martes, 28 de febrero de 2017

CABO ROCA




Después de salir "Da Boca Do Inferno" y al pasar por el cabo Raso, ya imaginaba lo que nos iba a suceder: una niebla cerrado no nos ha dejado ver este punto maravilloso de la costa portuguesa.




No se divisaban aquellos acantilados impresionantes que tan bien marcan el punto más occidental de Europa. Como dijo Camões, "onde a terra acaba e o mar começa". 





Parecía que iba a abrir, pero tan sólo ha dado para ver esto...


... y, me he dedicado a coger estas flores para TI.






17 comentarios:

Justine dijo...

É um local misterioso, pelas brumas que habitualmente o cobre. E belo, muito belo. Antigamente ia com muita frequência passear até lá - antigamente fazia muita coisa que deixei de fazer...
Um abraço apertado e muito amigo, com saudades

Graça Sampaio dijo...

As maravilhas da Serra de Sintra, minha amada!| Aquela bruma misteriosa e singular é um encanto, uma magia. Gostei muito de (re)ver!

Beijinhos, amigo!

Elvira Carvalho dijo...

Estive lá em Junho passado.
Um abraço

Majo Dutra dijo...

Amigo Joaquin, calculo que a bruma tenha desiludido, mas gosto
de fotos com bruma e estas estão muito interessantes e, mesmo
assim, muito poéticas...
Agradeço sobremaneira a oferta das flores.
Adoro flores silvestres, com todo o bucolismo que representam.
~~~ Grande abraço ~~~

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Magnifica esta reportagem com fotografias muito boas.
Um abraço e continuação de boa semana.
Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

São dijo...

Pena terem apanhado nevoeiro, realmente.

As flores são lindas-

Abraço forte, amigo mio

Duarte dijo...

Zé,
pois não as deixes de fazer, as boas costumes devem manter-se.
Já por lá passei em dias de Sol e o ambiente é bem diferente. Olhar para aquele mar imenso que parece que não tem fim...
Por fim soube de ti e isso fez-me feliz.
Um grande abraço, querida amiga.

Maria Rodrigues dijo...

Brilhante reportagem.
Um abraço
Maria

Duarte dijo...

Graça,
também gosto, querida amiga.
São os encantos que essa terra tem e que fascina a quem a visita.
Volto sempre, porque amo a minha terra, e a Serra de Sintra também o é.
Abraços de vida e bom fim de semana

Mariazita dijo...

Pena estar nevoeiro porque o local é maravilhoso, querido amigo Duarte.
Precisas voltar lá num lindo dia de sol.
Apesar da neblina fizeste uma boa reportagem fotográfica.
Parabéns.

Bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Duarte dijo...

Elvira,
fica tudo muito perto para ti, querida amiga, são pedaços da nossa terra que convidam a uma visita demorada...
Aproveita.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Majo,
uma vez mais estamos de acordo, o que muito me satisfaz.
Por isso as trouxe aqui. tenho outras fotos com boa luz e visibilidade, mas são mais antigas.
Obrigado pelas palavras de consolo.
Um grande abraço.

Duarte dijo...

Francisco,
Obligado amigo, esses apoios ajudam a prosseguir. Algo aprendo de ti.
Boa semana e um abraço

Duarte dijo...

São,
mas assim foi, sem perder o seu encanto, mas faltou o poder olhar para esse mar imenso que parece que nunca tem fim...
Abraços de vida, querida amiga.

rendadebilros dijo...

E assim, entre misteriosas brumas, se colhem belas flores silvestres. E faz-se na mesma uma reportagem! Abraço. Bom fim-de-semana!

Duarte dijo...

Maria,
emociona-me vindo de ti, que fazes excelentes reportagens.
Obrigado com um grande abraço

Franziska dijo...

¡Qué pena que la niebla nos haya impedido disfrutar del paisaje! Sin embargo, no hay nada que no tenga solución y sería una nueva ilusión volver para disfrutarlo en otro momento más propicio y así lo espero porque estoy segura que nos enviarás las buenas fotos que tu sueles hacer.

Gracias por las flores, muy bonitas. Tu interesante información ha abierto mi interés por conocer ese paraje tan interesante y hermoso.

Gracias por tus ultimos comentarios en mi blog. Un abrazo. Franziska