afonso Henriques, la reconquistó definitivamente.






El castillo es una herencia de los tiempos medievales, en lo alto de la ciudad, la catedral y la pequeña iglesia de Santa María de Almacave.
Con la extinción de las Órdenes Religiosas en 1834, la gran influencia que había ejercido la Iglesia a lo largo de muchos siglos se vio restringida pero, en Lamego, existen numerosos templos que revelan el estilo clásico de la época de su construcción, siglos XVI y XVII. Historias contadas en los azulejos que revisten las paredes, pintura sacra y bellas decoraciones en talla de oro añadidas en la época barroca, captaran nuestra atención.




 Destacable la Iglesia del Convento de Santa Cruz, con vistas a la ciudad. Y no digamos el suntuoso y monumental santuario barroco dedicado a Nuestra Señora de los Remedios que, a una altura de 600 metros, dicen responde a la llamada de los creyentes fervorosos, concediendo una solución para sus males. Unos valientes hemos trepado por sus inacabables escalinatas pero sin resultados aparentes, allá del cansancio.






 En el extremo opuesto y en la misma dirección de la escalinata del Santuario, se yergue un bello palacio del s. XVIII, de un elegante y sobrio Barroco que fue la sede de los obispos de Lamego.
En 1940 este espacio fue restaurado para albergar el riquísimo contenido del Museo de la ciudad, que no pudimos visitar por estar cerrado.








Lo que si hicimos fue degustar en buen manjar que nos han preparado en el Restaurante Detrás da Sé, si, lo recordáis, pues así se llama. Excelente servio el que nos dieran...



60 comentarios:

elvira carvalho dijo...

Obrigada por esta bela viagem por um dos sítios onde assentam as minhas raízes maternas. Minha mãe nasceu em Lamego.
Já lá fui algumas vezes mas sempre nas altura das festas da Senhora dos Remédios e nunca "vi" a cidade, pois nunca visitei nenhum dos monumentos que refere a não ser claro o Santuário.
Um abraço e bom fim de semana

São dijo...

Foi muito agradável rever Lamego através desta linda sequência de fotos tuas e recordar ....

Um excelente domingo, amigo

luís rodrigues coelho Coelho dijo...

Bom dia
Visitei Lamego duas vezes o ano passado, mas ainda ficaram muitas coisas para descobrir.
A Paisagem é encantadora e os monumentos são fabulosos pela a arte e também pela historia.

O passeio e a visita são bons, mas fica sempre com a sensação de que faltam ainda visitar outras coisas escondidas na Cidade.

Votos de um bom domingo.

Duarte dijo...

Elvira,
há muito que por lá não ia e fiquei maravilhado com as mudanças que vi.
Sabes que nas épocas de festa dá para ver pouco, pelas grandes aglomerações.
Uma cidade para ver com calma.
Um grande abraço e um bom domingo

Duarte dijo...

São,
foi o que me dediquei a fazer naqueles dias e, sobre tudo, a divulgar...
Um bom Domingo e aquele abraço

Duarte dijo...

Luis,
sei que vais por ali com certa frequência.
Sabes que o meu lema é que as cidades são livros que se lêem com os pés, andamos muito e vimos maravilhas: mas também ficou muito por ver.
Enquanto os nossos governantes não mudarem de atitude e em consequência os horários das visitas... o dia faz-se curto: devemos ser europeus para tudo!
O mesmo te desejo com um abraço

Parole dijo...

Belas fotos, querido.Gostei de conhecer o lugar.

Beijos e bom domingo.

Justine dijo...

Já me habituaste a estas excelentes reportagens, mas sabem-me sempre muito bem!Revisitei Lamego há mais ou menos um mês, e voltei a ficar fascinada pela cidade e pelas obras de arte do seu museu. Ah, aquela tapeçaria, parece impossível ter sido feita por mão humana!!!!
Beijo para ti

Duarte dijo...

Parole,
é bonito. Mas ficou muita cidade por ver.
Uma boa semana e um abraço

Duarte dijo...

Justine,
sinceramente ficamos deslumbrados. Foi onde estivemos mais tempo... e chegamos tarde a Viseu: na próxima.
A nossa terra é pioneira no bem fazer dos trabalhos artesanais: que maravilhas! Trazia tudo para casa!
Esta malta quer voltar. Mas a próxima será Lisboa.
Um grande abraço, querida amiga

Canduxa dijo...

Querido amigo,

Como sabes ando afastada da net mas hoje, ao ter conhecimento desta tua publicação, vim a correr....
A minha cidade! Locais e paisagens que me recordam a minha infância, a minha adolescência e os meus saudosos pais. É mesmo linda a minha cidade! Pequenina, mas acolhedora e com muita história.
Um grande abraço reconhecida por esta publicação e de muita amizade.

Duarte dijo...

Canducha,
uma grande carga de sentimentos, que tão bem expões, ao extremo de emocionar-me.
Uma cidade limpa e asseada: bela em todos os aspectos! Que paisagens!!!
Assim é, e também onde melhor comemos. Um restaurante pequeno mas com um serviço fantástico, tanto pela qualidade como no trato. Chama-se detrás da Sé.
Abraço-te forte, querida amiga, fruto da emoção

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, siempre bello pasar a leerte, recorrer tus letras en silencio y lentamente me llena el alma de emociones. Gracias por estar siempre cerca amigo.

La Gata Coqueta dijo...



Te envío en alas de las nubes la brisa y la esencia de esta mañana, que nos envuelve en sus hojas con surcos de melodías, para endulzar las razones del pensamiento.

Un abrazo breve pero sentido
para iniciar la semana
con afectos presenciados.

Atte.
María Del Carmen




Maria Emilia Moreira dijo...

Olá Duarte!
Estive pela quinta vez de visita a Lamego há duas semanas atrás. Foi uma visita muito cultural: igrejas e museu com guias locais.Fui ainda ao mosteiro de S. João de Tarouca, Salzedo e a célebre ponte com uma torre Na Ucanha.Vir ao teu blog foi óptimo para complemento da visita.
Um abraço.
M. Emília

Duarte dijo...

Sandra,
cuanta delicadeza en tus palabras, querida amiga, eres un ser maravilloso! Gracias a ti...

Duarte dijo...

María del Carmen,
siempre me han gustado los senderos y los campos surcados por el arado, como caminos trazados en el tiempo.
Brota de ti la sensibilidad que te caracteriza, como atenuante de una vida que pasa dejando huellas de paz...
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Maria Emilia,
fico feliz por aportar algo mais aquilo que tanta satisfação causou em ti, querida amiga.
Também fui feliz naquelas terras...
Um grande abraço

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Lamego, mais um grande serviço
na divulgação do nosso país,
da sua riqueza a nível do património
e das suas gentes.
Beijinhos
Irene Alves

La Gata Coqueta dijo...


Un esplendido fin de semana te deseo, al calor de la familia y amigos que son el soporte que hacen posible que la vida continúe en armonía irradiando felicidad.

Te doy un suave abrazo
bajo la bruma del silencio,
para hacerte llegar
el roce del afecto.

Atte.
María Del Carmen


Duarte dijo...

Irene,
expresso aquilo que sinto e que capto através da objectiva, nada mais.
Se é do teu agrado, eu tão feliz.
Abraços

Duarte dijo...

María del Carmen,
eso espero, y para ti también.
Mañana iré ver el partido de fútbol de mi nieto, es el portero!...

Si es suave sabe a poco,
ya que apretado debe ser,
para atenuar el sofoco,
que da tan noble placer.

Abrazos de vida

vieira calado dijo...

Cidade bem bonita, sem dúvida!

Um forte abraço!

Rodolfo N dijo...

Querido amigo:
El comentario que te dejé no sé porqué razón no lo tomó, pero te vuelvo a repetir que gracias a esta cordialidad, calidad descriptiva, excelencia en la fotografía, me permites conocer lugares insospechados, historia e historias. Te vuelvo a repetir :gracias por darnos esta posibilidad de viajar y conocer por este medio.
Un abrazo !! .

Maria Rodrigues dijo...

Que maravilhosa viagem por Lamego. Texto e fotografias excelentes, como sempre. Muito obrigado por este passeio.
Bom domingo
beijinhos
Maria

Poetiza dijo...

Hola mi fiel amigo, paso a desearte buenas noches. Cuidate mucho Joaquin.

Duarte dijo...

José,
como toda a nossa terra...
Aquele abraço

Duarte dijo...

Rodolfo N.,
transmito lo que percibo con la mirada y lo que mi memoria alcanza de mis saberes. Si lo que divulgo tiene buena acogida, me queda un buen sabor de boca.
Un gran abrazo, querido amigo

Duarte dijo...

Maria,
todos gostaram muito de Lamego mas, sobre tudo, pela hospitalidade da sua gente.
Um bom Domingo e um forte abraço

elvira carvalho dijo...

Passei. Na ausência de novidades revi a cidade que como acima deixei escrito faz parte das minhas raizes.
Sabe que a minha mãe tinha um nome que dizem só existir nos registos de Lamego? Pois é chamava-se GRAVELINA.
Um abraço e bom Domingo

Duarte dijo...

Sandra,
gracias, querida amiga.
Donde quiera que estés que seas muy feliz y, cuidate mucho...
Abrazos de vida

rosa-branca dijo...

Olá amigo, obrigado pela visita guiada e linda que nos ofereceu. Lamego é linda, maravilhosa e as suas fotos mostram bem o seu encanto. Adorei. Beijos com carinho

Duarte dijo...

Elvira,
que nome tão bonito! Não conhecia.
Gostei muito. Há muito que lá não ia. A cidade está muito bonita, muito bem cuidada, limpa, e os arredores uma maravilha da natureza.
Um grande abraço e uma boa semana

Graça Pereira dijo...

Gosto muito de Lamego...uma jóia guardada pelo belos monumentos e a preciosidade do Santuário da Senhora dos Remédios...cidade acolhedora, simpática, da bela bola de carne e dos afamados enchidos.
Adorei esta visita através da tuas fotos e reportagem cuidadosa que tu fazes sempre.Conhecer melhor a terra...é conhecer a sua história, sem dúvida.
Beijo amigo
Graça

Duarte dijo...

Rosa Branca,
como já disse mais acima, é aquilo que os meus olhos vêem e pelo que me deixo embeber. Também gostei e deixei aqui, para vós, o mais lindo que vi.
Abraço e afectos

Duarte dijo...

Graça Pereira,
assim é, querida amiga. Se pudesse estaria toda a minha vida a correr pelo mundo, assim, limito-me aquilo que posso, e tão feliz!
Um grande abraço

AFRICA EM POESIA dijo...



Duarte
vIm deixar um beijinho
Está tudo bem
mas...ando cansada.
o tempo corre e não me estica.

tem doido a mão direita e tenho feito tudo para que ela descanse hoje vim deixar tudo em ordem
Na sanzala angola já tinha o café quase a fechar hoje fui dar resposta a todos os meus amigos...

o Sporting tbm me deixa um pouco sem rumo. tenho andado em almoços e jantares pois temos que estar atentos... mas vai passar acredito...


para ti que tens um lugar especial no meu coração um beijo grande.

não te esqueço nunca
obrigada
por ires acordando-me..
beijinhos.

lita duarte dijo...

Que lindeza, Duarte!

Um beijo.

MINHA VIDA DE CAMPO dijo...

Bom dia Duarte, um lindo relato desta cidade, fiquei louca para conhecer Lamenco, esta cidade é em Portugal? É próxima a Lisboa? Já estou fazendo meu roteiro no próximo ano estamos indo ai num encontro do Rotary, e quero conhecer essas maravilhosas dicas que tu nos presenteou. As igrejas são belíssimas e os castelo nem se fala, tudo de uma beleza maravilhosa. Nesta época de final de ano, o tempo nos chama para viajar.
Tenha uma ótima semana.

manuela barroso dijo...

Sempre um prazer imenso ler tão belo roteiro cultural e artístico. As fotografias além de belíssimas, completam esta reportagem fantástica. Encanta-me a forma como tão bem delineas estas viagens Duarte. Uma maravilha!
Um encanto!
Grande abraço querido amigo

Duarte dijo...

Lili,
Uma pessoa com a criatividade que tu tens entra numa dinâmica que nem sempre se pode levar. Ademais es activa, o que me perece muito bem, mas deves dosificar-te, ou delegar.
Quero-te muito e desejo que sigas assim, mas uma coisa detrás da outra.
Fico mais tranquilo, mas não muito...
Um abraço bem grande.

Duarte dijo...

Lita,
sei da tua sensibilidade para o que é belo...
Abraços

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Duarte, nos presentas un nuevo lugar de ensueño con magníficas vistas. El vino Oporto es uno de los mejores. Yo lo degusté hace años, cuando visité Galicia y algunas poblaciones de Portugal cercanos a Galicia.

Los monumentos son divinos y el paisaje enamora a simple vista.

Siempre nos muestras lugares idilicos donde a todos nos gustaría perdernos.

Duarte dijo...

Minha vida de campo,
Está no Norte de Portugal, perto do Porto, e próxima ao rio Douro. Lisboa está a uns trezentos quilómetros.
Se estás interessada mando-te informação, se me proporcionas um email.
Fazes bem, viajar enriquece. Aqui te espero.
Um bom fim de semana e um abraço

Duarte dijo...

Manuela Barroso,
amiga, ambas coisas são do meu agrado, o que faz com que não resulte tarefa difícil, leva tempo, é certo, tudo compensado com comentários como o teu.
Um abraço e a minha admiração

Evanir dijo...

A Melhor mensagem de Natal é aquela que
sai em silêncio de nossos corações e
aquece com ternura os corações daqueles
que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.
E mesmo com todos os obstáculos que a vida nos prepara,
conseguimos superar as barreiras e passar
para este outro ano que com certeza será melhor.
Meu muito obrigada pelo seu
carinho tão importante na minha vida.
Deus abençoe seu final de semana espero
que esteja curtindo minha postagem de Final de Ano.
Beijos no seu coração e na sua alma,Evanir.
Vivendo a cada segundo os Dias que antecede
o Natal como se fosse o último da minha vida.

Duarte dijo...

María Jesús,
las tierras del Duero son así de bellas, con gentes amables y sencillas.
Lo hemos pasado muy bien.
Besos

Duarte dijo...

Evanir,
Com o decorrer dos anos esta quadra do ano passou a situar-se apenas no recordar, mas sem viver-lho. Entristece-me.
Àquelas pessoas que esta causa efeito lhe beneficie, tudo bem, fico feliz por saber que assim é.
Amiga minha, nunca fui hipócrita e, obviamente, não te posso dizer outra coisa. Sendo uma pessoa feliz, como sou.
Um grande abraço e que tenhas dias de grande felicidade

Poetiza dijo...

Bello recorrido amigo Joaquin, me llena el alma de sueños....Cuidate mucho.

Sandra Portugal dijo...

Que lugar lindo, gostaria de conhecer um dia. Obrigada pela dica.
Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

María dijo...

Me parece preciosa esta ciudad de Lamego, y contigo, de la mano de tus imágenes y de tus letras, he caminado por esta ciudad tan entrañable que posee tanto arte y tanta belleza, con la Iglesia del Convento de Santa Cruz, el Castillo, los prados, el Santuario, una bonita ciudad donde tuvo el origen el vino de Oporto, un excelente reportaje.

Un beso.

Duarte dijo...

Sandra,
bellos son tus decires, amiga mía. Besos

Duarte dijo...

Sandra Portugal,
avisa-me e levo-te lá: ficarás maravilhada.

Duarte dijo...

María,
así es, así fue y así será, si te lo propones, amiga del alma.
Te beso

La Gata Coqueta dijo...



Gracias Joaquín, por estar siempre a mi lado con el aliento y la ternura de tus letras. Que nacen de un cálido corazón como el soplo de una caricia matutina, iluminando mi paso, con el aroma de las flores y el murmullo de la alborada, para que todos los días sean un arcoíris de diferentes apreciaciones donde lo positivo es su único referente.

Me despido, no sin antes decirte la persona tan extraordinaria que eres para mí…

No busques en las bibliotecas
Un libro que hable de la amistad,
Porque la amistad es una ciencia
Que emana del corazón
Y se extiende hasta el infinito…
Donde no existen cadenas
Ni fronteras que impidan
Compartirla con el sentido
De la apreciación.

Atte.
María Del Carmen




Duarte dijo...

María del Carmen,
una persona con tu sensibilidad no puede pensar de otro modo.
Te considero mi amiga y todo lo que digo es porque lo siento en lo profundo de mi ser. Tu inspiras ternura y amistad en cada gesto.
Un abrazo bien apertado

Claudinha ੴ dijo...

Pensei ter comentado neste post. Fiquei mais uma vez encantada com as imagens que parecem com minha terra querida... Um beijo!

Duarte dijo...

Claudinha,
es sempre bem-vinda.
Somos uma continuação, separa-nos um Oceano imenso, nada mais.
Abraços

rendadebilros dijo...

As nossas terras são muito belas. Ganham ainda maior relevo nas suas fotos e textos. Abraço.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
é precisamente o que tenho que manifestar daquilo que tão bem logras fotografar. Belezas da nossa terra, ademais olhadas com afectos... fortes.
Um grande abraço