jueves, 15 de febrero de 2018

CRUZEIRO NO TEJO





Queríamos ter outra perspectiva da Lisboa que nos viu chegar, cheios de ilusões, e que nos foi fascinando em cada esquina.
Por fim resolvemos meter-nos naquele barco, que nos levou do Terreiro do Paço até Belém, e então poder reforçar a conclusão à que tínhamos chegado e, confirmar as BELEZAS QUE LISBOA TEM.





E lá foi ficando atrás o Cais das Colunas...

Deixo-vos na contemplação...













































































 É certo! 
Quem não viu LISBOA, não viu coisa boa... 
Até à próxima, LISBOA!...

20 comentarios:

Sandra Figueroa dijo...

Como siempre.....que bello recorrido por tu blog entre fotos y tus letras es grato llegar a visitarte.......Saludos a la distancia Joaquin......

Elvira Carvalho dijo...

Todo o encanto da nossa bela Lisboa ribeirinha, aqui tão bem retratado. Adorei o passeio
Um abraço

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Excelentes fotografias e belas panorâmicas.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Graça Sampaio dijo...

Ao contrário de Caeiro, "o Tejo é o rio da minha aldeia" já que nasci em Algés. Mas nunca fiz um passeio destes no Tejo. Hoje fi-lo através das suas fotografias. Obrigada. A coisa mais linda que se vê é a "minha" Torre de Belém...

Besitos...

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Espero que una vez mas puedo visitar tu bello país y seguramente disfrutaré tanto como del viaje inolvidable de Porto. Beijihnos Diny.

Tais Luso dijo...

Lisboa maravilhosa, vi todas as fotos em zoom, grandes, lindas! Lisboa é muito conhecida com esse mar maravilhoso, lhe beijando os pés!
Beijo, meu amigo, uma boa semana!

Graça Pires dijo...

Fantástica reportagem fotográfica de um passeio que é, de facto, muito bonito.
Uma boa semana.
Beijos.

Majo Dutra dijo...

Lisboa é linda, sim, estimado Joaquin.
Também aprecio muito esta perspetiva
que foi muito agradável rever.

«Aqui e além em Lisboa - quando vamos
Com pressa ou distraídos pelas ruas
Ao virar a esquina de súbito avistamos
Irisado o Tejo
Então se tornam
Leve o nosso corpo e a alma alada»

De Sophia de Mello Breyner Andersen

Abraço Amigo
~~~~~~~~~

Duarte dijo...

Sandra,
querida amiga, dicho así se torna todavía más bello.
Fui feliz en este deambular a tu lado.
Besitos y cuídate mucho.

Maria Rodrigues dijo...

Que belíssima reportagem fotográfica da minha cidade.
Já fiz um pequeno passeio no Tejo, mas tenho realmente de fazer algo mais completo, para melhor poder apreciar a nossa linda Lisboa.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Duarte dijo...

Elvira,
era uma das cadeiras que tinha por aprovar da nossa bela Lisboa e não deixei escapar esta oportunidade. Tudo é bem diferente visto desde a água do Tejo.
Um grande abraço, de Todos, querida amiga

Duarte dijo...

Francisco, obrigado,
vindo de ti sabe bem, que disto sabes muito, e com muita arte.
Um grande abraço e bom fim de semana

Duarte dijo...

Graça,
esbelta, por elegante, isolada, mas firme, sempre atenta aos invasores, essa é a nossa torre.
Algés, por aí vive o meu filho. Por lá vou, sempre que posso. Um lindo sitio para viver.
Besitos, amiga mía.

Duarte dijo...

Diny,
claro que si, amiga mía, aún nos queda un largo tramo de vida para disfrutar y en algún momento tocará acercarnos a algunas de las muchas bellezas de mi Portugal.
Beijinhos

Duarte dijo...

Tais,
assim é, conhecido este estuario como mar da palha, um rio imenso com o nome de Tejo que alcança, nesse ponto, quase os três quilómetros de largo. Na realidade o Mar da Palha está na foz do rio, mas também lhe chamamos assim, pode que erroneamente, ao estuario.
No cais das colunas até podes molhar os pés.
Beijinhos e um bom Domingo.

Justine dijo...

"Lisboa, e Tejo e tudo", assim escrevia escrevia Álvaro de Campos no poema Lisbon revisited!
Sim, Lisboa é uma cidade luminosa e indissociável da sua principal "rua", o Tejo.
A tua reportagem, bela como todas!
Abraços

Anajá Schmitz dijo...

Que belo lugar, um dia conhecerei. Lindas imagens.
Abraços e tenha uma ótima semana.

Duarte dijo...

Graça Pires,
obrigado, isso ajuda a seguir e a melhorar.
Lisboa enamora sempre.
Beijinhos para uma boa semana

Duarte dijo...

Majo,
versos duma portuense que sigo, em parte por ser da minha terra, mas também pelo que escreve.
Sim, Lisboa cativa.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Maria,
a tua cidade sempre esteve presa a mim. Comecei cedo a viver nela e por lá sigo indo sempre que posso.
Beijinhos para uma boa semana