martes, 16 de octubre de 2012

AMARANTE




 No se sabe a ciencia cierta cuáles son los orígenes de Amarante. Se dice que la fundó un centurión romano de nombre Amarantus. Lo que es seguro es que en el siglo XIII pasó por aquí, llegado desde Jerusalén, un monje con fama de santo, S. Gonçalo. Se convirtió en el patrono de la ciudad.


Visitamos la iglesia y el convento de S. Gonzalo, un conjunto arquitectónico imponente, que visto del otro margen del río impresiona. Allí reposa el patrono de la ciudad y santo casamentero.


Empezó a llover y nos metimos en un Museo que lleva el nombre de uno de los hijos ilustres de la tierra, el pintor Sousa Cardoso: fue amigo de Modigliani y de los Delaunay.
























Corre por el corazón de la ciudad realzando el pintoresco conjunto urbano que se levanta a sus orillas. A lo lejos, se avista la silueta imponente de la Sierra de Marão.







A medio del puente de granito, obra maestra de la ingeniería civil barroca, en donde una serie de balconcillos circulares le invitan a sentarse a contemplar la ciudad y el río que pasa, una pequeña placa toda oxidada, indica río Támega: es un afluente del Duero.










Las isletas de arena, en el medio del río, y las barcas, le llaman gaviotas, y las piraguas, dan una imagen romántica al entorno. 


Sentados en aquellas terrazas a orillas del río, a la sombra de los verdes sauces y alisos, tiene que ser algo muy placentero y más degustando los famosos dulces de Amarante: los 'papos de anjo', las 'brisas' del Támega, o las pastas de S. Gonçalo.


 Pero teníamos que seguir nuestra ruta.
Han quedado las fotografías como recuerdo, para nuestro deleite.

 Todo lo que rodea Amarante es naturaleza, que pudimos comqrobar al subir el Marão.






56 comentarios:

elvira carvalho dijo...

Amarante. Gostei.
Andei por aqui há 5 anos atrás. Visitei a Igreja, tirei umas fotos na ponte, andei pelas ruas, almocei num daqueless restaurantes cujas esplanadas ficam sobre o rio.
Obrigada por me recordar e completar o passeio com a visita ao museu.
Um abraço

Graça Pereira dijo...

Amarante é uma cidade que encanta porque nos acolhe. Gosto dos seus imensos recantos que nos oferece e que tu mostraste aqui. São Gonçalo, o seu patrono e o santo casamenteiro tem muitas frases a si dedicadas, pelo povo, como por exemplo: "São Gonçalo casamenteiro que casais as novas e deixais as velhas, que mal te fizerem elas'" São ditos muito antigos.
Bonita a tua reportagem que abriu em mim a vontade de voltar breve a Amarante
Beijo amigo
Graça

Rosa dos Ventos dijo...

Gosto muito de Amarante, do seu património natural e construído e ainda gastronómico! :-))

Abraço

Graça Sampaio dijo...

Muito lindo Amarante! E que bela reportagem. Mais uma mostra completíssima do nosso património ibérico

Bem haja, amigo Duarte.

Duarte dijo...

Elvira,
Também há muito que por lá não passava, mas é uma cidade da que sempre gostei. Voltarei.
Abraços

Duarte dijo...

Graça,
congratula-me que assim seja. Ademais está perto e compensa. Quanto mais não seja pelos pasteis, que delicia para os sentidos!
Não conhecia o dito, gostei!
Um abraço imenso, querida amiga

Duarte dijo...

Rosa,
Ante tudo os meus parabéns... não podes imaginar a atracção que sempre tive pelas rosas dos ventos; as cores, os desenhos... tudo.
Satisfaz-me saber do resultado da causa efeito.
Abraços

Duarte dijo...

Graça Sampaio,
sempre senti uma grande atracção por esta zona da nossa terra e, sempre que posso, para lá vou.
Obrigado, amiga Graça, e um grande abraço

Maria Emilia Moreira dijo...

Olá Duarte!
Hoje estive na tua companhia a revisitar Amarante. É tão bom passear por essas ruas e pontes, ir ao museu e provar a gastronomia da terra. Os meus cumprimentos e um abraço.
M. Emília

María dijo...

He saboreado de cerca las imágenes de Amarante, son muy bellas, y he caminado cerca del corazón de esa ciudad desde tus imágenes, amigo Duarte, me ha parecido preciosa.

Un beso.

tecas dijo...

Boa tarde, querido amigo Duarte! Por momentos fizeste-me recuar no tempo. As tuas imagens trouxeram-me a imagem do tempo em que eu visitava Amarante quase todos os meses. Um local encantador e a igreja de S. Gonçalo é uma das mais belas que temos em Portugal. Como não podia deixar de ser, tu captaste a beleza do local em toda a sua magnitude. Boa lição de história e excelentes fotos. Estou à espera que um dia te resolvas a transportar a beleza do teu trabalho para um livro:)
Aplauso e saudades.
Beijinho amigo e bem hajas pelo teu trabalho.

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Querido Duarte:

Vengo a disfrutar y recrearme en la belleza y fastuosidad de los mágicos e idílicos lugares y edificios que siempre nos presentas.

Realmente, contigo viajamos sin coste alguno y nos llevas a lugaras de tal belleza que despiertan mi admiración y mi respeto.

La misma admiración que siento por ti.

manuela barroso dijo...

Ola querido amigo Duarte!
Bem, eu estive lá e também tenho as minhas fotografias. Mas depois de ver as tuas me fico, me quedo...
Um roteiro maravilhoso com perpetivas fantásticas.
É linda a cidade sim, sobretudo no verão. E depois ir à Casa da Caçada almoçar ou jantar!
Perfeito!
Beijinhos

Duarte dijo...

Maria Emilia,
gostei do passeio que demos e até considero que devemos repetir, se te apetece, claro está! Obrigado pela companhia.
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

María,
es una ciudad pequeña, pero muy agradable, de las que te entran ganas de quedarte. Buena percepción la tuya.
Te abrazo fuerte, querida amiga.

Duarte dijo...

Tecas,
hoje, esta tarde, será a apresentação dum libro sobre esta viagem maravilhosa pelas nossas terras do Norte. É uma edição só para aqueles que tivemos a oportunidade de viajar pelo Douro, pelo Minho e parte do Centro, foram dias maravilhosos! Sei que, sobre tudo para eles, foram dias inolvidáveis. Por isso a ideia do livro.
Querida amiga, agradeço o empurrão...
Um abraço bem apertado até que possa ser pessoalmente

Justine dijo...

Há tanto tempo que não vou a Amarante, e a tua bela reportagem de repente despertou-me uma saudade enorme e um desejo grande de visitar a cidade.
E como eu gosto da pintura de Amadeo Sousa-Cardoso!
Um dia destes vou até lá!
Um beijo grande, de saudade
(o fim-de-semana passado estive no Douro e lembrei-me do nosso esplêndido cruzeiro!)

Sara dijo...

Últimamente todo me lleva a Amarante, vaya dos días que llevo escuchando hablar de esta belleza, apúntamelo también por favor, en esa ruta por Portugal que me tienes que preparar para Diciembre vale?
A ver si saco tiempo y te envio ese mensaje Joaquín, mi vida es un lio de trabajo, obligaciones y demás...este finde espero encontrar un ratito y a ver cuando podemos hablar, no me olvido de ti, ya lo sabes.
Mi abrazotedecisivo y buen fin de semana

Duarte dijo...

María Jesús,
existe reciprocidad, sabes que te tengo una gran estima.
Todo el Norte de Portugal es muy hermoso debido a la franca convivencia con la naturaleza. Los distintos tonos de verdes me fascinan, además es tierra del vino verde...
Abrazos

Duarte dijo...

Manuela,
querida amiga, também gostei muito de Amarante, e até posso afirmar que fui muito feliz nessa terra.
Estivemos toda a manhã em Amarante, mas fomos comer a Lamego. No, atrás da Sé.
Aceito e arquivo a referencia.
Uma abraço grande

Duarte dijo...

Justine,
passava bastante perto mas não entrava, tinha muitos quilómetros para fazer e um objectivo fixo, chegar a casa,
Vale a pena, conserva o estilo de sempre, até choveu!
Na quinta fiz a apresentação do livro em PDF, gostou muito. Agora estou a negociar preços. Quero que esteja antes das férias do Natal.
Aquele cruzeiro marcou as nossas vidas, Estão contentíssimos e muitos com vontade de repetir Porto. Mas a próxima será à capital.
Abraços de saudade

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte

a corretr mas...presente, sigo para Vidago Vou almoçar a Chaves e depois vou para a exposição encerro e trago o material

beijinhos para ti

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte

a corretr mas...presente, sigo para Vidago Vou almoçar a Chaves e depois vou para a exposição encerro e trago o material

beijinhos para ti

Duarte dijo...

Sara,
haré lo que me pidas, como no! Pero tenemos que hablar y todavía no me has facilitado el medio ni como.
Claro que lo vas a pasar muy bien, verás como si!
Um grande abraço

Dilberto L. Rosa dijo...

Mais uma adorável viagem pelo tempo desta Península mágica que guarda tantos tesouros... Que bom que o amigo está sempre aí, a nos guiar por tantas ricas e belas fotos e informações! Meu abraço!

La Gata Coqueta dijo...



Después de un largo periodo de tiempo, tiempo que a veces no se comporta como nosotros quisiéramos y si como le preceden las situaciones…

Regreso emocionada a recrearme por este vergel, donde las rosas acompañadas de las letras se mecen creciendo bajo la luz de tu sonrisa.

Te dejo como bienvenida, un abrazo de golondrinas interpretando los trinos del cariño y la fantasía.


Atte.
María Del Carmen



La Gata Coqueta dijo...

Entrañable Joaquín, a parte de que me encuentro afortunada de volver a pisar esta tu casa, también queria decirte que me has vuelto a impresioinar emocionando con la representación escrita de Princesa, la belleza peluda que os robo el corazón por un tiempo.

Y como lo has textualizado tan bien su nombre ni por un asomo se me va a olvidar.

Y una ver guardado el orden del recuerdo hacia quien ronroneo solo cuando era necesario, me apetece repetir lo mismo de siempre...

Imagenes subidas que invitan a conocer esas partes de tu tierra que desconocemos yo al menos, porque cuando ibamos de ruta se iba a un punto determinado.
Con lo cual sigue tirando rollos de cinta que iluminas con ellas este tu espacio.

Te brindo un abrazo breve pero sentido!!

Atte.
María Del Carmen

Claudinha ੴ dijo...

Olá Duarte!
Que belas fotografias! Como Amarante lembra Ouro Preto! Lá perto, ficamos em um sítio num lugarejo chamado Amarantina. Deve ter alguma origem em comum, ou algum fundador português. Goste demais desta arquitetura! Obrigada por nos mostrar! Um beijo!

Duarte dijo...

Dilberto,
é com imenso prazer que noto a tua presença neste meio. Aparece sempre, pois são palavras como as que proferes que convidam a seguir. Obrigado.
Abraço

Duarte dijo...

María del Carmen,
si, así es, ya que contactamos por otro medio y siempre que puedo te sigo en tus andaduras.
Mi deseo sincero de que estés bien y seas muy feliz.
Sabes que tengo una sensibilidad especial por esas aves...

Un abrazo bien grande

Duarte dijo...

María del Carmen,
así era Princesa, no solamente por el nombre, era su porte: muy elegante.
Estaremos en contacto, sabes que la fotografía es una de mis grandes pasiones... deseo aprender más... para tu deleite.
Acato y retribuo con profundo sentir, amiga del alma.

rendadebilros dijo...

Como sempre, um passeio bem documentado, que revela o grande amor pela beleza das nossas terras...
Abraço e Parabéns. E mais uma vez, bem haja pelas visitas, pelas palavras em forma de poema ou não...

tecas dijo...

Meu querido amigo, fico muito feliz pela tua iniciativa.
Quando vieres a Portugal não esqueças de trazer um para mim. Fica reservado. Muito obrigada pela tua amizade e um beijinho amigo.
Tecas

La Gata Coqueta dijo...



Te dejo este manojo de letras en el umbral de la esperanza,
para que te saluden con la voz del trovador
acompañando tus anhelos, que vuelan hacia las estrellas
en busca de quimeras…

¡¡Un feliz fin de semana
Alimentando satisfacciones!!

Atte.
María Del Carmen




Duarte dijo...

Rendadebilros,
assim é, cada pedaço do nosso Portugal possui encantos que convidam a indagar.
Amiga, como saem!
Abraços e obrigado

Duarte dijo...

Tecas,
a edição foi exclusivamente para aqueles que fizeram a viagem, para recordação, mas levarei o meu para que o possa contemplar.
Um grande abraço, e a minha amizade.

São dijo...

A primeira vez que vi An«marante foi em Setembro de 1970 e adorei vê-la aninhada junto ao Tâmega, com a igreja de S. Gonçalo e a ponte romana.

Agora está mais aberta, mas acho que perdeu algum do seu encanto.

Pois quanto à reportagem, mais uma vez nos ofereces um excelente trabalho.


Perguntaste se faço valenciano...infelizmente, não!

Consigo ler catalão, porque adoro Barcelona e tenho uma certa capacidade para línguas. ao contrário do zero quase total que sou em Matemática, rrss

Petons, amic!

Duarte dijo...

María del Carmen,
bello tu decir, querida amiga.
Que tengas un buen domingo.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Lili,
passas a vida a correr. Muito cuidadinho!... mesmo tendo a A24.
Linda terra Vidago.
Gosto, e de ti.
Abraços

Duarte dijo...

Lili,
quando se tinha que passar pelo meio, no verão, uma loucura, que ambiente: aquelas termas dão-lhe muita vida!
Boa viagem e feliz regresso... menos carregada.
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

Claudinha,
sei que gostas e desejo que tudo isto, e muito mais, possa ser contemplado por ti. Sigo esperando essa visita.
É possível, muitos são os portugueses que partiram para essas terras. Dois primos meus também aí estiveram longos anos. Assim como uns amigos aqui de Valência.
Um abraço bem forte

rosa-branca dijo...

Meu amigo, talvez por nada conhecer, fiquei encantada, maravilhada, com Amarante. Obrigado pela partilha de tão lindas fotos. Adorei a tua postagem. Beijos com carinho

La Gata Coqueta dijo...



Despierta a un mundo de dulces sensaciones
Y construye una nueva semana de felicidad,
Cabalgando entre las emociones que acarician ilusiones
Filmando el horizonte con la pupila enamorada
De quienes aman el rocío que nutre cada espora de vida…

Un abrazo de guirnaldas
Y un beso de esmeraldas.

Atte.
María Del Carmen





Duarte dijo...

São,
a parte antiga não mudou nada, alguma restauração, mas mínima. Seque com o mesmo encanto de sempre.
Choveu, havia certa humidade no ambiente mas deu para fazer algumas tomas razoáveis.
O valenciano tem a mesma raiz do catalão, são idênticos, excepto algum vocábulo, e foneticamente.
Eu, precisamente o contrario!
Um grande abraço, querida amiga

Duarte dijo...

Rosa-branca,
fico satisfeito, pois observo que serve de algo esta iniciativa, e mais ainda sendo é do teu agrado.
Um abraço amigo

Duarte dijo...

María del Carmen,
es una buena manera de encarar la dura vida que nos toca vivir. Siempre mirando por lo más bello, como tus decires. Gracias, querida amiga y, besos.

MINHA VIDA DE CAMPO dijo...

Uma linda cidade, esta ponte maravilhosa. Que arquitetura, essas construções além de beleza nos passa uma sensação de que aqui ha muitas historia por trás de cada casario e igrejas. Gostei da viajem fotográfica. Sua visita me deixou muito feliz.
Tenha uma ótima semana.

Duarte dijo...

Minha vida de campo,
e que maneira mais bela de viver! Convidas?
É uma cidade cheia de historia e já nas faldas do Marão, uma das serras importantes do Norte de Portugal.
Vieste a inundar com algo mais de beleza este espaço.
Obrigado e que tenhas um bom dia

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte
Palavras bonitas as TUAS.

O VENTO DE CERTEZA QUE SE SENTE FELIZ POR SER CANTADO POR TI E POR MIM.

UM BEIJO NO TEU CORAÇÃO

Luís Coelho dijo...

Uma cidade calma e de uma beleza bem ao gosto português.
Estive aí no Inverno passado.
Gostei das fotos e da descrição desta terra onde a tradição é cultura.
Um grande abraço

La Gata Coqueta dijo...



Palabras e ideas que brotan del techado como un susurro y son tan dulces que se asemejan a un beso...

El que te emvío en este instante, para felicitarte e fin de semana y seguir cultivando en armonía la semilla de la cordialidad, que se alimenta del rocío de las estrellas…

Atte.
María Del Carmen




Duarte dijo...

Lili,
isso espero, por isso o fiz, quero os seus benefícios...
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

Luis,
sempre teve um grande atractivo para mim, como Lamego.
Se é do teu agrado, eu feliz.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

María del Carmen,
me has hecho recordar el silbido del viento unos días atrás, que atizó fuerte por estas latitudes.
Prefiero los susurros... y a los oídos.
Abrazos de amistad

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Mais um daqueles trabalhos de
divulgação da nossa história e
um chamamento ao Turismo que o
amigo tanto faz.
Adorei.
Conheço Amarante, mas gostei de
voltar a ver -pelos seus olhos-.
Beijinhos
Irene Alves

Duarte dijo...

Irene,
aproveitei para obter fotografias com a câmara digital e evitar ter que adaptar tudo o que tenho em slide y em fotografias analógicas.
As terras do Douro e Minho tem esse atractivo que convida a voltar.
Aquele abraço