jueves, 31 de agosto de 2017

SINAGOGA DE CÓRDOBA


Esta Sinagoga es la única en Andalucía y la tercera de las mejor conservadas de la época medieval de toda España.


 Está situada en el barrio de la Judería, en la calle de los Judíos.






Fue construida entre los años 1314 y 1315 según las inscripciones halladas en el edificio y sirvió de templo hasta la definitiva expulsión judía.



 A través del patio se accede a un pequeño vestíbulo. A la derecha de éste suben las escaleras que dan acceso a la zona femenina. Al frente se abre la estancia principal. De planta cuadrangular, se encuentra decorada con atauriques mudéjares. El muro que soporta la tribuna de las mujeres se abre con tres arcos ornamentados con yeserías de gran belleza.











En 1492 los judíos son expulsados, pasando a utilizarse el templo como hospital. Posteriormente fue la ermita de San Crispín y, por último, escuela infantil.
A finales del siglo XIX es declarada Monumento Nacional.


24 comentarios:

Elvira Carvalho dijo...

Obrigada por ter-me dado a conhecer este monumento. Não cheguei a ir a Córdova quando passei férias em Espanha, embora inicialmente o tivesse planeado para ver a Mesquita. Mas acabou não sendo possível.
Abraço para vós.

Graça Sampaio dijo...

Que maravilha, amigo Duarte!!

Beijinhos lusos...

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Um belo edifico com muita história para contar.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

manuela barroso dijo...

Ah , querido amigo , falas de Córdoba e a lembrança que tenho é de um dia de imenso calor ( na rua os termômetros marcavam 48 graus ) mas valeu a pena . Não conheci a sinagoga mas a mesquita de uma beleza fantástica . De resto , Espanha tem monumentos autênticos tesouros .
Desculpa a ausência , mas a ausência mas ainda ando em época de um relativo repouso .
Ah , e as sobremesas aqui ficam para adoçar a vida !
Abraços de vida !🙅🙅🙅😘😘😘

Duarte dijo...

Elvira,
toda Andaluzia merece uma visita prolongada, que é o que faço sempre que posso: vou-lhe dedicando tempo. Cordova é uma cidade monumental, em toda ela encontramos vestigios que nos deixam outras culturas, outras civilizações.
Cordova não é só a Mesquita, como vais vendo com o que por aqui vou deixando. Um passeio pelo bairro judeu é para dedicar-lhe muito tempo. E a beleza dos patios adornados de flores!
Quando possas, volta.
Abraços nossos, querida amiga

Justine dijo...

Duarte, finalmente um passeio teu por onde eu também já andei! Córdova é uma cidade onde nos apetece ficar, tantas as coisas belas para ver!
Como sempre, as tuas fotografias são invejáveis:)
Um abraço amigo

Maria Rodrigues dijo...

Interessante e belo monumento, excelentemente fotografado.
Um abraço
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco


Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Como ya sabes que me encanta la antigua historia he disfrutado como siempre de tu artículo sobre la Sinagoga de Córdoba. Ya que en estos momentos no pudo viajar lo menos disfruto de tus viajes y hermosas fotografías. Un abrazo Diny.

São dijo...

Grato abraço, amigo mio, por me dares a hipótese de voltar a entrar na sinagoga dessa cidade que eu gosto mesmo:Córdoba.

Besos y felicidades !

Duarte dijo...

Graça,
é um daqueles templos pouco vistos.
Ao passar pela manhã nem me pude aproximar à porta da entrada para pedir informação. Só ouvi que alguém dizia, à tarde a entrada é mais fácil. Aquele espaço estava saturado de gente.
Assim foi, passei pela tarde e pude fazer a visita com certa normalidade.
Besitos desde esta Valência del Cid

Duarte dijo...

Francisco,
aquilo que quase sempre encontramos naqueles edificios que estão carregados de historia e que nos agrada reter, por isso fotografamos.
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

Manuela,
assim é, querida amiga, dizer Cordova significa calor. Nesse dia também tivemos calor, mas suportável: estávamos em Abril.
Sempre vale a pena, entre ruas e casas, as flores.
Estão muito perto. Bom, aqui tudo está perto, mas também convém conhecer a cidade com um bom mapa. Na primeira vez que por lá andei tampouco encontrei a Sinagoga. Entre tantas ruas estreitas, quase labirínticas, até podemos perder-nos...
Mas que sobremesas as tuas!...
Abraços de vida

Duarte dijo...

Zé,
o único negativo, o calor. Era Abril e o calor era notorio. Mas compensa toda aquela ARTE!
Vamos indo até lá e tentado chegar mais além do já visto: há tanto por descubrir numa cidade assim!
Vou tentando aprender...
Muchos besos

Duarte dijo...

Maria,
faltou espaço sendo a hora ideal.
Obrigado pelo apoio.
Beijinhos

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras dijo...

Mais uma peça da fantástica arquitetura ibérica. Amo as arquiteturas locais, e me tocam mais ao coração, as portuguesas como se fossem uma impressão digital de meus ancestrais em que remete-me aos antigos obreiros, artífices e mestres do início da maçonaria em que o mosteiro de Belém (Jerónimos) é meu xodó. Parabéns, Duarte! Grato pela partilha e meu abraço fraterno, amigo! Laerte.

Mariazita dijo...

Visitei Córdoba há muitossssss anos, tantos que pouco me lembro do que vi...
Está na altura de a revisitar... e recordar as belas imagens com que nos presenteias.

Obrigada pelas boas vindas, querido amigo Duarte.

Votos de uma boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Anajá Schmitz dijo...

Olá, tudo bem?
Que riqueza de detalhes, adorei essa bela construção.
Tenha uma ótima semana.

Duarte dijo...

Diny,
ya lo harás, aún te quedan muchos años para disfrutar.
Se ha sido de tu agrado, yo tan feliz.
Abrazos de vida, querida amiga

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Córdoba gostei muito de lá ter estado.

Gostei do que visitei.

Gostei da sua reportagem/partilha.

Um abraço

Irene Alves

Duarte dijo...

São,
para quem tanto viaja como tu não é de estranhar.
Aunado vens por Valência?
Bom Domingo com um forte abraço

Duarte dijo...

Siro,
por terras da Andaluzia podem-se ver imensas obras de distintas culturas, esta é única.
Um grande abraço para um bom Domingo

Duarte dijo...

Mariazita,
fazes bem, vais ser surpreendida. Tudo mudou, e muito. Monumentos restaurados e beleza por todos lados.
Já me contarás.
Beijinhos

Duarte dijo...

Anajá,
sim, tudo bem e mais ainda quando regresso de ver as maravilhas que nos cozinhas e em que ambiente tão extraordinario.
Beijinhos para um bom Domingo

Duarte dijo...

Irene,
também gostei, por isso volto. Mata, o calor, e é preciso eleger bem as datas.
Abraços de vida, querida amiga