lunes, 4 de enero de 2016

DE GUDVANGEN A FLÁM


Gudvangen es cai una aldea. 
Sólo hay dos maneras de llegar hasta allí y ambas bastante pintorescas y espectaculares.
La primera es por uno de los tramos de carretera más empinados de Europa, la mítica Stalheimskleiva, que fue la que utilizamos desde Bergen.


















La salida la hicimos por Fiordo de Naeroy, Patrimonio de la Humanidad.
También por el de Aurlands, ambos de altísimas paredes verticales. 










Las gaviotas nos han acompañado casi todo el viaje...
Qué paisajes!




















Llegamos a Flám maravillados, sin imaginar lo que aún sos quedaba por contemplar... pero eso queda para la próxima entrada...








También he cogido estas flores para ti...


28 comentarios:

Elvira Carvalho dijo...

Que maravilha amigo. Muitíssimo obrigado pela partilha.
Um abraço

rendadebilros dijo...

Nenhuma das minhas "tomas" como bem lhes chama chegam "aos calcanhares" destas maravilhosas imagens. Eu lá procuro na rotina dos dias , encontrar outras perspectivas. Abraço. Bom Ano!

São dijo...

Lindissimo para ver, mas jamais viveria ali...

Bom 2016 , amigo meu

Majo dijo...

~ ~ ~
~~~~ Um lugar belo e fantástico!

~ Grata pelas tuas espetaculares fotos e reportagem.

Abraço amigo, com votos de boa saúde e disposição.

~~~ As flores são preciosas, Joaquin. ~~~
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Minha vida de campo dijo...

Que linda paisagem. Adorei essas nuvens, dando um ar de surreal.
Feliz 2016.

Duarte dijo...

Elvira,
como já disse noutra ocasião, está considerada a viagem más bela do mundo. Afirmo-o depois de a ter feito. Acabei maravilhado.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Rendadebilros,
tens fotografias muito bonitas, feitas com conhecimento técnicos. As últimas pelas terras do Douro, maravilhosas. Sim, são terras que se deixam fotografar e ademais são fotogénicas, como as que até aqui trouxe.
Fazes bem, cada dia aprendemos algo mais.
Um grande abraço

Duarte dijo...

São,
claro, fui em Julho e em muitos sitios estivemos a 4 graus centígrados.
Neste caso a poucos quilómetros de Bergen.
Besos

Lena dijo...

Qué paisajes !
à couper le souffle !
Os Wikings eram dali, aqueles barcos eram deles ?
Vamos esperar a proxima etapa...:)

Beijinhos Duarte

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Que frescura amigo eu senti através destas suas fotos.

Que maravilha de viagem que o amigo teve a felicidade de

realizar. Que paisagens tão maravilhosas. Obrigada pela

partilha.

Desejo que se encontre bem.

Abraço, amigo.

Irene Alves

Duarte dijo...

Majo,
se gostaste eu encantado.
Tudo aquilo é de grande beleza.
Beijinhos

Maria Rodrigues dijo...

Que paisagens maravilhosas.
Tenha um Bom Ano meu amigo
Um abraço
MAria

Justine dijo...

Que fotografias especiais, Duarte! Mostram, entre outras coisas, como te encantou esta viagem!
(nós partimos na 2ª-feira para o calor, falamos no fim do mês...)
Beijo

tulipa dijo...


Olá Duarte

Obrigado pela partilha - conheço perfeitamente este percurso
pois já o fiz,
no entanto é sempre bom rever as imagens de PAISAGENS TÃO BELAS.

Comecei o ano a incentivar todos
para que pratiquem a terapia da GRATIDÃO:

Todos os dias agradeço
tudo que a Vida me deu,
mesmo quando não foi bem o que eu queria,
como aconteceu na 5ª feira passada,
aprendo que talvez o que eu queria,
não era bem o que Deus decidiu para mim,
e agradeci.

Visita o meu "Ano Sabático"
lá agradeço a ti e a todos

OBRIGADO A TODOS OS/AS AMIGOS/AS

Duarte dijo...

Minha vida de campo,
todo o conjunto, por momentos, produz essa sensação, mas de grande beleza.
Abraços

Duarte dijo...

Lena,
aquela zona era territorio Vikingo e, como bem dizes, esse é o tipo de barco que utilizavam.
Paisagens que convidam a sonhar, uma maravilha.
Falta o trajeto de comboio de Flám e dou por terminada a minha incursão por terras da Noruega.
Um grande abraço, querida amiga.

Duarte dijo...

Irene,
uma viagem para repetir, única, difícil de encontrar algo similar. Talvez por terras da Escocia, ou da Nova Zelândia, sem esquecer alguns pontos da costa Galega.
Estou bem, e desejo que tu também.
Abraços de vida, querida amiga

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
tudo aquilo é muito bonito. Uma viagem que aconselho.
Bom 2016 com um grande abraço

Duarte dijo...

Zé,
sim, foi uma viagem muito especial. Fazia parte dum dos meus grandes projectos que por fim pude concretizar.
Boa viagem e feliz estadia, aguardo que me contes coisas.
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Tulipa,
não há nada como ser agradecido, e mais ainda quando o que se recebe é bom.
Que sejas sempre muito feliz.
Abraços de vida

Existe Sempre Um Lugar dijo...

Boa tarde, bem...quem gosta de apreciar a maravilhosa natureza (meu caso) entende que na realidade é a melhor viagem, desfrutar de tanta beleza é o máximo, a sequência das belas fotos, revelam qualidade e beleza num todo.
AG

La Gata Coqueta dijo...

Todo un feliz y apasionante recuerdo que se quedara en la retina para siempre!!

Un cordial saludo amigo!!

Maro

manuela barroso dijo...

Dio Santo!!
Que maravilha de paraíso na terra , querido amigo !
Desde as nuvens que ligam terra e céu até ao conforto de que o ser humano precisa para se sentir feliz, está aqui tudo !
Belo, belíssima reportagem
Abraço fuerte , Duarte !

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Esta joya de naturaleza no había visto lo que lamento pero aún he llegado a tiempo para expresar mi agradecimiento por un artículo de esta hermosura y el buen conocimiento fotográfico del fotógrafa preferido mío. Beijihnos Diny.

Duarte dijo...

AG
o meu muito obrigado pelas palavras de consolo, isto ajuda a seguir.

Duarte dijo...

Maro,
muchas gracias, querida amiga, así ha sido, una maravilla!
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Manuela,
assim é, assim foi, uma viagem para repetir. Gostei imenso.
Abraço-te agradecido

Duarte dijo...

Diny,
tu que conoces estas latitudes sabes que no exagero, además las fotos lo confirman.
Creo que tan sólo superables cuando vayamos a tu Holanda del alma.
Beijinhos