domingo, 27 de septiembre de 2015

TRONDENES




La iglesia de Trondenes es la iglesia medieval noruega localizada más al norte, a 3 km de la ciudad de Harstad, en la isla de Hinnoya, la mayor de Noruega. Presenta características tanto románicas como góticas. Sus muros son de piedra, mientras que el techo es de madera.









 Se ubica en Trondenes, una parte de la ciudad cuya historia se remonta a la era Vikinga. Aunque tradicionalmente se consideraba que la iglesia había sido construida en el siglo XII, pero es posible que haya sido construida por etapas, y terminada en el siglo XV. Y haber sido erigida sobre las ruinas de una iglesia de madera de entonces, alrededor de la cual había una fortificación, cuyos restos aún se aprecian.











 Comparada a otras iglesias medievales del norte de Noruega, la de Trondenes está bien conservada y su aspecto exterior es muy similar al original. La iglesia destaca por su rica decoración. En el coro hay un altar principal y dos laterales, cada uno de ellos con un trípico gótico, obra del artista hanseático Bernet Notke. Tanto el púlpito como el órgano barrocos datan de finales del XVIII. En el coro hay restos de frescos medievales.









La península de Trondenes, me ha hecho viajar al pasado y descubrir las proezas que emprendió el jefe vikingo Tore Hund en 1030. Los cañones de Adolfo, uno de los cañones terrestres más grandes del mundo construidos durante la Segunda Guerra Mundial.



Os invito a la visita al Museo histórico de Harstad
























 La naturaleza, como en todas las islas, exuberante.













Y estas flores para TI...


20 comentarios:

lidacoelho dijo...

Pormenores da tua recente visita ao norte.Noruega.
Momentos ainda frescos em tuas memórias vivas.
Aquilo que mais visitamos em todo o mundo são as Igrejas. Elas reúnem a história do tempo e das pessoas.
O melhor da arte, da pintura e da cultura geral, estão representados em cada Igreja.

Elvira Carvalho dijo...

Maravilha de passeio. Imagens que ficam na memória para sempre. Sempre que vou a qualquer lado, geralmente começo as visitas pelas igrejas. Elas "falam" muito sobre os povos que as construíram, e sobre os que a usam.
Um abraço e uma óptima semana

Majo dijo...

~~~
~~ Belíssima reportagem, Amigo!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~~~~~ Grata pela partilha

~~~~~~ e pelo carinho.

~~~~~~~~ Beijinhos.

Justine dijo...

Tão interessante, Duarte! Continua a ser muito bom viajar através do teu olhar sensível:)))
Abraço bom

Duarte dijo...

Elvira,
sim, querida amiga, uma viagem inesquecível.
Não só nas igrejas, também nos museus, elas em alguns casos são museus de vidas, e, obviamente, válidas.
Este e este, carregado de historia, pelo passo dos anos.
Abraços de vida

São dijo...

Amigo mio, que quase nos cruzávamos, rrss

Belas fotos, como sempre.

Forte e amistoso abraço

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Mas que maravilhoso passeio o amigo fez este verão.
A Igreja Medieval muito bem tratada, gostei muito da mesma.
Que paz no cemitério, tudo de uma profunda simplicidade.
As paisagens maravilhosas. Fantástico. Assim vale a pena
viver num país que trata de tudo com cuidado e respeito.
Obrigada pela partilha.
Abraço, amigo.
Irene Alves

Duarte dijo...

Luís,
aquilo que não alcança a memoria está na fotografia para que seja recordado.
Nem todos os dias se pode sentir o prazer e a satisfação de poder fotografar uma igreja vikinga. Tenho a agradecer publicamente todas as atenções que me foram dispensadas.
Possivelmente não exista outra em todo o mundo em tão bom estado de conservação. Ademais quando foi alvo das acções severas dos alemães durante a segunda guerra mundial.

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

He abierto el nuevo artículo, este fin de semana lo miraré con mas detención. Mil excusas `por la tardanza "casí habitual"Beijihnos Diny.

manuela barroso dijo...

Mais uma esplêndida reportagem que se percorre gostosamente , com as tuas elucidações. Na simplicidade da igreja,as imagens belíssimas e decoração maravilhosa. Gostei da Natureza envolvente , na fusão de mar e céu. Essas flores brancas são leves...e as azuis lindas!
Deixa reparti-las contigo! Obrigada. :)
Abrazo fuerte

Duarte dijo...

Majo,
é o minimo que posso fazer na distância.
Besos

Duarte dijo...

Zé,
abraço imensamente reconfortante, que senti!
Foi assim que o vi...
Abraços de vida, querida amiga

Duarte dijo...

São,
que bom que tinha sido. Já era hora, não!
Obrigado com um grande abraço

Duarte dijo...

Irene,
assim é, uma igreja Vikinga. Uma maravilha e que bem conservada.
Se contasse tudo aquilo que por lá ouvi dava para escrever um livro. Um País, um exemplo a seguir. Com gente honrada a governar, que não olham pelo seu bolso, mas sim pelo de TODOS.
Abraços de vida

Graça Sampaio dijo...

Que lindo, amigo Duarte!! Que lindo!!!

Besitos gratos

Duarte dijo...

Diny,
Veo que no has vuelto, que te ha pasado?
Espero que lo hayas pasado bien, nosotros si.
Beijinhos

Maria Rodrigues dijo...

Excelente reportagem, maravilhosas fotografias.
Beijinhos
Maria

Duarte dijo...

Manuela Barroso,
á a cor da pureza por isso essa leveza.
Era tudo tão lindo que tive de o trazer comigo...
Beijinhos, querida amiga

Duarte dijo...

Graça Sampaio,
Linda tu!
Besos

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
está feito para TI.
Beijinhos