martes, 5 de julio de 2011

CARTUJA DEL ARA CHRISTI




La Cartuja de Ara Christi es un antiguo monasterio que albergó una comunidad de monjes cartujos hasta finales del S.XIX. Está declarada como "Bien de Interés Cultural", con la categoría de Monumento, por el propio Gobierno de Valencia. Fue edificada durante el año 1585 y a pasado por numerosos propietarios. A pesar de que a sufrido varios saqueos aún exhibe toda su nobleza a través de su iglesia y sus claustros.






Si disponemos de tiempo y queremos un poco de tranquilidad es recomendable dar un paseo por sus instalaciones, ya que transmite mucha paz y cuenta con un ambiente muy relajado que invita a la reflexión tanto en sus hermosos patios, capillas, claustros, como en sus dependencias o en su propia iglesia. Cabe destacar que existe la posibilidad de realizar visitas guiadas son los martes y miércoles (bajo cita previa).









Este imponente monumento alberga un importante complejo deportivo y hostelero. Sus salones se sitúan en antiguas dependencias de las que se ha conservado la estructura y ambiente originales, lo que hace que las bodas se conviertan en algo único. Actualmente es uno de los espacios más emblemáticos y singulares de la Comunidad Valenciana.






Es posible realizar visitas guiadas y ofrece parte de sus instalaciones para celebrar reuniones, conferencias, ruedas de prensa, bodas, banquetes, rodajes de cine, spots publicitarios, sesiones fotográficas etc. Todo ello mediante cita previa.








Para llegar hasta aquí lo recomendable es desplazarse en coche, pasando antes por el municipio al que pertenece, El Puig de Santa María. Desde el municipio debemos tomar la carretera vieja de Barcelona, ya que la Cartuja se encuentra en el kilómetro trece de la misma.





Dirección: Ctra. Vieja de Barcelona, Km. 13,30 - 46540 El Puig
Teléfono: +31 96 147 00 03

64 comentarios:

lita duarte dijo...

Duarte,
que belo lugar.
Belas fotos.

Um dia apareço por lá.:)

Bjos.

Maria dijo...

Belíssimas fotografias!
Obrigada, Duarte, pela sensibilidade.

Abraço.

Duarte dijo...

Lita,
conheço este monumento há muitos anos mas ainda não me tinha dedicado a vê-lo tão de perto.
Um sitio tranquilo e acolhedor
Aqui te espero.:))

Duarte dijo...

Maria,
é um imenso prazer sentir-te por perto...
Sou assim, amiga. Se te agrada, satisfaz-me. Tu, sim que o es, e muito!
Abraços

Bete M. Silva dijo...

Que belo lugar.

Bj.

Duarte dijo...

Bete,
é certo... ademais que paz!...
Beijinhos

Justine dijo...

Mais um encantador local que me fazes descobrir, com as tuas sensíveis fotografias e as palavras adequadas. Nem o endereço falta:))) - Já pensaste em fundares uma agência de viagens? Terias muito sucesso, tenho a certeza!
Beijo

Duarte dijo...

Justine,
querida amiga, tu, que me conheces bastante bem, sabes que sou empreendedor mas já não quero trabalhar mais, agora só quero desfrutar da companhia de bons amigos e daquilo que me possa proporcionar ilusão e prazer.
Sou inquieto, ainda não parei, e que siga assim, mas só me move o viver com ilusão, não o vil metal.
Nas aulas já me disseram para organizar viagens a Portugal, estive quase a realizar um, mas quando vi que alguém se queria aproveitar, retirei.me. Pode que, proximamente, algum se concretize, mas com uma selecção de pessoas, amigos.
Sabes que gosto do mundo da fotografia, como tu, ando a aprender...
Um grande abraço

OZNA-OZNA dijo...

infinitas gracias por hacernos participes de tan magna belleza, un besin muy grande de esta amiga admiradora.

Duarte dijo...

Ozna-Ozna,
aquello que me causa admiración es obvio que os lo divulgue en una acción de compartir lo bello.
Besos

Sara dijo...

Cá entre nós, Duarte, os monges sabiam bem como criar "lugares de paz". Normalmente, é esta a sensação que me invade quando entro em antigos mosteiros. O stress é convidado a ficar do lado de fora. Aqui por Braga, temos o Mosteiro de Tibães, de que gosto particularmente.
Obrigada por mais esta interessante sugestão!
Um grande abraço! :)

Duarte dijo...

Sara,
assim é. Pretendi, com as fotografias, dar uma imagem o mais real possível do sitio. Perto passa a antiga estrada de Barcelona, mas o mosteiro está suficientemente afastado para provocar esse distanciamento, essa reclusão.
Conheço o Mosteiro de Tibães e quero lá voltar. Soube da restauração e deve ter ficado lindo...
Um grande baraço :))

La Gata Coqueta dijo...


Vamos a celebrar el día de la amistad con unos días de adelanto...

Una de nuestras amigas fue quien lo inició hace unos días, y lo continuo con parte de sus regalos.

Más otro que yo he personalizado, pensando en ti, que lo encontrarás al final de los demás, con el que acompaño para que tengas variedad para compartir.

Los obsequios están en Mis caricias del alma, en la entrada subida con fecha de hoy.

Un abrazo de madreselvas para este fin de semana, que a través del aroma envuelven con ternura los sueños que anidan en los corazones...

María del Carmen

Rosa dos Ventos dijo...

Caro Duarte
Vir aqui é ficar mais sabedora ao conhecer estas maravilhas que nos mostras!

Abraço

Dois Rios dijo...

Querido amigo,

Para além das belezas que sempre vislumbramos através do seu delicado e requintado olhar, podemos ainda desfrutar de um minucioso guia virtual de primeiríssima linha: Horários, endereço, rota, descrição cuidadosa, propósito do local visitado, etc.

Sempre saio daqui com a exata impressão de que viajei na carona dos seus sensíveis olhos.

Obrigada!

Beijo,
Inês

Duarte dijo...

María del Carmen,
la amistad compartida es algo muy bello, por eso me uno a ello con fervor.
Hagamos que nuestra amistad se eternice con un gran abrazo...

Duarte dijo...

Rosa,
sendo assim, já que a tua forma de expressão convence, posso afirmar que me sinto compensado. Obrigado.
Abraços

Duarte dijo...

Inês,
querida amiga, deixo que o meu olhar se estenda na observação para lograr esse grado de satisfação por ti alcançado: passei a sentir-me compensado, e algo mais feliz.
Obrigado.:))

Um abraço imenso

Luís Coelho dijo...

Bom dia meu bom Amigo
Dado não ter tanto tempo, quanto seria necessário, para visitar todos os meus amigos e acompanhar os seus projectos e trabalhos, comecei por visitar primeiro os que me visitaram e só depois passo para o geral e aí vou seguindo conforme o tempo me permite.

Gostei desta visita guiada. Não conheço. Sei que nesses locais se encontra paz e que nos perdemos no tempo e na FÉ.

Em Évora existe um destes Mosteiros e ainda está activo. Deu uma reportagem na TV há relativamente pouco tempo. Este parece que é mais difícil de visitar.

No Bussaco também existe um outro forrado de cortiça. Não sei mais pormenores. Deste apenas tenho uma imagem visual e muito dispersa.

Duarte dijo...

Luis,
muito bom dia!
Encontros de saberes, que ilustram.
Este Mosteiro, mais bem cartuxa, há muito que está abandonado.
Há anos, sendo eu sócio do RACV, pensou-se em criar nos arredores um lugar de lazer e ao mesmo tempo inverter na restauração da Cartuxa. Nada acabou por chegar a bom termo. Posteriormente foi restaurado mas com outros fins: todo tipo de eventos, desde casamentos a reuniões. Agora parece ser que sim funciona. Por isso o complexo que é para lograr uma visita. Tem que vir um funcionário para abrir, ou assistir a um desses eventos.
Não conheço o de Évora, mas sim o do Buçaco, há anos consegui uma visita guiada. É dos Carmelitas Descalços. Está muito bem cuidado: é um convento! As paredes estão forradas de cortiça, como sabes um bom isolador dos sons e das diferenças térmicas: fresco para o verão e quentinho para o inverno. Está pegado ao Palace Hotel do Buçaco, então era tudo convento e mais tarde sitio de descaso real, de estilo neo-manuelino... uma maravilha! Além de tudo que o rodeia, como a Mata do Buçaco, Luso, etc.

Um grande abraço, bom amigo, e ilustra-me sempre.

carol dijo...

Deve ser bem bonito e deve estar muitíssimo bem aproveitado. Cá em Portugal nem sempre isso acontece.

Belas fotos!
Gracias.

Duarte dijo...

Carol,
um muito obrigado pela tua apreciação e elogios.
Reconheço que em Espanha as inversões em restauração são consideráveis.
Abraços

Poetiza dijo...

Joaquin, que bello paseo por La Cartuja, camino por tus letras y fotos reflexionando con el alma en paz. Un placer leer tan bello post. Besos, cuidate mucho amigo.

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Obtive um riquíssimo conhecimento
através deste seu post e do
comentário do Luís(também meu
amigo) e da sua resposta. Não
conheço os dois. É mais fácil vir
a conhecer o de Portugal.
As suas fotografias estão
excelentes.
Beijinho e que tudo esteja
bem consigo.
Irene

Duarte dijo...

Sandra,
tus palabras son portadoras de la sensibilidad que te caracteriza. Gracias amiga.
Un gran abrazo y cuidate mucho

Duarte dijo...

Irene,
não seria uma má ideia se nos reuníssemos, os amigos, em terras portuguesas, e noutra oportunidade em terras espanholas. Eu aponto-me já.
Sou inquieto, e ademais não quero parar. Alguém mais me segue?
Obrigado pelas palavras afectivas que me diriges.
Um grande baraço e saúde da boa

rendadebilros dijo...

Boa reportagem, o que já não é novidade nenhuma!!! Bom fim de semana.

rendadebilros dijo...

Boa reportagem, o que já não é novidade nenhuma!!! Bom fim de semana.

rendadebilros dijo...

Boa reportagem, o que já não é novidade nenhuma!!! Bom fim de semana.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
tão breve e tão concisa, ademais de contundente, que me deixaste meditando... Bom, obrigado, melhor assim, não?!
Bom fim de semana

María dijo...

Amigo Duarte:

Compartes en esta entrada una exposición de imágenes bellísimas, así como tus explicaciones, veo que es un lugar muy acogedor, La Cartuja, y he disfrutado con este paseo con mi mirada, gracias, amigo.

Un beso y feliz fin de semana.

Duarte dijo...

María,
como ya expliqué más arriba, el sitio lo conocía hace muchos años, entonces algo degradado, hoy está muy bonito. Invita a quedarse unos días por allí, tan relajado.
Un gran abrazo y una feliz semana

gaivota dijo...

mais um cantinho a visitar logo que se proporcione um passeio para esses lados...
vou aperecendo, pelo facebook, um pouco, e agora aqui, mas ainda sem grande possibilidade de "estar"!
beijinhos

Claudinha ੴ dijo...

Belíssimo! Gosto demais desta arquitetura e esta cor rosada me encanta. É típico de Espanha? Lindo o hotel monumento! Um beijo!

BRANCAMAR dijo...

Olá Duarte,

Depois de alguma ausência pela net e de umas férias prolongadas, aqui estou a matar saudades destas tuas belas reportagens, que nos transmitem a cultura e as belezas do país vizinho.

Obrigada pela partilha.

Beijinhos para ti.

Branca

Duarte dijo...

Gaivota,
tu es forte, uma mulher valente... tem paciência, já faltou mais...
Claro que sim, e quero acompanhar-te a tudo aquilo que queiras ver, será um orgulho para mim.
Um grande abraço, pleno de energia positiva

Duarte dijo...

Branca,
é motivo de satisfação, enorme, ver-te por aqui: aparece sempre, agrada.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Claudinha,
é típico de quase toda Espanha, mas especialmente de Valência. Existem fábricas destinadas à este tipo de tijolo na Comunidade Valenciana.
As instalações e o entorno convida a ficar um tempo...
Abraços

AFRICA EM POESIA dijo...

FIQUEI
A imaginar...
Quero Adivinhar...


BEIJOSSSSSSSSSS

Duarte dijo...

Lili,
não sei se adivinhas!...
Mas podes imaginar.
Um grande abraço

La Gata Coqueta dijo...


No soy de aquí, ni soy de allá...

Eras de todas partes por ser un sabio mensajero del amor y la paz...

Ciudadano del mundo, que un desafortunado sábado acallaron el manantial de su voz. Sus palabras se quedaron en penumbra silenciosamente prendidas en la cornisa del viento. Y desde ese instante su legado de vida, que su buen hacer a cosechado, sigue recorriendo los hemisferios posándose en cada una de las comisuras del tiempo para continuar creciendo con él en el recuerdo.

Ama hasta convertirte en lo amado, más aún hasta convertirte en el mismísimo amor... Facundo C.

Hoy muchas bitácoras están de luto la mía también, y con estas palabras me sumo al dolor que América latina esta sintiendo en estos momentos.

Pido disculpas por esta intromisión... No puedo evitarlo la tristeza hoy me puede...

Sin olvidarme de desearte un comienzo de semana lo más brillante posible!!

María del Carmen

Duarte dijo...

María del Carmen,
lamentablemente los grandes genios acaban por tener un final trágico. Una pena que unos malvados acaben con la vida de quien ha estado luchando por ella. Que descanse en paz.
Que tengas un buen día. Estará para siempre con nosotros: nos ha dejado lo mucho que a creado para nuestro disfrute.
Te abrazo desde la emoción

AFRICA EM POESIA dijo...

MEU AMIGO

Já dei mil voltas ao "miolo"
muitos pensamentos
nenhumas certezas.
Saber esperar é...Uma virtude
Um beijinhoooooo

Poetiza dijo...

Joaquin, gracias por esar tan cerca, te dejo un beso, cuidate.

Nita dijo...

Belíssimas fotos, obrigada pela viagem!
Boa semana.

Sara dijo...

Otra preciosidad que me descubres y compartes con bellas imágenes y palabras. Un placer seguirte.
Te dejamos nuestro abrazotedecisivo lleno de cariño y disfrita del veranito, recorriendo muchos lugares con tu cámara para que después nos lo muestres con este poderío que lo haces.
Muacks amigo nuestro

Duarte dijo...

Lili,
fazes bem, isso mantém à raia ao amigo alemão.
Sei que vais ficar contente.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Sandra,
de momento no me puedo acercar más... es que lo haría!
Cuidate tu también
Besos

Duarte dijo...

Nita,
segue viajando, a tua viajem foi curta...
Agradeço a iniciativa.

Duarte dijo...

Sara,
mis incursiones, quedan en diminutos recorridos, comparadas com lo que hacéis vosotros: vaya aventura!
Intentaré descubrir cosas que te agraden.
Un gran abrazo, querida amiga

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte
obrigada pela tradução
um beijo e obrigada pelas palavras bonitas.
Ando numa fase que as preciso de ouvir... beijos

Já tens dias maia ou menos Alinhavados????

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Este monasterio es precioso, querido Duarte, lleno de magia, encanto, historia y belleza. Como siempre, nos presentas belleza monumental y nos invitas a visitarla a través de tus palabras e imágenes. Gracias por hacernos soñar y adentrarnos en lugares interesantes en cada visita que hacemos a tu blog

Duarte dijo...

Lili,
estarei contigo o tempo que for necessário.
Tenho coisas aqui por acabar, ter-te-ei informada.
Um chi-coração

Duarte dijo...

María Jesús,
como se quieres venir a verlo, estoy a tu disposición, solo tienes que aparecer.
Por momentos este sitio me ha parecido tan mágico como lo que me susurras en tu blog... querida amiga.
Besos

La Gata Coqueta dijo...


Cuando a las cumbre veas llegar la borrasca abre las ventanas y la luz del arco iris dispersará las dudas que puedan estar pobladas de sombras...

Feliz fin semana para que el cuerpo descanse con premura. Es mi deseo como cada semana, para el amig@ que siempre tiene esa palabra afable para endulzar los sentimientos que reposan en el interior del alma...

Un adiós y hasta el primer instante que me sea posible volver a abrir el marco virtual que alberga la amistad del universo.

(Desde hoy he empezando a festejar mi santo y me apetece compartirlo contigo..)

Siempre tuya...

María del Carmen

Duarte dijo...

María del Carmen,
como si estuvieras aquí... el horizonte se puso tan negro que se hizo noche y empezó a llover a cántaros, hasta con granizo, y los truenos no han cesado. Cosas del este verano loco!
Lindo nombre. Si, mañana es tu Santo. Desde aquí FELICIDADES...
Un gran abrazo, y besos

Dois Rios dijo...

Amigo querido,

Vim em busca e novos posts e também para agradecer os seus sempre exatos, pertinentes e carinhosos comentários.

Meu terno beijo,
I.

Duarte dijo...

Inês,
querida amiga, a minha cadência de publicação é de quinze dias. Mas podes passar sempre que queiras, assim posso falar, ainda que seja um momento, contigo: é um imenso prazer.
Um chi-coração

AFRICA EM POESIA dijo...

Duarte menino lindo


Espero com "tranquilidade" (palavras de PAULO BENTO)


Agosto está quase a chegar...

beijos

Duarte dijo...

Lili,
Menina bonita!
A serenidade ante tudo, permite ver as coisas com outra perspectiva.
Abraço-te

rendadebilros dijo...

Obrigada pela visita e pelas sempre amáveis palavras. Aqui há em todos os posts óptimas reportagens... Abraço, bom fim de semana.

rendadebilros dijo...

E bem haja pelo inspiradíssimo poema sobre as rosas...

Duarte dijo...

Rendadebilros,
é a linha estabelecida desde o inicio por este blog, que realmente está agregado a una Associação.
Se é do teu agrado eu tão contente.
Beijinhos

Duarte dijo...

Rendadebilros,
como ali te disse é uma flor que me inspira, tenho centenas de fotografias e alguns poemas dedicados a estas flores.
Abraços