jueves, 31 de enero de 2019

CONÍMBRIGA


Povoado que foi ocupado pelas tropas romanas em 139 a. C., tornando-se então uma próspera capital da província da Lusitânia. Mas foi no governo do Imperador Augusto, um século mais tarde que a cidade cresceu urbanisticamente. A destacar desta época a construção de estruturas fundamentais para a convivência do quotidiano duma urbe romana, como o forum, o anfiteatro e as termas. Posteriormente foi edificada una basílica no centro da povoação.







Mas foi nos últimos anos do século I que a arquitectura doméstica se desenvolveu favoravelmente, e no início do século III faz-se notável pela edificação de insulae e de sumptuosas domus. Que acabam por gravar na pedra as memórias do esplendor doutros tempos.





A Casa dos Repuxos é um deleite pelo belo jardim central, que preserva a estrutura hidráulica original com mais de quinhentos repuxos, rodeado por um magnífico conjunto de mosaicos figurativos com cenas de caça, passagens mitológicas, as estações do ano, monstros, aves e animais marinhos. 














A destacar a casa de Cantaber, a maior da cidade, a da Cruz Suástica, com os seus mosaicos geométricos, a do Tridente e da Espada ou a dos Esqueletos. 








Com a visita ao Museu acabei por potenciar aquele esplendor de então.  Através de objectos encontrados ao longo dos muitos anos de escavações, os vários espaços evocam a vida quotidiana da antiga cidade romana, a vivência da religião, a arquitectura das casas nobres e a sua decoração, e ainda a vida no forum.























Também por lá colhi esta flor para ti...


Horário
Museu e ruínas
Diariamente: 10:00 – 19:00
Encerramento
1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de Maio e 25 de Dezembro

30 comentarios:

Rosa dos Ventos dijo...

Conheço muito bem!

Abraço

Jaime Portela dijo...

Uma excelente reportagem, com fotos magníficas.
Já lá fui há tantos anos que nem me lembrava de muitas coisas que aqui recordei.
Caro Duarte, continuação de boa semana.
Abraço.

Mariazita dijo...

Meu caro Duarte
Se fosses 15 minutos mais tarde terias encontrado o novo post.
Está mesmo a sair do forno :)))
Voltarei para te ler e comentar.
Beijos, muitos.
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Elvira Carvalho dijo...

Um excelente passeio por um local onde nunca fui e que adorei conhecer.
Obrigada pela partilha.
Abraço para todos, especialmente para o amigo e sua esposa.

Tais Luso dijo...

Boa noite, Duarte! Maravilhosa postagem, rica nos detalhes a que se dispôs: levar cultura! As fotos ótimas.
Fantástica partilha como sempre vejo aqui! E que bom que estou conseguindo entrar no teu blog.
Beijo, amigo, bom fim de semana.

Sandra Figueroa dijo...

Que bonito lugar.....que lindo recorrido por tus fotos.....saludos a la distancia amigo Joaquin, cuidate mucho

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Um museu fantástico e aproveito para desejar um bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Justine dijo...

Como eu gosto dos pavimentos desta magnífica cidade! E há quanto tempo não passo por lá, mas a tua reportagem fez-me desejar uma visita em breve…
Abracinho

Franziska dijo...

La dominación romana en la península Ibérica ha dejado numerosas huellas de su cultura. Es admirable como iban recogiendo lo mejor que encontraban en todos los países a los que iban sometiendo y el desarrollo que aportaron, en todos los campos, incluído el Derecho algunas de esas leyes todavía perduran en nuestra legislación. Son admirables las esculturas, la eficacia en la ingeniería y en la construcción de carreteras y puentes: las termas, la educación que recibían y daban a sus hijos. Bueno, en aquellos momentos no era tan díficil acorralar a los habitantes que eran pocos y muy esparcidos. Perdona. El tema me ha llevado hasta Numancia...Lo abandono.

Veo que por todo el material que has recogido estás en condiciones de poder publicar un libro sobre el tema y yo te animo a que lo hagas, sería uno más de tus éxitos. A mi me ha encantado pasearme por la visita de arqueología porque yo soy aficionada y siento una profunda admiración por los profesionales. Completa visión del tema.

Quedo a la espera del próximo reportaje con el mayor interés. Te agradezco los comentarios que has dejado en mis blogs pero te aseguro que yo soy escritora, es decir, mis poemas son ficción no hay implicación personal.

Saludos muy afectuosos y un abrazo.

Duarte dijo...

Rosa,
há muito que lá não ia e agradou-me repetir.
Abraço grande

Maria Rodrigues dijo...

Muito obrigado pela flor.
Aos anos que lá não vou, tenho de voltar.
Excelente reportagem
Bom domingo
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

A mi mejor profesor de historia con gracias. Muchas gracias por las hermosas flores al final de tus artículos. Beijihnos Diny.

Majo Dutra dijo...

Agradeço a reportagem com o pormenor, o esmero e a excelência
a que estamos habituados,
Também fico grata pela gentileza da flor.
Abraço, Amigo.
~~~~

Graça Pires dijo...

Gostei desta visita guiada, apesar de já ter visitado Conímbriga mais do que uma vez…
Recebo a sua flor. Obrigada.
Uma boa semana.
Um beijo.

Duarte dijo...

Elvira,
quando possas vai pois vale a pena. Há muito que lá não ia e compensou, pois o museu está muito melhorado.
Uma arqueóloga valenciana com quem tive a oportunidade de falar sobre este sitio arqueológico afirmou que é dos melhores conservados do mundo. Um orgulho.
O meu desejo é que já te encontres totalmente recuperada.
Abraços de vida, querida amiga.

Duarte dijo...

Tais,
a tua presença neste blog é bem-vinda e mais ainda depois das dificuldades que estar a ter para o conseguir.
Quando vou aos sitios é para enriquecer-me de conhecimentos. Como gosto daquilo que vejo e não o posso trazer para casa, faço fotografias.
Um grande abraço para uma boa semana

Duarte dijo...

Sandra,
gracias, noto tus afectos apesar de la distancia.
Cuídate mucho...
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Jaime,
recordar é viver e o melhor ainda é que consigamos recordar. Pelo que vejo fui útil, fico feliz com isso.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Mariazita,
por culpa disso uma vez cheguei tarde a um exame, mas ainda fui a tempo, e também perdi um comboio, mas também consegui chegar a tempo.
Vou lá ver.
Beijinhos

Duarte dijo...

Francisco,
uma das joias do nosso País, não só o museu, mas também aquel excelente sitio romano, lusitano, português, ao ar vivo.
Um grande abraço e continuação de boa semana.

Duarte dijo...

Zé,
volta que vais gostar. O único que melhorou é o espolio do Museu. Hoje é digno do espaço que ocupa.
O resto continua bem cuidado.
Não se faz muita divulgação deste sitio e penso que é erro grave.
Um grande abraço

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Meu querido amigo, que bela reportagem aqui encontrei.
É maravilhoso o tempo que o amigo dedida a compartilhar
connosco aquilo que os seus olhos vêm. Muito grata.
Gostei muito de ver.
Um grannde abraço.
A m/sempre amizade.
Irene Alves

Mariazita dijo...

Já há uns anos (bastantes) que não vou a Conímbriga, e de todas as vezes nenhuma foi tão boa como esta que aqui fiz conduzida pela tua mão.
Excelentes fotos e texto, que elucidam com perfeição quem eventualmente não conhecer o local.
Sinto-me orgulhosa, como portuguesa, por Conímbriga ser considerada um dos locais arqueológicos mais bem conservados do mundo - tal como informas a nossa amiga Elvira.

Obrigada, querido amigo, pela linda flor!

Desejo bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Duarte dijo...

Francisca,
en Portugal no ha sido bien así. Aquí se han encontrado con un Viriato que los han empujado hasta Sagunto, Valencia. Viriato no acabó la proeza porque lo eliminaron sus propios hombres pero si Táutalo, que tampoco conseguiu conquistar Sagunto y tubo que negociar, acabando con la proeza de los Lusitanos.
Me gusta mucho esta etapa histórica, así como la de los descubrimientos marítimos.
Un gran abrazo, querida amiga.

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
volta que melhoraram algumas coisas no museu, te va a compensar.
Amiga, sempre flores.
Beijinhos

Duarte dijo...

Diny,
gracias a ti, alumna aventajada y fiel seguidora de mis historias com historia.
Como a ti, nos encantan las flores.
Beijinhos, querida amiga.

Duarte dijo...

Majo,
é o mínimo que posso fazer para uma pessoa com a tua sensibilidade.
O resto, é o que ainda fica do aprendido agregado ao que leio.
Abraço, amiga.

Duarte dijo...

Graça Pires,
o meu muito obrigado pelas palavras de boa amizade.
Sou amigo das flores e reparto-as com as minhas boas amigas como tu.
Um beijo.

Duarte dijo...

Irene,
é um prazer imenso ver-te por aqui. Isso quer dizer que já estás bem, o que nos satisfaz enormemente.
Como tu, gostamos de compartilhar, pois a tua presença em Lisboa para convivente esse momento conosco, soube bem, mas também soube a pouco.
Aparece sempre.
Abraços de vida, querida amiga.

Duarte dijo...

Mariazita,
agradeço os teus afectos e a tua, sempre tão grata, companhia.
Sabes que gosto de fotografar, por isso o meu esforço en ir melhorando.
Mereces tudo isso e muito mais. Que gentil!
Um grande abraço
Beijinhos