lunes, 12 de enero de 2009

REFLEXOS DE ILUSÕES



Se existisse uma época do ano, em que os reflexos se transformam em ilusões, posso afirmar que vivi esse momento: cálido e breve, mas intenso.

Previa!
Mas fiquei muito aquém.
Fortes emoções,
das que fazem vibrar,
empalidecem ou ruborizam,
pelos mimos, afagos e abraços
de boa amizade;
Aqueles sorrisos
inolvidáveis, perenes,
fizeram presa em mim.
Soou o telefone, surpresa!
Palavras que se cruzam.
Melodias desconhecidas,
mas lindas! Formosas.
Nem o frio travou iniciativas.
Geadas que há muito não via.
Morrinha que molhou.




Senti-me ANAcarar
na amabilidade feita pessoa,
ante gestos femininos de bondade.
UM AR DE beleza,
Fez que o Majestic fosse diferente:
palavras envolventes,
esboços de sincera amizade.
Como, uMa nesga De SOL de inverno
dum meio dia mesmo pálido,
provocou-me suores frios,
como se uma TINTA AZUL,
inundasse as minhas veias.
Rodeava-nos a cultura
como o fluir da palavra;
afectos, surpresas, sabores,
embebidos em rasgos de beleza,
afabilidade e carinho.
Tive que mudar de rumo,
encarar terras do sul.




JUSTIficava-o, NEssa
terra de castelos e oração,
a calidez dum abraço.
E um guarda chuva de aconchego,
gentileza, saberes e elegância.
Que, com bom comer,
alentaram ao peregrino.
Esperava-o a Capital do Reino,
num dia de chuvas constantes,
a ritmo de fado.
Belém e o Tejo,
sem MARIAto Me encontrei
com o sorriso por excelência,
amabilidade e ternura, roborizam.
Para repetir e perdurar.




Fui muito feliz. A culpa disso teve-a este ramilhete de belas flores que me acompanharam por além, o trevo de seis folhas que busquei e, que neste caso, encontrei. Um muito obrigado a todas por permitir desvelar o enigma.
Um grande abraço e muitos beijinhos dum amor fraternal que espero ganhe forma para uma eterna amizade.

72 comentarios:

Juani lopes dijo...

Realmente hoy tengo envidia sana de ti, por esos momentos tan bonitos y llenos de amistad que vivistes en nuestra tierra. Ojala yo pueda algun dia poderlos vivir y poder estrechar aun mas esos lazos nacidos en la red y conocer personalmente ha todas estas flores
que forman un ramo tan bonito y especial
saluditos

Duarte dijo...

Juani.
todas, sin excepción, han enviado palabras de afecto para ti, tal y como te notifiqué oportunamente.
Repetiremos. Lo bonito hasta seria que nos reuniéramos todos, da igual donde, lo bueno y lo bello es la armonía y una sana amistad.
Un gran abrazo

Vieira Calado dijo...

Olá, amigo!

Então, e como me fala do frio logo em primeira página, como vai isso por aí?

Será que as iluminações natalícias aqueceram o ambiente?

Espero bem que sim.

Aqui fica um abraço meu.

Duarte dijo...

Vieira Calado,
frio, muito frio. Por Chaves e em Puebla de Sanabria a temperatura foi constante ao redor dos cinco graus negativos, aparte do denso nevoeiro em alguns sítios, e outras adversidades.
Um forte abraço

mdsol dijo...

Lindo e muito sentido. Tal e qual o Porto do Rui Veloso!
Um abraço
:)))))))))))

Lulu... dijo...

Hola!!
Presiossas fotos acompañadas de tan hermosas palabras, me hace feliz verte feliz!
Un beso
Y abrigate bien!!!!

Tinta Azul dijo...

Caro Duarte,
Tão bonito o que escreveste!
Com toda a certeza tudo é recíproco!

Abraços
:)

Justine dijo...

Duarte, no teu jogo de palavras hábil e sentido está toda a profundida dos afectos verdadeiros. Pois não é uma das coisas essenciais da vida fazer amizades? E depois cuidar delas, para que cresçam?
Então vamos a isso, com Juani a ajudar à festa:))

PoesiaMGD dijo...

Gostei deste passeio pelas suas páginas!
Abraço

Duarte dijo...

mdsol,
imaginava, e até suponha, encontrar pessoas imensas, mas a realidade superou tudo.
Gostei, do modo tão eficaz como dirigiste o interrogatório e a franqueza dos teus comentários.

Abraços sentidos

Duarte dijo...

Lulu,
Gracias, solamente exteriorizo aquello que siento y es grato poder creer en que la buena amistad existe.
Agradezco tus cuidados y te compenso con abrazo

Duarte dijo...

Tinta azul,
se o expressas com essa contundência acredito. Agora já te olhei nos olhos. Aqueles braços abertos, num rosto tão expressivo, uns cabelos certamente musicais, dum corpo aparentemente frágil, expressam muita ternura: senti-a!

Abraços de boa amizade

Duarte dijo...

Justine,
contar com um bom amigo é difícil, e mais ainda com uma boa amiga como tu. Conseguiste emocionar-me com as tuas palavras, o que significa que começas a conhecer-me melhor, o que agradeço infinitamente.
Sou de lágrima fácil e conseguistes com as vossas palavras que isso acontecesse, só faltou que rematasses e, obviamente, aconteceu: sou feliz por ser assim.
Inolvidável o breve passeio debaixo daquela chuva incessante e a ternura na tua conduta.
Um grande abraço pleno de afecto, é o que me inspiras.

Duarte dijo...

poesiaMGD,
satisfaz-me saber que assim foi, volta sempre.
Abraços

Lena dijo...

Lindo passeio esse Duarte que nos fazes aqui reviver..
um passeio cheio de emoções..

Um beijo

Sara dijo...

Muy agradecida por tus siempre cariñosos comentarios en mi blog, en mis momentosdecisivos, veo que tú también has vivido momentosdecisivos y entrañables en tu tierra, en esta época, me alegro mucho, se muy feliz y disfruta mucho de la vida.
Abrazotes

Duarte dijo...

Lena,
que longe estás!
Espero que um dia, todos os que nos relacionamos num abraço de amizade e compreensão, cheguemos a poder fazê-lo fisicamente: é bonito!
Beijos

Ana dijo...

Que sejas muito bem aparecido, de volta a este espaço que já nos habituámos a visitar.
Bonitas fotos, como de costume e a gentileza de sempre, feita poesia.
A Amizade é um dos valores que não devemos deixar apagar-se.
Mesmo que seja apenas virtual.
É um laço que une pessoas afastadas pela distância geográfica.

Um abraço para ti, Amigo.

Duarte dijo...

Sara,
eres una persona encantadora y solamente inspiras ternura. Te gusta el deporte de risco, te considero una luchadora, sigue esa senda, es el buen camino.
Deseo que seas muy feliz.
Recibe todo mi afecto en un fuerte abrazo

Rosa dos Ventos dijo...

O Porto merece todos os jogos de palavras, sobretudo quando feitos com criatividade e sensibilidde!

Abraço

Maria Jesús dijo...

Com siempre, visitar tu blog es llenarse de bellas palabras y disfrutar de lindas imágenes que nos transportan a un mundo mejor

Duarte dijo...

Ana,
gosto do teu sentir já que concorda com meu.
Sensibilidade embrulhada em palavras aveludadas para definir amizade e que me impulsa a dizer-te que te considero minha amiga.
Abraços carregados de afecto

Duarte dijo...

Rosa dos Ventos,
está claro que não quereis que deixe de limpar essa gota que se assoma pelo canto dos olhos...
Obrigado.
Abraços

Duarte dijo...

María Jesús,
mira quien habla, si eres tu que me transporta a un mundo donde todo é bello y armonioso, casi siempre, a ese mundo mejor.
Besos de afecto

mariam dijo...

Duarte,

voltaste a esta tua casa, tão especial! que bom! belas as palavras, lindas as imagens...
um post de luxo; rico, muito rico mesmo, porque de AMIZADE, EMOÇÃO e AFECTOS feito. Acredita na reciprocidade.

um grande abraço e o meu sorriso :)
mariam

Duarte dijo...

Mariam,
só com olhar para os teus olhos já encontro essa reciprocidade. Sorrisos e olhares que não enganam.

Agradeço esse franco sorriso que te ilumina o rosto

Um grande abraço e uma meiguice

São dijo...

O post está belo e rico, claro!
E Lisbo é sempre linda!
Beijinhos, a montes.

Navegar é preciso.. dijo...

Duarte,

Hoje fui apresentada ao seu blog.
Parabéns! Lindos Posts!

Duarte dijo...

São,
concordo contigo, Lisboa e o Porto são sempre lindos, independentemente da época do ano, cidades para ler com os pés.
Abraços plenos de afecto

Duarte dijo...

Navegar é preciso,
Olá! Vejo que foi uma feliz apresentação, já que as palavras são afectivas. O meu muito obrigado. Aparece sempre que queiras serás bem-vinda.
Reconhecido

AnaPacheco dijo...

"Senti-me ANAcarar
na amabilidade feita pessoa,
ante gestos femininos de bondade.
UM AR DE beleza,"

cof cof cof ... estou emocionada :)
Obrigada Duarteeeeee. Escreveu a dedicar à minha pessoa? OBRIGADAAAA!
Muito bonito o seu poema. Uma boa forma de contar e recontar as suas aventuras por terra portuguesas. E as castanhas olhe, lá ficaram por comer :(
Bjocassss

Claudinha ੴ dijo...

Belas palavras e belas imagens. Lembrei de vovô :"O Tejo é o rio mais bonito porque ele é o rio que banha minha aldeia". Que Natal lindo e cheio de luz.
Li aqui uma expressão que há muito não via ou ouvia: morrinhas. Meu avô falava muito isto.
Adorei a canção e as coisas européias (que um dia ainda vou conhecer!).

Beijo!

Duarte dijo...

A menina não tinha que mencionar as castanhas...
Vim sem comer castanhas, pois se não é contigo não as comerei.
Uma amiga como tu, feita bondade, não podia ser excluída daquilo que fiz como homenagem aquelas pessoas que tornaram o passo pela minha terra em momentos de felicidade, a que me deram.
:)))
Obrigado outra vez, e lamento que te tenhas posto doentinha impossibilitando o que tínhamos preparado.

Um grande abraço pleno de carinho

Duarte dijo...

Claro que sim, terei imenso gosto em poder mostrar-te aquilo que reténs com o sabor da infância que despertaram em ti as palavras do teu vovô.
Existe muito mundo por e para conhecer, mas só existe um belo jardim à beira mar plantado, e outros que se parecem.
Morrinha no Porto muitos dias seguidos, bom, em quase todo o norte costeiro, noroeste de Portugal.
Aqui te espero.

Um grande abraço pleno de afecto

poetaeusou . . . dijo...

*
são os caminhos
retratos de arte
do País real,
soam os sinos
saúdam o Duarte
cantam Portugal
,
um abraço
,
*

um Ar de dijo...

Só não vim mais cedo, aqui..., porque não tenho conseguido um tempo despreocupado para espreitar...
Também fiquei comovida, sim!
O post está lindíssimo, as palavras..., nem se fala!
Um beijo muito grande para ti.
Também foi muito bom conhecer-te, assim, ao vivo!
[...@]

Duarte dijo...

Zé,
Sinto-me feliz ao ver-te por aqui.

A tua gentileza entoada assim.
Com o dom da palavra que tens,
Faz-me sentir um telim,
o que agradeço com parabéns.

Abraços sentidos

Duarte dijo...

Um Ar de,
Começava a preocupar-me, mesmo sabendo como andas de ocupada.
É um grande prazer notar que vens até aqui.
Agora já sei a quem me dirijo.
Regressei carregado de boas vibrações ao concretizar ilusões vividas com emoção.
Beijinhos e um grande abraço.

Maria Jesús dijo...

Vengo a llenarme de tu idioma y de esos bellos parajes de tu tierra que, con cada una de tus palabras, nos estás enseñando a amar. Las fotografías son una belleza. Sabes que adoro tu blog. La música es dulce y envolvente.

um Ar de dijo...

Olá Duarte,
Acho que não reconheceste o lugar:)
Normalmente, tal como no dia em que tirei as fotos, é "lugar de exposições"...
São detalhes do interior e exterior do Museu de Arte Contemporânea [Museu de Serralves", ao lado da Casa com o mesmo nome.
O novo edifício foi "desenhado" pelo arq. Siza Vieira... enfim.
Finalmente, antes de acabar, fomos ver uma retrospectiva de Juan Muñoz, que nasceu em Palma de Maiorca e estudou em Madrid!!!:)
.
[Um beijo...@]

Duarte dijo...

María Jesús,
me emocionaste con tus palabras, soy de lágrima fácil y lo que expresas cala muy hondo. Gracias querida amiga.
Eres un ser encantador...
Besos

Duarte dijo...

um Ar de,
Conheço Serralves, mas não o reconheci, talvez o efeito luz sombras. Já lá estive várias vezes, ainda não me cansei de lá ir. Reconheço que Álvaro Siza Vieira fez aqui da arquitectura uma obra de arte.
Gosto muito das vistas da casa para os jardins que levam ao lago. Assim como do prado. Até a entrada com aquelas árvores tão imensas!
Agradeço as fotos que me mandas. Não conheço a Juan Muñoz. Imagens agressivas, de circenses a acrobáticas, impressionante! Gosto das vistas para o jardim...
Obrigado por todo.
Abraços

Carla Silva e Cunha dijo...

nao conheço mas fiquei com vontade

Amapola dijo...

Te agradecería a tí a cuant@s pasan por tu blog entréis en este blog y apoyéis .
http://justiciaparamaores.blogspot.com/
MUCHAS GRACIAS

Duarte dijo...

Carla,
aparece sempre que queiras. Expressa-te para que se possa concretizar e se cumpra a tua vontade.
Beijinhos

Duarte dijo...

Amapola,
aquí queda tu solicitud.
Ojalá se logren los fines.
Saludos

Dois Rios dijo...

Querido Duarte,

A amizade é para aqueles, como você, que sabem trocar afetos e dividir o coração. É esse sentimento de amor que deixa a alma numa eterna sensação de verão.

Um terno beijo,

Inês

Rodolfo N dijo...

Amigo me hago eco de tu alegría, y te reitero mi felicitación por el buen gusto de la crónica y las imágenes que nos haces participar.
Un abrazo, amigo, y muy feliz año!

Abuela Ciber dijo...

Hermosas palabras y sentires

La musica y sus tonalidades son un sueño para revivir!!!!

Agradezco las visitas al blog y las palabras dejadas con tanto cariño

Abrazos!!!!!!

Duarte dijo...

Inês,
que bem que te expressas! As tuas palavras convidam à reflexão.
Tenho como lema fazer bons amigos, por isso quase sempre sou exigente comigo mesmo, pois um amigo é algo que se pode eleger e, se é amigo, deve existir esse grau de tolerância que é vedado a outros.
Sou afectivo e semeio amor fraternal por donde passo.

Um grande abraço de gratidão

Duarte dijo...

Rodolfo N,
Lo que lamento é no poder desplazarme con la misma facilidad a tu tierra, pero pienso poder hacerlo algún día para poder darte un fuerte abrazo.
Que tengas un buen año.

Duarte dijo...

Abuela Ciber,
aparece siempre, es muy grato verte por aquí.
Me satisface que sea de tu agrado.
Pasaré a verte.
Abrazos

gaivota dijo...

passo a desejar-te um bom fim de semana e que este ano seja muito feliz, em paz e com muita saúde e alegria!
beijinhos

Alatriste dijo...

No pude entender el texto, pero me quedé con las imágenes y con el hecho de estar por aquí. Un abrazo.

Arabica dijo...

Duarte,


Já vi que além de coleccionares lápis, também gostas de reunir amigos e levá-los no coração.


Louvável e memorável.


Bom fim de semana.

Duarte dijo...

Gaivota,
fico contente ao ver-te por aqui. Que os teus desejos se concretizem, começando pelo dia 29 deste mês.
Para ti tudo o que de bom desejes, e que se concretize, sempre com saúde.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Alatriste,
Cuando leas algo por aquí que sea de tu agrado y no lo entiendas, me lo dices, y te lo mando en castellano.
Agradezco tu paso por mi casa, que sabes está a tu disposición.
Abrazos

Duarte dijo...

Arabica,
as tuas palavras causaram-me arrepios. Algo que há muito não sentia. São poucas as pessoas que sabem que faço colecção de lápis, quem es tu? Quem nos conhece?
Um amigo, se o é, vai apegado à minha alma até ao fim. Sou pessoa de fortes convicções. Não quero passar pela vida como mero transeunte.
Obrigado pelos qualificativos, desejo continuar a ser merecedor deles.
Surpreendido e agradecido
Bom fim de semana

Arabica dijo...

Duarte,


Em tempos visitaste um outro blog de que eu faço parte e foste tu, que lá deixaste essa inf. sobre a colecção :)


Nada de arrepios :)


Obrigada pela tua visita n Pequenas Doses e pelas palavras :)


Também detestaria ser uma mera transeunte da vida. Gosto de a viver e acreditar que o faço realmente.


Um beijo

Duarte dijo...

Arabica,
acredita, não me lembro.
Como tenho amigos recentes por Santarém, incluída a minha prima, fiquei a pensar nessa possibilidade. Bom, deixa lá, sigamos a nossa rota.
Os arreios são devidos a essa sensação de estranheza e inquietude, nada mais, até é bom.
Passarei a ser mais assíduo, já que gostei.
Estamos em igualdade de circunstancias, tento sacar o máximo proveito à vida.
Beijinhos

María dijo...

Momentos bellos y agradables que se viven en la vida, y que quedan grabados en nuestras mentes para siempre por ser recuerdos maravillosos, imágenes que perdurarán en la memoria sin que se olviden, sabores que saben a dulce y que llenan de vida, tierras de sol, de alegría, de bullicio, de encanto, tierras que hablan y que son ensueños.

Mil gracias por compartir tan bellas imágenes Duarte, mil gracias por seguir.

Un beso y feliz domingo.

Abuela Ciber dijo...

Gracias po tu visita que como siempre es muy enriquecedora.

Te diria que hermosos sueño si por una hora en el mundo los seres que tanto hablan y desean LA PAZ se concentraran en desearla sanamente, sin ningun tipo de interes economico ni revanchismos.

Recibe mi sincero afecto.

mariam dijo...

Duarte,

saudade. é bem portuguesa, realmente!

abraços e um sorriso :)
mariam

Duarte dijo...

María,
Me siento feliz por tenerte cerca, una amiga como tu es un tesoro que conviene cuidar celosamente.
Con tu empuje no tendré otra alternativa. Gracias por estar ahí.

Un gran abrazo y que la semana te sea placentera.

Duarte dijo...

Abuela Ciber,
poco puedo aportar pero me gusta opinar.
Hoy me siento un poco más feliz, pues parece que todo camina adecuadamente para una PAZ definitiva, ojalá que así sea, perdona que sea escéptico, pero esa zona del mundo belicosa.
Mucha hipocresía es lo que presiento.

Recibe todo mi afecto

Duarte dijo...

Mariam,
ver-te por aqui é bom sinal, quer dizer que estás melhor.

SAUDADE: ao estar longe da terra e meditar sobre esta palavra e o seu significado, já que nunca vi uma definição, criei a minha: a presença da ausência.

Um forte abraço e um ténue sorriso, até que me digas que estás totalmente bem.

São dijo...

Vim desejar-te feliz semana.
Gostei de ouvir o Rui.
Abrazo.

Duarte dijo...

São,
Que tenhas uma boa semana.
É certo, o Rui sempre agrada.
Beijos

Menina do Rio dijo...

Linda trajetória entre poema e imagens, Duarte!
Sem falar da musica que adoro ficar ouvindo...

Desejo que tenhas uma semana perfeita

Beijos

andorinha dijo...

Reflexos de amizade, belas fotos e palavras.
Fico feliz por teres sido feliz.

Obrigada pelos comentários no meu Livro. Consegues captar bem os estados de espírito, Duarte.
Um beijo para ti.

Duarte dijo...

Menina do Rio,
ao ter-te por aqui já o é.
Beijos

Duarte dijo...

Andorinha,
agradeço o tom que imprimes á palavra, o que me faz mais feliz ainda.
Quero que sejas muito feliz: faz por isso, consegui-lo-ás.

Beijinhos para ti