martes, 30 de noviembre de 2021

CASTILLO DE BELMONTE


Está situado en la población de Belmonte en la Provincia de Cuenca.


El Castillo fue restaurado y convertido en museo y lugar de celebración de eventos, lo que nos permite visitarlo en profundidad, apreciando su origen gótico con elementos mudejares y platerescos.

Fue reformado en el siglo XIX por encargo de Eugenia de Montijo, emperatriz de Francia.








En 1398 el rey Enrique III de Castilla (1390-1406) dona la villa de Belmonte a Juan Fernández Pacheco oriundo de Santarém (Portugal) que se convierte en el I señor de Belmonte.


El castillo fue construido entre 1456 y 1472 (siglo XV) por Juan Pacheco El primer Marqués de Villena y III Señor de Belmonte. Es obra gótica-mudejar del maestro Hanequín de Bruselas fallecido en Toledo en 1494.













El marqués de Villena, Juan Pacheco, cedió en 1467 el castillo inacabado, a su hijo Diego López Pacheco segundo marqués de Villena. Este al apoyar el bando de la hija de Enrique IV (Juana la Beltraneja) perdió temporalmente la propiedad del castillo. Poco tiempo después, la ya reina Isabel la Católica le devolvió sus propriedades. 











Este período fue de gran compenetración entre España y Portugal, y en el cual se han registrado várias bodas. La de Alfonso V de Portugal com Juana. Posteriormente la de Juan II com la misma dama al falecer su padre. Por fin la de Manuel I com uma hija de Isabel. Todo esto sin dejar de existir enfrentamentos bélicos entre ambos Países por intreseses creados. 





















En el siglo XIX la propiedad del castillo la ostentaba el condado de Montijo. Eugenia de Montijo (esposa del emperador de Francia Napoleón III) encargó al arquitecto español Alejandro Sureda la rehabilitación del castillo siguiendo esquemas franceses en la restauración. 












En 1932 fue declarado Monumento Nacional 






21 comentarios:

Pedro Coimbra dijo...

É muito bonito e está muito bem preservado.
Abraço

São dijo...

Como sempre , ficamos com uma ideia muito completa do monumento.

Grato abraço , amigo mio.

Elvira Carvalho dijo...

Obrigado pela visita que nos proporcionou a este belo e muito bem conservado castelo medieval.
Um abraço para todos os amigos e os meus desejos de que estejam bem.
Abraço especial para si e sua bonita esposa.

Sandra Figueroa dijo...

Bello recorrido por tus imágenes amigo Joaquin, desde acá te deseo lo mejor hoy y siempre, gracias por estar cerca. Saludos.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Um belo castelo que merece uma visita.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Duarte dijo...

Pedro,
sempre teve o apoio da corte ou dos nobres, até hoje, já como museu.
Sim, está bem conservado em todos os aspectos.
Forte abraço

Duarte dijo...

São,
tu, que és uma grande viageira, não deves deixar de ir até Cuenca, embeber-te dos seus encantos e dar uma saltinho a Belmonte que está perto.
Besitos, amiga mía.

Duarte dijo...

Elvira,
para mim é um prazer poder divulgar estas maravilhas que vou conhecendo.
Todas as semanas falamos de ti e do bem que narras as tuas obras.
Um abraço no nome de todos.
De nós, como sempre, um forte abraço e todo o nosso carinho.

Justine dijo...

Admiro Espanha pela capacidade de manter vivos e bem preservados os muito numerosos monumentos góticos, de que tanto gosto!
Este é mais um que apetece ir conhecer ao vivo, depois da "visita guiada" que me proporcionaste!
Abraços

Kalinka dijo...


Assim que vi BELMONTE ainda pensei que fosse cá de PORTUGAL
pois tbm temos um castelo em BELMONTE
MAS DEPOIS pelas imagens vi que não podia ser, temos que ir até
Cuenca, para o visitar
Mas com tão boa reportagem fotográfica feita por ti
está visto e apreciado!

Obrigada pela partilha
Lamento que continues a dizer que
"não consegues aceder aos meus blogues"
pois asseguro-te que mais ninguém se queixa e conseguem ver

é uma pena, pois gostaria de te ver por lá, beijos
BOM FIM SEMANA
Tulipa

Duarte dijo...

Sandra,
es todo un placer sentir tu presencia.
Los buenos amigos siempre están cerca, presentes.
Abrazo de vida y cuídate mucho

Majo Dutra dijo...

Maravilha, amigo!
Uma preciosidade restaurada com requinte e bom gosto.
Grata pela esmerada reportagem.
Continuação e um Dezembro feliz. Abraço.
~~~~~~

** L e n a ** dijo...


Castelo simplesmente lindíssimo,
tuas fotos nos trazem toda sua beleza Duarte
o que eu gosto é poder ver cada detalhe de tudo que se deve ver,
que só tu consegues nos dar

Beijinhos

Graça Pires dijo...

Um castelo muito bem restaurado e preservado. As fotografias e as suas explicações envolvem-nos. Obrigada por partilhar.
Uma boa semana com muita saúde.
Um beijo.

Duarte dijo...

Francisco Manuel,
está na estrada de Cáceres para Cuenca, com fácil acesso para ti. Vais gostar.
Grande abraço e continuação duma boa semana

Duarte dijo...

Zé,
quando possas vai, não só pelo castelo, que bem merece a pena, mas também pela região.
Um forte abraço de vida

Eugénio Tavares dijo...

Depois de ler o que já foi escrito, só posso dar os parabéns ao Estado espanhol, pois têm muito gosto na sua história e na preservação do seu rico património cultural!
Sem dúvida, um soberbo monumento, bem restaurado ao detalhe!
Adorei mais este excelente trabalho meu estimado amigo!

Duarte dijo...

Kalinka,
quando vieres para estes lados é uma peça digna de ser vista. Também pretendo ir algum dia ao nosso Belmonte.
Como já te indiquei várias vezes o problema existe. Talvez porque tenho um sistema com Google algo anticuado. Mas, usando outro navegador lá vou conseguindo ir até lá. Seguiré tentando.
Grande abraço

Duarte dijo...

Majo,
uma das razões de trazê-lo até aqui. Fiquei maravilhado.
São muitos os castelos que vou visitando, gosto de conhecer a sua história e observar a sua construção como defesa.
Digo o mesmo, continuação dum feliz Dezembro.
Abraço de vida

Duarte dijo...

Lena,
não me digas essa coisas que me emociono. Obrigado.
Faço-o porque considero que é digno de ser conhecido, como tudo aquilo que me contas no teu blog. Enriquece-nos!
Beijinhos, querida amiga.

Duarte dijo...

Graça Pires,
Tenho visto muitos castelos: gosto. Mas este efectivamente está muito bem conservado, incluidos móveis.
Saúde da boa e a desfrutar da vida.
Forte abraço