jueves, 26 de mayo de 2016

IGLESIA DE SAN MAURICIO - VENECIA



El Museo de la Música de Venecia: un Homenaje a Vivaldi y a la Música Veneciana


El Museo de la Música de Venecia está situado en el barrio de San Marco, en la iglesia de San Mauricio, un templo de estilo neoclássico.


El templo es del siglo XVI. Sin embargo, la fachada que se conserva en la actualidad es muy posterior, concretamente del siglo XIX.





El Museo surge gracias a la labor que ha desempeñado el grupo musical Interpreti Veneziani, que junto al coleccionista Artemio Versari y al fundador de la discográfica Rivo Alto Robert de Pieri, han hecho realidad este museo dedicado a la música en pleno corazón de Venecia.




En el interior de la iglesia, que por cierto no está abierta al culto, encontré una instalación museográfica en la que se exponen una serie de instrumentos históricos de gran calidad, principalmente de cuerda.







22 comentarios:

Elvira Carvalho dijo...

Excelente reportagem, amigo. Obrigado pela partilha.
Um abraço e bom feriado.

Luis Coelho dijo...

Mais um monumento a visitar.
Obrigado pela visita virtual.

Duarte dijo...

Elvira,
desta vez preferi meter-me entre canais e pontes, na descoberta doutra Veneza, e lá fui encontrando coisas bastante interessante que irei trazendo aqui.
Um grande abraço e bom fim de semana

São dijo...

Grato abraço, querido amigo, por me dares a conhecer este Museu.


SEmana feliz para ti

Majo Dutra dijo...

~~~
Uma maravilha!

Deve ser mesmo um encanto
descobrir as preciosidades musicais
combinadas com peças belíssimas de arte sacra.

O interior do edifício também é admirável...

Também muito grata pelas palavras carinhosas
que me dedicaste no meu espaço.

~ ~~ Dias muito agradáveis e felizes. ~~~

Justine dijo...

Um local pouco conhecido, Duarte! Uma excelente ideia para quem quiser visitar - ou revisitar - a cidade!
Abraço e até breve:) :)

Duarte dijo...

Luis,
Gostei muito, não só pela estructura da igreja mas também do modo como foram aproveitados os espaços.
No exterior a praça é ampla, pouco habitual nesta cidade

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Mais um pouco de Veneza que fiquei a conhecer através
dos seus olhos e da sua sensibilidade. Obrigada.
Um abraço.
Irene Alves

tulipa dijo...



Excelente reportagem!

Obrigado pela partilha.

A semana passada fui a Madrid visitar seus Monumentos e Palácios

e vim muito zangada com Espanha e seus funcionários!

Outras pessoas do "Grupo" tiveram mesmo acesas discussões
com alguns funcionários
pelo facto de NÃO DEIXAREM FOTOGRAFAR
apenas para no fim da visita sermos OBRIGADOS
a comprar os livros que vendem na Loja.

Eu não discuto com ninguém,
quando não gosto apenas dou desprezo!!!

Viajo por todo o Mundo
e digo-te
nuns locais permitem fotografias sem flash
noutros locais permitem fotografias a troco de pagarmos uma taxa

mas ali onde andei
só ouvia dizer a todo o momento:
No Fotos!!!

Fiquei irritada e jurei não voltar mais
Quem pensam que são?
Diferentes do resto do Mundo?
Porquê?

Desculpa este desabafo.
Cá em Portugal também haviam de os proibir fazer fotos a ver se eles gostavam!!!

Abraços de vida

rendadebilros dijo...

Belo passeio a Veneza e muitíssimo bem documentado, com gosto, saber e muita paciência! Bons passeios! Abraço!

Duarte dijo...

São,
sabes que para mim é todo um prazer.
Também disfruto com aquilo que me divulgas.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Majo,
ante tudo reciprocidade, querida amiga.
Essa foi a sorpresa com a que me encontrei e fiquei maravilhado.
O meu lema é que as cidades são libros que se têm com os pés, por isso!
Há muita Veneza por ver... vi quase tudo!
Beijinhos

Sor.Cecilia Codina Masachs dijo...

Mi querido Joaquín:
Solo paso a decirte que por mi delicada salud me veo obligada a descansar quiera o no, una larga temporada. Nos vemos en octubre si estoy mejor y reza por mí.
Te dejo un beso de ternura hasta entonces.
Sor. Cecilia

Duarte dijo...

Zé,
quando cheguei àquela praça, imensa para quem anda por Veneza, e li Vivaldi, chamou-me a atenção, ainda bem, senão tinha perdido de ver esta maravilha.
Já falta menos, querida amiga.
Um grande braço

Manuel A Lopes dijo...

Foi um prazer fazer esta visita contigo. Como sempre a tua sensibilidade artística é contagiante. Parabéns Joaquim e vamos à descoberta de novas paragens

Duarte dijo...

Irene,
quando possas vai, é uma cidade diferente, sem igual, apaixona.
Abraços de via, querida amiga

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

El palacio de San Mauricio solo es conocido por grandes viajeros a Venecia.
Como todos tus reportajes lo he disfrutado a tope. Espero que el viaje a Lisboa con mis compañeros sea tan extraordinario como el de hace tres años a Porto que tuve la suerte de poder participar.Pronto ya volverás y contarás cosas de este viaje. Besos Diny.

Duarte dijo...

Tulipa,
tu que és uma grande viageira já sabes que usualmente procedem assim. Também me passou o mesmo em Veneza. No Palácio Ducal não tive problemas y na Basílica sim. Também numa igreja pequenita nos arredores de do Rialto, e estava ao telefone, começou a gritar como uma louca, não fotos...
Esse é o motivo e o fim, passar e comprar.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Rendadebilros,
obrigado, lá vou indo, acabo de chegar de Lisboa.
Beijinhos

Duarte dijo...

Sor Cecilia,
que esa salud sea recuperada imediatamente, quiero que así sea, no quiero dejar de verte por aquí. Y más aún, siendo por ese motivo!
Ya he empezado a hacerlo, pues quiero verte pronto.
Un gran beso con todo mi afecto.

Duarte dijo...

Diny,
así es, pues no está fácil de localizar.
Lo de Lisboa una maravilla! Lo hemos pasado fenomenal. El tiempo ha ayudado y tan sólo en algún momento lo ha fastidiado el calor y la niebla. El dia del crucero, como el de las excursiones, ha salido bordado. Ya verás fotos!
Beijinhos

Duarte dijo...

Manel,
já me acompanhaste, e te acompanhei, em algumas destas aventuras, e as que estão por vir!
Acabamos de chegar de Lisboa. Saiu tudo às mil maravilhas, só o calor e o nevoeiro, em momentos pontuais, dificultou as coisas, mas foi passageiro.
A malta regressou encantada da vida.
Aquele abraço amigo