jueves, 31 de mayo de 2018

PRIMAVERA EM ORDINO




Era Abril e a natureza queria expressar toda a sua magnificência, vencendo os espaços nos quais a neve opunha resistência, em abandonar aquele espaço privilegiado.  
Isto foi o que consegui captar para deleite daqueles que amam a natureza no seu estado mais puro.







































  Lembrei-me e trouxe este ramo de amores perfeitos para ti.



28 comentarios:

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Que maravilha a natureza mostrando toda a sua beleza.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras dijo...

Amigo, sempre "farejas" o belo e nos brindas com brilhantismo e generosidade, as fotos mais lindas, dos locais mais paradisíacos. Sinto tua extraordinária sensibilidade em buscar nos detalhes, as mais importantes das nuances, como fungos, linques, algas e florzinhas minúsculas que a outros olhos passariam desapercebidas. E são, exatamente, esses detalhes, o gigantismo da exposição. Parabéns! Gratidão pela partilha e um grande abraço. Laerte.

Sandra Figueroa dijo...

Joaquin ...que delicioso paseo por tan bello lugar.....voy perdida entre arboles y flores hermosas...me detengo en esa casita alla en la nieve.... y escribo.......saludos amigo de distancias cercanas.

Justine dijo...

As árvores vestidas de rendas, os campos enfeitados com pinceladas de cor, o ar perfumado e límpido - a primavera e o renascer da natureza e também o nosso, se a sabemos observar! Nunca me canso de olhar, incluindo as tuas belas fotografias.
Bom fim de semana, meu amigo

Graça Sampaio dijo...

LINDO, LINDO, LINDO!!!! Está aqui tudo o que Abril dá. Adorei as fotografias!

Parabéns, amigo Duarte e obrigada.

Besitos.

tulipa dijo...


Era Abril e captaste tantos belos momentos.
Também EU ADORO captar a Natureza em todo o seu esplendor.

Nasci em Abril e gosto do meu mês e daquilo que nasce em Abril, é o desabrochar da VIDA.
Mas também vejo muita neve e tudo branco nas tuas imagens.

Convido-te a vires espreitar o meu passeio de sábado passado,
http://tempolivremundo.blogspot.com/

não ontem,
porque ontem fui fazer outro passeio, só que ainda não tive tempo de mostrar por onde andei.

Convido-te a veres um outro lado do oriente
aqui:
http://momentos-perfeitos.blogspot.com/

Tudo o que mostro nos meus blogues são fotos de minha autoria, daquilo que consigo captar com o meu OLHAR

E é tão bom quando os Amigos nos visitam e deixam palavras de carinho e apoio.

Espero a tua visita, Joaquin.
BOM Domingo, Tulipa

Elvira Carvalho dijo...

Lindas fotos amigo. A natureza é mesmo um regalo para os olhos.
Adorei ver as flores mas também a neve sobre os ramos. Lembrou-me o Natal.
Um abraço e bom domingo



Abraço também para a esposa e para os outros amigos.

Graça Pires dijo...

Maravilhosas fotografias partilhadas "para deleite daqueles que amam a natureza no seu estado mais puro". Obrigada.
Uma boa semana.
Um beijo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro dijo...

A natureza em todo seu esplendor!
Bonitas imagens.
Abraço

Olhar d'Ouro - bLoG
Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

Duarte dijo...

Francisco manuel,
assim é, o que me apaixona e fico maravilhado ante cada exemplar e, obviamente. obrigado a disparar.
Um grande abraço

rendadebilros dijo...

Esta Primavera está um tanto estranha. No entanto, sempre nos espanta com flores maravilhosas. Quando captadas com sensibilidade, ganham mais valor! Abraço e bem haja pelas palavras de ânimo. Está tudo a correr bem. Grande abraço,

Duarte dijo...

Siro,
com o tempo vai-se adquirindo essa maneira de ver as coisas, pois existem outras perspectivas. Sim, pondo nisso sensibilidade e outra forma de admirar as coisas.
Faz-me feliz saber que é do teu agrado, amigo poeta.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Sandra,
que sensibilidad la tuya!
Lo mismo he pensado yo, retirarme unos días, pero con una buena calefacción, para meditar y escribir.
Besitos, amiga mía.

Duarte dijo...

Zé,
saí duas manhãs a fazer esse percurso, o mais próximo a Ordino. Entre a paz reinante, o sussurro dos riachos, o cantos das aves, que não se deixam fotografar, mas a neve sim. Fascinante!!!
Abraços de vida, querida amiga.

manuela barroso dijo...

Coisa mais linda , a pureza da natureza quando ela se dá a conhecer sem que o homem a ordene ! Além da beleza variada que nos ofereces , está a arte do ângulo da fotografia onde mergulhamos , levados pela insistência da neve e a alegria dos botões a despontar . Grande sensibilidade a tua , e grande sorte por poderes usufruir de tanto encanto
E como gostei , meu caríssimo Joaquim Duarte!
Bezitos 😘

Duarte dijo...

Graça Sampaio,
bonita, bonita, bonita, pelas palavras de alento, pois são as que ajudam a superar-se.
Besitos te dejo...

Duarte dijo...

Tulipa,
um bom mês para nascer, como a minha irmã.
O mesmo me passa a mim, gosto de fotografar e exponho só aquilo que faço e vejo.
Passo a ver-te sempre que posso e gosto desse olhar teu.
Beijinhos

Duarte dijo...

Elvira,
gustamos de Andorra e vamos com certa frequência, e sempre há neve. No verão menos, como é evidente.
Sim, parece sempre Natal, mais ainda para os estamos na Península Ibérica.
As paisagens são autênticos postais pela sua beleza.
Muitos beijinhos.

Duarte dijo...

Graça Pires,
Obrigado, querida amiga, pois assim é, e ademais não se queixa se o perfil não é o adequado.
Um grande abraço para uma feliz semana.

Duarte dijo...

Rui Pires,
como se nota que o amigo sabe destas habilidades.
Agradecido quedo.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Rendadebilros,
uma boa noticia que me satisfaz incremente.
Eu aqui, como tu lá, expomos aquilo que percebemos e sentimos.
Abraços de vida.

Duarte dijo...

Manuela Barroso,
fico feliz com isso, foi feito com essa intenção e se o consegui... encantado da vida.
Tu sim, mulher de grande sensibilidade.
Abraços de vida, querida amiga

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Me acuerdo de nuestras correrías por los jardines de rosas de Viveros y veo que cada vez profundices mas en tus artículos.Un amigo tan profundo no es fácil de encontrar en este mundo de egoïsmos.
Hasta la tarde amigo y ya nos contaremos cosas. Este seminario me hace mucha ilusión. Beijihnos Diny.

Manuel A Lopes dijo...

Um poema feito com fotografias. Parabéns Joaquim por mais um excelente trabalho. Um abraço

Duarte dijo...

Diny,
voy aprendiendo, mas muy lentamente.
Por fin nos vimos. No ha estado mal la charla, algo hemos aprendido.
Beijinhos, amiga.

Duarte dijo...

Manel,
tu escreves melhor. Com a câmara lá vou fazendo coisas.
Abraço

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Espero alguna vez estgas bellezas naturales, porque mis viajes a Andorra me he limitado exclusivamente en lo deportivo y veo que me he perdido mucho.
Canillo no es justamente un ejemplo de belleza fuera de la época de la nieve
y lo bonito que había que era el paso del río por medio del pueblo lo han tapado para las obras de las turistas y lo que se puede pasear libremente está muy descuidado y peligroso.Ciao amigo.

Duarte dijo...

Diny,
tan sólo te tienes que decidir a volver y no solamente a patinar.
Son muchos los encantos que posee Andorra pero Canillo está en la carretera y lo único que destaca es la iglesia a la salida de la población. La otra, más arriba del pabellón de patinaje, es más moderna.
Beijinhos, amiga mía.