miércoles, 30 de noviembre de 2016

A GRAÇA E A SENHORA DO MONTE


Atrás quedaron las tascas y los rincones
Con sabor a pasado y sus tradiciones.
Había mucha Lisboa por explorar!
Parábamos a cada instante para la contemplar.



Después vino a Graça, un mirador de elección
Y la iglesia convento tan fiel a su tradición.
Que vistas de Lisboa para enmarcar,
Como las que por allí vimos pintar.








 Un poco más arriba a Senhora do Monte,
Como en el fado, en aquella casa de la esquina.
Otros puntos de vista, desde esta colina,
Contraste de bellezas, que nadie lo cuente!





Subimos en el 28, como manda la tradición.
Se hizo esperar, lo que es habitual
Por lo mal que se circula, como un ritual,
De conductores que no respectan la circulación.



... y se hizo noche...

24 comentarios:

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Mais uma bela reportagem da v/vinda a Lisboa.
Boas fotos amigo. Lisboa é bonita em qualquer bairro.
Desejando que estejam bem.
Bjs.
Irene Alves

Elvira Carvalho dijo...

Mais uma pouquinho da vossa visita a Lisboa. Fotografias de excelente qualidade e belos enquadramentos. Lisboa é uma cidade muito bonita.
Abraço para vós.

María Perlada dijo...

Muy bellas las imágenes, amigo Duarte, me han encantado.

Gracias por hacernos disfrutar de tanta belleza, siempre.

Besos.

Justine dijo...

Olha a "minha" zona de Lisboa! que bem a fotografaste, Duarte!
E a última fotografia está espantosa, estou invejosa, gostaria de ter sido eu a fazê-la:)))))
Um abracinho

Franziska dijo...

Imágenes llenas de luz y belleza, ha sido un placer este paseo por Lisboa y es muy interesante la ruta del coche de ferrocarril. Todo muy bonito e interesante recorrido- Gracias por compartirlo. Saludos cordiales. Franziska

Duarte dijo...

Irene,
essa é a minha intenção, mostrar as belezas que Ela tem.
Mesmo assim, por mais que me esforcei, não o consegui. Lisboa é uma cidade sem igual, incomparável, única, bela em todos os sentidos; até o antigo é belo!
Estamos bem e é o mesmo que vos desejamos.
Abraços de vida, querida amiga.

Duarte dijo...

Elvira,
não me canso de o dizer, ademáis pudeste comprovar o que lhes transmitia aos meus amigos, durante o breve momento em que pudemos disfrutar da tua tão agradável companhia: INOLVIDÁVEL!!!
Esforcei-me em fazer o melhor, como bem sabes.
Um grande abraço, querida amiga

Duarte dijo...

María,
amiga mía, son las bellezas que Lisboa tiene.
Has estado en Lisboa?
Muchos besos

Lena dijo...

Mais um belo passeio, belas fotos
por sitios que não conhecia...

Beijinhos Duarte

rendadebilros dijo...

Que fantástica viagem, com quadras a acompanhar, uma autêntica delícia! As fotos sempre elucidativas e maravilhosas! ( O automóvel incendiou-se devido a um curto-circuito. Foi tudo muito rápido. Não houve feridos. Só que o carro, mal se incendiou começou a "andar " sozinho", podia ter sido perigoso. Entretanto, chegaram os bombeiros e ficou tudo resolvido, quer dizer, o dono do carro, ficou sem carro e sem documentos!) Abraço.

Duarte dijo...

Zé,
tudo saiu bordado excepto o não poder ver-te.
Aqui estivemos contigo e com os meus netos, tomando algo e conversando... que bom! Eram outros tempos!
É questão de sair à noite, ajuda a conseguir estes fins. Tua é.
Abraços de vida, querida amiga.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Uma bela reportagem fotográfica, gostei bastante.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

Duarte dijo...

Franzisca,
Lisboa es atractiva, y los tranvias, "carros eléctricos", aún la hacen mucho más.
Seguiremos paseando juntos, si no ate importa.
Saludos cordiales

Duarte dijo...

Lena,
encantado estou de que sigamos dando passeios juntos.
Esta Mouraria não tem fim, são assim de atractivas as ruas e recantos da nossa Lisboa.
Tenho mais Lisboa para ver juntos...
Um grande abraço

Duarte dijo...

Rendadebilros,
arrepiante, que susto!
Ainda bem que tudo saiu bem e não passou dum susto.
Obrigado pela narração dos feitos. Também pelas palavras amigas de afecto.
Abraços de vida, querida amiga

Vicente dijo...

Ya tengo ganas de viajar como tu lo haces.
Excelentes fotos.
Abrazo

Vicente dijo...

Amigo, para que me conozcan...

Maria Rodrigues dijo...

Mais uma magnifica reportagem fotográfica da minha linda Cidade.
Beijinhos
Maria

Majo Dutra dijo...

Já andei a passear neste 'post', devo ter perdido o comentário...
Tens um jeito muito especial de enfocar o insólito e típico, talvez porque não é a tua cidade, mas deve ter havido o conselho do filho.
E, as legendas revelam o teu temperamento e fina sensibilidade poéticas,
Amigo, grata pelas tuas dádivas, deixo-te o meu abraço.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Duarte dijo...

Francisco Manuel,
agradecido quedo pela moral aportada nas tuas palavras.
Vou aprendendo de vós.
Um abraço e bom fim de semana

Duarte dijo...

Vicente,
tranquilo amigo que todo llega en esta vida.
Viajaremos juntos, verás como si, y haremos muchas fotos, todas buenas.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

Vicente,
Tu estrella brilla con luz propia...
Un abraço de atleta

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
uma cidade que amo. Sempre, e já são muitos anos!
Beijinhos

Duarte dijo...

Majo,
gostei, e muito, deste passeio contigo. Faremos mais!
Neste caso conheço mais Lisboa do que o meu filho.
Estive durante alguns anos a trabalhar em montagens na CRGE, de transformadores da minha empresa, Efacec.
Então deu para conhecer bem Lisboa, a Lisboa de então. Depois fui indo até lá com a família, ou com amigos, muitas vezes..
Obrigado amiga, isto ajuda a seguir.
Abraços de vida