viernes, 10 de agosto de 2012

BRAGA



Nos fuimos de Guimarães para Braga, pero como la hora apretaba y los estómagos reclamaban, iniciamos la visita por el Sameiro, para degustar, allí mismo, un buen bacalao con natas, especialidad de la casa.



Ya con energías renovadas, empezamos por admirar aquella bella explanada con las vistas de Braga, y el Santuario del Sameiro.


Bajamos al Buen Jesús, que maravilla de paisajes y que jardines tan bien cuidados. Unos optaron por bajar andando, otros en el funicular y el resto en el autobús. La ciudad de Braga nos esperaba. 








Como un ciudadano del Renacimiento, entramos en Braga por el Arco de la Puerta Nueva, donde se hacía la entrega de las llaves de la ciudad.
Esta llave simbólica nos ha abierto las puertas de una ciudad milenaria, que guarda en sus monumentos el brillo del poder que ostentaban sus obispos.



Todavía en tiempos romanos el emperador Caracala elevó Bracara Augusta a capital de la provincia de Galécia, hoy Galicia.


Al dominio de Roma le sucedió la ocupación por Suevos, Visigodos y Musulmanes, hasta su reconquista para la cristiandad en el siglo XI. 
Su Catedral, la más antigua del país, fue la mayor referencia religiosa de Portugal. El dicho popular "eres más viejo que la Catedral de Braga" se refiere a algo con muchos años y es ilustrativo de su antigüedad. Su poder eclesiástico, tantas veces asociado en tiempos medievales al poder de la espada, se extendió por los reinos de España y Portugal. Bajo la influencia de la Catedral, Braga se fue enriqueciendo con monumentos.



En el siglo XVI el arzobispo D. Diogo de Sousa, deslumbrado con la Roma del Papa Julio II, le dio el brillo y la gracia decorativa del Renacimiento.


Más tarde, la exuberancia del arte barroco se añadiría a otros edificios de gran magnificencia. De todas estas épocas, la ciudad guarda recuerdos inesperados, grandes y pequeños, como una torre medieval en plena calle, ventanas y celosías que encubrían rostros de mujeres o un palacio "rocaille" que recuerda a una cómoda estilo Luis XV.


Ya en tiempos más recientes, la fundación de la Universidad y la calidad de su arquitectura contemporánea dieron un impulso de juventud que la llenó de luz, color y de una imprevista modernidad.


Esta es la bella imagen que nos ha quedado de esta gran y bella ciudad "Minhota"

64 comentarios:

Rosa dos Ventos dijo...

E eu a precisar tanto de sair daqui!
Obrigada pela reportagem!

Abraço

María dijo...

Mi amigo Duarte:

Qué lugar más bello nos traes hoy en imágenes y nos dejas admirar la mirada que posaron tus ojos desde la cercanía de lo que tú has vivido en esta hermosa ciudad de Braga, me parece un lugar de admiración, muy bello.

Un beso.

Maria Emilia Moreira dijo...

Há já algum tempo que tinha perdido este blogue.
Hoje reencontrei-o. Foi bom passear por Braga e Guimarães e ver como admira o meu país. Um abraço amigo. Maria Emília

Luís Coelho dijo...

Bom dia Duarte
Mais uma viagem cultural por este país cheio de monumentos com história

Não foras tu português para falares de tudo isto com tanto amor e carinho levando-nos através da história e da beleza das paisagens e dos monumentos.

Volta amigo tens mais cidades e muitas paisagens deslumbrantes á tua espera. Tens muitos monumentos que são únicos em todo o mundo e histórias que nos tocam por dentro da alma lusa.

Duarte dijo...

Rosa ,
sai, corre mundo, sempre que possível, claro está.
Disseste que querias ir ao Minho, aqui estou a motivar-te...
Abraços

Duarte dijo...

María,
tu percepción es correcta. Braga, ciudad de os arzobispos, merece ser conhecida paso a paso, aquí solamente una pequeña muestra.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Maria Emília,
amiga, o nosso País é belo. Mas nesta andadura fiz.me acompanhar de mais 24, regressaram radiantes com a idiossincrasia das nossas gentes e a beleza da nossa terra.
Volta sempre.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Luís,
irei plasmando aquilo que fui mostrando ao grupo, e que tanto lhes agradou. Ainda está muito por ver...
Essa é a intenção, ficou por ver e ouvir muito Portugal, iremos visitando passo a passo.
Um abraço grande, querido amigo

Maria Rodrigues dijo...

Meu amigo hoje fiz mais uma viagem maravilhosa, através do seu cantinho. Excelente reportagem.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

Poetiza dijo...

Joaquin, un recorrido lleno de belleza en letras e imagenes que sonrien a esta alma que en la distancia te lee. Cuuidate mucho amigo.

São dijo...

Querido amigo, ainda me deste mais vontade de ir até Braga, cidade da Juventude 2012!

Há tantos anos que não entro na cidade, ficando-me pelo Sameiro e pelo Bom Jesus...

A primeira vez que visitei a Roma portuesa foi em Setembro de 19170 e as diferenças saõ abissais.

Um gratissimo beijo por mais esta excelente reportagem.

rosa-branca dijo...

Olá amigo Duarte, como nunca saio, fiz este teu passeio que adorei. Adoro bacalhau com natas, mas mais que isso, adorei as tuas belas fotos. Lembro-me que há cerca de 36 anos fui ao norte e fui ver o Miradoiro de Santa Luzia, o Bom Jesus de Braga e pouco mais, mas adorava ver tudo de novo. Obrigado por este passeio e beijos com carinho

Duarte dijo...

María Rodrigues,
se com isso aporto algo agradável aos teus dias, faz-me feliz.
Bom domingo e um grande abraço

Duarte dijo...

São,
assim é. Em só cinco anos, tempo em que lá não ia, a transformação é notória. Dá uma voltinha ao Minho que sempre agrada.
Abraço-te agradecido, querida amiga.

Duarte dijo...

Sandra,
gracias, querida amiga, es un placer verte por aquí, como bien sabes. Y mucho más después de saber lo liada que andas.
Un gran abrazo y mi amistad

Duarte dijo...

Rosa Branca,
anima-te e volta. Nos sítios que mencionas nada mudou, ou quase nada, diria que está tudo como sempre. As cidades sim, sobre tudo Braga.
Brevemente sairá a Basilica da Santa Luzia, em Viana.
Um abraço dos grandes, querida amiga.

Claudinha ੴ dijo...

Olá Duarte!
Um espetáculo!
As escadarias e o que me parecem chafarizes me encantaram!
A foto da cidade lembra bem minha cidade da infância com sua arquitetura barroca. É estranho, jamais estive por estas terras, mas sou acometida de uma saudade imensa, como se aí houvesse vivido...
Obrigada e um beijo!

Duarte dijo...

Claudinha,
no Norte predomina o barroco, o Porto, sobre tudo, é uma cidade iminentemente barroca.
Também gosto de escadarias.
Sim son chafarizes.
Imagino, mas isso tem fácil solução, aprece e verás!
Um abraço grande

vieira calado dijo...

Meu caro:
os colibris não chegaram cá...

Óptima a sua reportagem de Braga!

Forte abraço!

Mariazita dijo...

Vim aqui parar por acaso, até porque, nesta fase, não tenho feito muitas visitas a blogs (a não ser para agradecer comentários).
Mas gostei muito deste espaço, e recordar Braga, que conheço muito bem, foi muito agradável.
Vivi muitos anos no Porto e ia a Braga com alguma frequência. E mesmo depois disso já lá voltei algumas vezes.

A reportagem está óptima!

Vou-me fazer seguidora e voltarei sempre que possível.

Beijinhos

Duarte dijo...

Vieira Calado,
Amigo, vou ver que pode ter passado e corrigir, se isso é possível: peço desculpa.
Obrigado amigo de bom gosto...
Aquele abraço

Duarte dijo...

Mariazita,
pois para começar não está nada mal.
Palavras como as tuas são as que me alentam a prosseguir. Obrigado.
Aqui te espero.
Abraços

Graça Pereira dijo...

Comeste então um bacalhau com natas??Bem escolhido.
Braga é uma cidade cheia de história e de muitos monumentos a registar a fé deste povo, dos quais destaco o Bom Jesus. Curiosamente,a par da sua antiguidade, é das cidades mais jovens do país, resultante de milhares e milhares de estudantes que frequentam as suas universidades.
Fizeste uma boa reportagem fotográfica,a convidar todos aqueles que queiram visita a "Barca Augusta"
Beijo amigo
Graça

Navegar é preciso.. dijo...

Olá Duarte, Braga e seus lindos jardins! É uma cidade encantadora! Obrigada por me recordar tão linda visita! Bjs!

Duarte dijo...

Graça,
era a especialidade da casa. Noutra ocasión comi, no mesmo restaurante, Bacalhau à Gomes de Sá.
Estou de acordo, a nova Universidade deu-lhe vida a esta Bracara Augusta.
Só não fomos ao lago. Gosto de dar um breve passeio de barco, mas íamos limitados de tempo, estivemos toda a manhã em Guimarães.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

Navegar é preciso,
fico feliz ao comprovar que somos da mesma opinião.
Braga bem merece uma visita.
Abraços

Lídia Borges dijo...


A "minha" bela cidade!... Aqui tão magnificamente retratada.

Obrigada!

Um beijo

rendadebilros dijo...

É sempre um prazer vir a este blogue: belas fotos acompanhadas de textos elucidativos! Abraço.

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, gracias por tus letras, tu siempre estaras presente en mis recuerdos, no te olvidare. Pasear por tus letras e imagenes para mi es magico. Cuidate amigo.

Duarte dijo...

Lídia,
estou de acordo, é uma grande e bela cidade. Sempre gostei de Braga, desde miúdo, quando íamos para o Bom Jesus, então era ir a Braga.
Obrigado a ti pelos teus dizeres.
Beijinhos

La Gata Coqueta dijo...



Sí, es cierto un bello lugar del que guardo muy buenos recuerdos y uno menos agradable del hotel donde nos hospedamos.
Siendo aun hoy una anécdota de atención a tener en cuenta.

Joaquín, un feliz y maravilloso fin de semana te deseo, rodeado de quienes te alegran cada uno de los minutos de una vida.

Atentamente
un abrazo.

María Del Carmen


Duarte dijo...

Rendadebilros,
Muito obrigado. É um regozijo tratar com pessoas tão amáveis e doutas.
Abraços

Duarte dijo...

Sandra,
que esa magia se mantenga viva hasta que lo podamos celebrar en Monterrey.
Abrazos de amistad

Duarte dijo...

María del Carmen,
aguardo que me cuentes esa aventura del Hotel, me has dejado intrigado!...
Nosotros estábamos en un Hotel de Porto, Dom Henrique, por cierto un trato inmejorable: una maravilla en todos los aspectos.
Nos desplazamos en autocar por el Minho. Nada de maletas.
Tu estás entre ellas.
Te abrazo fuerte, querida amiga

BlueShell dijo...

Eu tenho de confessar que há coisas que não sabia. As fotos, essas também estão fantásticas. Obrigada, meu caro. Abraço
BShell

Duarte dijo...

BlueShell,
aprendo todos os dias, a vida é uma escola continua. Obrigado, palavras assim ajudam a seguir.
Abraços de agradecimento

Sara dijo...

Hola muchachote que reportaje tan preciosoooooooooo, me lo guardo muy bien para cuando visite este hermoso lugar. nosotros ya de vuelta en mi norte amado...ansié este fresquito cada día que pasé en el agobiante Benidorm, no volveré jamás en agosto, lo prometo jajajaja.
Te dejo mi abrazotedecisivo

Evanir dijo...

Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Lindo final beijos no coração,Evanir.
Vi os lugares mais lindo que já pude ver.

Duarte dijo...

Sara,
igual me está pasando mi con los calores en esta Valencia: insoportable!
Pasamos la vida aprendiendo, querida amiga.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Evanir,
amiga, lamento o momento pelo qual estás a passar.
Não cedas nessa luta, pois a vida segue. E mesmo com adversidades merece ser vivida.
Passarei a ver-te.
Abraços de vida

Rodolfo N dijo...

Amigo: de tu arte en la descripción y las bellísimas fotos publicadas, tengo la sensación de haber pisado ese mundo de ensueño que mencionas.
No sabes lo mucho que agradezco esta labor tuya que nos permite conectarnos con realidades quiza imposibles de concretar en el mundo real pero absolutamente concretadas en este mundo virtual.
Un abrazo!

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Meu amigo sempre a divulgar o que
Portugal tem de bom. Me interrogo
constantemente que políticos este
país tem tido, para chegarmos à
situação que chegámos, com um país
tão maravilhosa e um clima tão
bom.
Maravilhoso o seu trabalho
amigo.
Um beijinho
Irene

tulipa dijo...

Já dizia Vinicius de Morais
e
lá tinha as suas razões:
Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu

Para que veja como vivo intensamente os meus dias
imagens do cruzeiro pelo Douro
estão à sua espera
Amigo Joaquin!

ADOREI o texto
e as belíssimas imagens do passeio a Braga!

Um abraço.

Duarte dijo...

Rodolfo,
cruza el charco y verás que todo es posible... me encargaré personalmente de que así sea.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Irene,
estou totalmente de acordo contigo. Se não cuidamos e divulgamos o nosso Património acabaremos por ser olvidados.
Boa reflexão a tua.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Ester,
não duvido, estou convencido de que vives intensamente.
Passo a ver-te.
Abraços de vida e, cuida-te muito

elvira carvalho dijo...

Excelentes fotos de um sitio que felizmente conheço bem e de onde tenho algumas fotos parecidas.
Um abraço e um bom domingo

rosa-branca dijo...

Olá amigo, passei para saber como está e para deixar o meu carinho.Claro lavei os olhos com estas imagens deliciosas. Beijos

Duarte dijo...

Elvira,
o Minho, sempre tão entranhável...
Bom domingo e um grande abraço

Duarte dijo...

Rosa-branca,
Tudo vai bem, preparando o próximo post, Barcelos.
Dito assim fica muito bonito, agradeço-o.
Abraços

Kalinka dijo...

Muito obrigado plas tuas palavras de apoio;
é verdade, tudo na minha vida é vivido muito intensamente,
tanto para o BEM como para o MAL.
Retribuo os teus Abraços de vida
SIM
faço por me cuidar!

Gostei de ver o teu post nos "Amigos de Valência" sobre
El Museo de Ciencias Naturales.

Agora já percebo porque tens
autorização para fazeres todas aquelas fotos:
Este trabajo ha sido autorizado por el Ayuntamiento de Valencia por decreto de la Concejal Delegada de Cultura, Doña María José Alcón Miquel.
La autorización concedida para este día, por Don Miguel Ángel Catalá.

Obrigado pela partilha.
Beijo de carinho.

Kalinka dijo...

Muito obrigado pelas tuas palavras de apoio

sou a Tulipa (Ester)

Duarte dijo...

Ester,
os amigos são par as ocasiões, como deve ser.
Acabarão por compreender-te, só é de lamentar que não seja já.
Cuida-te muito.
Um abraço grande

Duarte dijo...

Ester,
estarei aí, verás.
Ânimo!!!
Abraços

Justine dijo...

As tuas fotos e as tuas palavras ajudam a matar saudades dessa cidade onde eu há uns anos não vou!
Beijo amigo

Duarte dijo...

Justine,
uma voltinha pelo Minho sempre faz bem.
Abraços de amizade

Carla Fernanda dijo...

Lugar encantador e cheio de história para contar...

Beijos e bom domingo!!

manuela barroso dijo...

Duarte! Tu és fantastico!
Dás a conhecer recantos que já não vejo há anos. Por isso os ignoro.No caso de Barcelos.
Depois Braga, a minha cidade! Linda não é? E bom Jesus é lindo e dá fantásticas fotografias! E tens aqui uma belíssima reportagem que me traz tantas saudades!
Ah! e o "meu corpo não morreu"! antes...adormeceu...
Poesia...poesia....
Obrigada querido amigo
Besos!

Duarte dijo...

Carla,
assim é, e fomos felizes nesta terra. Sobre tudo nas mesas do Sameiro enquanto saboreávamos um bom bacalhau com natas...
Beijos

Duarte dijo...

Manuela,
vais-me fazer corar, e não é nada difícil. Os motivos de tudo isto, a paixão pela minha terra e o gosto por viajar fotografando.
Sim, entendi, já sei, já sei, é a força da metáfora.
Um prazer para mim.
Abraços de vida

Carla Fernanda dijo...

Muita história!!
Gosto muito!

Beijos e boa noite Duarte!

Sara dijo...

Obrigada por esta fantástica reportagem acerca da minha cidade. Apesar de todos os seus defeitos, certamente mais visíveis para quem cá vive há muitos anos, é certo que é possuidora de muitos e variados encantos.

Um abraço amigo neste meu regresso à blogosfera.

Duarte dijo...

Carla Fernanda,
fico contente ao saber que é do teu agrado.
Abraços

Duarte dijo...

Sara,
ante tudo, querida amiga, bem-vinda.
Foi feliz na tua terra, só faltou uma coisa para ser do agrado total, ter tomado um café contigo com dois dedos de conversa. Voltarei!
Um abraço grande