domingo, 10 de enero de 2010

ESTIVE, MAS VOLTEI



Já não podia suportar tantas tenções, era a saudade, e tive que ir ao encontro dela.






A climatologia manteve-se adversa, parecia que queria impedir este reencontro e pôs-me todos os obstáculos possíveis.





Mas logrei abrasá-la, foi emocionante!






Fui feliz, nesse gozo que nos convém.






Gotas frias, dum céu escuro, molharam-me a cara... eram lágrimas de satisfação na alegria.






Voltei às minhas origens, encontrei-me com os que pude ver, mas a mãe natureza castigou-me pela ousadia... não parou de chover...




Deixo-vos esta prova que ela me deu...


56 comentarios:

Dois Rios dijo...

Querido amigo,

Quando vamos de encontro às nossas origens, no caso, o teu Porto, vem tanto da nossa terra conosco, que faz com que sintamos a forte sensação de que somos mais do que um.


Beijos afetuosos,
Inêsa

cduxa dijo...

Porto e Pedras Rubras,( salvo erro parece-me a Igreja de Pedras Rubras). Boa estadia e neste preciso momento está a nevar no Porto.

Duarte dijo...

Inês,
agrada-me saber que as minhas sensações são percebidas.

Abraço-te reconhecido

Duarte dijo...

Cduxa,
andei pelo Porto, o que a chuva permitiu.
Sempre vou até Moreira, aí estão as minhas origens, bom, realmente sou de Pedras Rubras; nasci a duzentos metros da estação, mas a freguesia é a de Moreira, na Maia, e a igreja a do Salvador: extraordinária arquitectura da época.
Vejo que conheces bem a zona!
Aqui também nevou ontem mas sem solidificar, desfazia-se, mas bastante perto chegou a meio metro a altura de neve: anormal para estas latitudes!
Beijinhos ainda com sabor tripeiro

Lena dijo...

"Gotas frias, dum céu escuro, molharam-me a cara... eram lágrimas de satisfação na alegria."
Imagino bém isso Duarte....
Essa saudade, tenções e tentação de ir ao Porto, sei um pouco como é...
E claro não é o tempo que te podia impedir de fazer a viagem.
Teu post, tua viagem tem o cheirinho a essa rosa...

Beijos

Rosa dos Ventos dijo...

Mesmo com um clima adverso tenho a certeza que afectivamente te sentiste reconfortado!

Abraço

Duarte dijo...

Lena,
arrepios, fruto das tuas palavras, foi o que senti neste momento, ao mesmo tempo que compreendo o teu expressar.
A rosa é para ti... para vós...

Beijinhos de emoção

Duarte dijo...

Rosa,
perfeita a tua interpretação, mesmo molhado, fui feliz: a presença da família e dos amigos reconforta, faz olvidar a adversidade.

Um forte abraço

Sara dijo...

Duarte ese reencuentro siempre es como tú dices, ese volver a nuestros orígenes...esas lágrimas como gotitas frias pero de emoción y satisfacción ¡ésta vez!
Por aquí, el temporal de nieve y frio nos ha dado hoy una tregua pero ahora mismo, comienza a nevar de nuevo, a ver mañana que comienzo después de vacaciones tenemos, ya quiero que llegue el buen tiempo porfa! y también queremos ya darte otro fuertote abrazo.
Estás siempre en nuestro corazón, no lo olvides. Cuidate mucho.
Abrazotes de chupiteles con todo nuestro cariño jejejeje.

~pi dijo...

perfeita rosa

chuva mais-que-perfeita

testemunho da emoção

mais pura,,,



[ lindo, tudo!*





~

Duarte dijo...

Sara,
como me gusta tu vocabulario! Palabras cargadas de afecto que me emocionan: gracias.
Imagino lo que estáis pasando por muy habituados que estéis. En este momento, según RNE, la capital está casi bloqueada y toda España cubierta de nieve.
Lamentablemente intuyo un mal día para regresar a las clases. Ojalá me equivoque.
Deseo que así sea, ya está bien de mal tiempo y de tanto frío.
También os tengo muy presente y os abrazo emocionado e agradecido

Duarte dijo...

~pi,
gostei das tuas pinceladas.
Dessa visão tão tua, concreta e precisa.
Linda tu!

gaivota dijo...

vieste à terra...
llegaste por las fiestas y la lluva siempre te cogió...
as saudades das gentes portuguesas, estando fora,
mais íntims nestas alturas natalícias
beijinhos

Justine dijo...

E a chuva transformou-se em rosa vermelha! E partiste com as saudades adormecidas por mais uns meses...
E contas-nos isso tudo de um modo muito belo:))
Abraço, até à próxima!

Manuel (Solrak) dijo...

Duarte, amigo, gracias por tus visitas a mi blog; en lo referente a tu entrada, siempre me encantan las fotos de los lugares que nos muestras y que espero conocer.

Un abrazo desde el frio abrigado por la amistad.

Chris dijo...

Gostei das fotos, apesar do frio que anda por aí.
Um abraço
Chris

Duarte dijo...

Gaivota,
é a tua sensibilidade a brotar como rama à busca da primavera...
Tu, que unes, que agrupas amizade por onde passas, sabes bem o que são esses sentires.
Beijinhos

Duarte dijo...

Justine,
ainda entre nevoeiros, a minha mente divagava sobre o que deixava... sentires que o tempo amadurece mas que quero vê-los reverdecer.
Obrigado, querida amiga, sabes que sou assim. :))
Guardo esse abraço até receber outro

Duarte dijo...

Manuel,
tu, mi amigo aventurero, verás que los caminos de la tierra Lusitana no son agrestes y que te esperan en la placidez.
Quiero llevarte por mi tierra, si eso es posible.
Gracias, buen amigo, es cierto, la buena amistad no debe entender de climatología.
Abrazos

Duarte dijo...

Chris,
palavras arquitectas com o saber, e o sentir.
Sim, entre frio, chuva e calor humano, na amizade, venci obstáculos.
Um grande abraço

Sandra dijo...

Olá Duarte, já tinha saudades de ser sugada pelas fotografias e transportada por esta cidade que nos enfeitiça a alma.
E não fossem as baixas temperaturas que se tem feito sentir, as gotas de água na cara seriam bem vindas também.
:)

São dijo...

É doce chorar de alegria: limpa-nos a alma...

Um doce abraço, amigo meu.

Duarte dijo...

Sandra,
deixa-te levar e aparece sempre que queiras.
Isso, aquilo que sai da alma é ainda mais puro.
Noto que a humidade me faz sentir que termicamente estou gelado, é o que me dá ela...:))

Duarte dijo...

São,
uma sensação de languidez que me faz bem.
Algo que nos é comum, principalmente na invicta, somos lambareiros! Até pode que parte dessa doçura se deva a isso... pelo menos notam-se menos salgadas...
Abraço-te com afecto

AFRICA EM POESIA dijo...

O leão é o meu animal preferido
e é o Simbolo do meu club
e recordou-te logo a nossa marcha que é linda...e está incluida no meu livro novo

eu sou doidinha pelo Sporting...

por isso o lançamento do meu livro... Sporting em poesia ainda este Mês..

para ti ...um beijo e saudade de te ver no meu canto...

Duarte dijo...

África,
vai dando noticias sobre esse livro, sito-me curioso e desejoso de conhecer o seu conteúdo: interessante sem dúvida!
Sou Sportinguista desde que tinha nove anos, toda uma vida!
Um grande abraço

Claudinha ੴ dijo...

Ai mas estas terras me encantam! Você tem toda razão em dividir conosco estas maravilhas!
Obrigada!

Um excelente 2010 para você e os seus também!

Beijo.

Duarte dijo...

Claudinha,
fico a pensar que ainda não divulguei o suficiente para que cause dependência e venhas ver-nos...
Será um prazer!

Um abraço

poetaeusou . . . dijo...

*
ai . . .
essa sensibilidade,
matizada de saudade !!!
,
um abraço,
,
*

Duarte dijo...

Zé,
como se nota,
que disso sabes muito!

Abraços

andorinha dijo...

O Porto é sempre uma cidade linda, mesmo com chuva e frio. Aliás até a acho mais bela envolta no cinzento mágico das nuvens.
E as tuas fotos são sempre maravilhosas, Duarte.
Parabéns e um beijinho .

Duarte dijo...

Andorinha,
é certo, aliás o que senti no meu deambular envolvendo-me nela, deixando-me embeber com ela.
Obrigado, querida amiga, deixo-te estas palavras, são para ti. Si, tu foste a fonte da inspiração

O Porto em nuvens

Cai a tarde, é inverno! Faz frio!
Reconheço-o pelos pássaros,
Cantam numa melodia retraída
Ocultos no crepúsculo cinzento.

No limite do céu, as nuvens. Chove!
Suspensas, imensas, em grandes copos;
Flutuam imponentes, não posso vê-la!
Entre brumas atinjo-a, abraço-me a ela.

Um grande abraço e a minha amizade

São dijo...

POis, gulosa sou...só que já tenho demasiado peso

Bom domingo, amigo.

María dijo...

Hola, amigo Duarte:

Ha comenzado tarde el invierno, pero está siendo muy duro, por aquí hemos tenido nevadas días atrás, y hoy está el día gris y llueve, espero que en Portugal no esté haciendo tanto frío como por aquí, aunque cada vez que vengo a tu blog, es imposible no recordar aquel año que estuve unos días por tu tierra, disfrutando de los paisajes tan preciosos.

Ahora desde la distancia, pero con tus imágenes, aún con nubes cargadas en ellas, sigo disfrutando de tu bella tierra amigo.

Siempre es un placer estar aquí, en tu rincón.

Feliz día, Duarte, que el sol siempre esté para tí.

Un beso.

Duarte dijo...

São,
que haja saúde que lá vão entrando uns docinhos...
Boa semana
Beijos

Duarte dijo...

María,
es un placer tenerte cerca.
Aparece siempre que quieras y puedas, te recibiremos muy bien.
Que tengas una buena semana.
Besos

tulipa dijo...

No intuito de levar ao conhecimento de todos a minha paixão pela fotografia, bem como a intenção de continuar a expor em qualquer parte do País, venho divulgar e ao mesmo tempo, fazer o convite para a minha próxima exposição de fotografia intitulada: “Impressões de Viagem à Índia” cuja inauguração será no dia 19 de Janeiro, pelas 18h.
No meu blog está o convite, em nome do Sr. Presidente da Câmara Municipal da Moita.

Uma senhora que viveu muitos anos na Índia arranjou-nos uns saris para decoração e algumas peças. Especiarias, decoração com arroz e pétalas de rosa, incenso, velas da Índia, alguma comida e a música também. Eu mesma, nascida em Moçambique, habituada à gastronomia indiana bem como chinesa devido às comunidades desses povos que lá viviam, tenho uma senhora amiga que faz chamuças e da qual sou cliente há 20 anos, vou levar chamuças para ofertar a quem estiver presente no dia da inauguração. Fiz um trabalho em power-point, onde trabalhei 170 fotos da minha viagem, em formato jpg num CD que vão passar num LCD. Ou seja, muita inovação nesta próxima mostra dos meus trabalhos em fotografia.

Só digo, isto promete!!!
Beijinhos.
BOA SEMANA.

Duarte dijo...

Tulipa,
claro que sim! Se uma pessoa possui iniciativa, como tu, e ademais sabe rodear-se das pessoas idóneas, tudo chega a bom fim.
Só lamento não poder assistir, devido ao longe que me encontro, mas pelo que vou vendo, na distância mitigo tais desejos.
Congratulo-me com o teu entusiasmo!
Muitos êxitos, que os vais ter.
Recebe todo o ,meu afecto num abraço

rendadebilros dijo...

A saudade lusitana... tem desses arroubos , desses impulsos... e surpresas... com chuva e rosas.
Abraço.

Brancamar dijo...

Duarte,

Que maravilhossa imagens nos deixas aqui desta minha cidade, mesmo estando nela todos os dias, mesmo morando nos arredores mas quase pegadinho (de minha casa vejo as Antas), mesmo conhecendo-lhe de miúda todos estes cantinhos sou um apaixonada por esta cidade e emociona-me olhar para a beleza das tuas imagens.
Deixo-te um grande abraço e espero que voltes muitas vezes, com melhor tempo.
Beijinhos
Branca

Brancamar dijo...

Voltei,

Obrigada pela rosa, que é a flôr que mais aprecio.
Já que nos deixas esta beleza que o Porto te deu em pleno Inverno, posso levá-la lá para o meu sítio?
Obrigada pela lembrança
Beijinhos
Branca

Duarte dijo...

Rendadebilros,
algo de lusitano devo de ter, a biografia que até hoje mais me emocionou foi precisamente a de Viriato, de João Aguiar.
Abraços

Duarte dijo...

Branca,
sei que tenho um compromisso estabelecido, mas o tempo foi pouco e muito mau, ademais a familiar, e as reuniões que todos temos nessa quadra do ano.
Plasmo o que vi através da minha câmara, e as emoções que senti.
Estou em divida, mas sou dos que cumprem.
Beijinhos

Duarte dijo...

Branca,
claro que sim, para mim é um prazer.
Também gostos desta flores, aliás de todas.
Foi o único dia em que pude ir ao Palácio, precisamente para fotografar as rosas. Este verão esgotei-a com os aviões.
Se me dizes onde, terei imenso gosto em mandar-te todas as que fiz, serão para ti.
Mereces, e muito mais.
Abraços de boa amizade

Maria Almira Soares dijo...

QUE SAUDADES...

Duarte dijo...

Maria Almira Soares,
assim foi, matei saudades que já crescem.

Saudações

poetaeusou . . . dijo...

*
amigo,
,
retornei,
para admirar a bela portada,
(foto da porta meia aberta)
onde será ?
,
um abraço,
,
*

Duarte dijo...

Zé,
a ver quando apareces para que te possa mostrar tudo isto...
É L'Hemisfèric da Ciutat de les Arts i les Ciències de Valência, que o podes ver no meu post de 3 de maio de 2008, o "II".
Uma fotografia, num momento oportuno, que não pude repetir. Esta sim é uma boa fotografia. Não está completa, não cabia, pois ainda é mais espectacular.

Estás a receber os meus mail?

Volta sempre

Um forte abraço, amigo Zé

pepa dijo...

Felizmente regresaste.
Sé que fuiste feliz...

Besos

Sandra dijo...

Belas fotos. Lindo Lugar. e para fechar uma linda rosa..
Muito belo. Grande resgate.
Sandra

Poetiza dijo...

Duarte, paso a saludar y dejar un beso. Bellas imagenes amigo. Cuidate.

Duarte dijo...

Pepa,
si, tu eres buena conocedora de mis sentires...

Besos y abrazos

Duarte dijo...

Sandra,
é isso o que realmente importa, que seja do teu agrado.

Beijos

Duarte dijo...

Poetiza,
al verte me acuerdo de Monterrey y de lo feliz que fui, mismo con aquel calor casi insoportable.
Te deseo un buen fin de semana, y te dejo besos. Cuidate!

Dois Rios dijo...

Querido amigo Duarte,

Estive aqui e voltei um par de vezes e continuo aguardando as suas interessantes postagens que tanto colorem os meus olhos, aquecem o meu coração e enriquecem o meu saber.

Beijos ansiosos,
Inês

Duarte dijo...

Inês,
estou a preparar algo que vai ser do teu agrado. O trabalho é árduo e ainda demorará um pouco. De momento, e para evitar essa ansiedade, hoje mesmo coloco um post relacionado com Valência, para que a espera não seja tão longa.

Beijo-te encantado