domingo, 22 de abril de 2012

NUM DIA DE PRIMAVERA - EN UN DÍA DE PRIMAVERA


NO TRANSCURSO DO DÍA
EN EL TRANSCURSO DEL DÍA



Do amanhecer, e até o meio-dia, esteve assim...
Del amanecer, y hasta el mediodía, estuvo así...
NUM DIA DE PRIMAVERA

Fecho os olhos y sinto, 
ao respirar, odores de Primavera.
Escuto o canto dos pássaros, 
há algo mais formoso?
São as claves da felicidade 
neste momento de doçura.
Algumas nuvens flutuam
num céu azul brilhante.

Se começar a chover, 

o azul do céu vai esmorecer,

para ficar pintado de cinzento.
Parecer-me-á algo maravilhoso!
                              

No transcurso da tarde o cinzento cobriu o azul
En el transcurso de la tarde el gris cubrió el azul

EN UN DÍA DE PRIMAVERA  

Cierro los ojos y siento,
al respirar, olores de primavera.
Escucho el canto de los pájaros,
¿hay algo más hermoso?
Son las claves de la felicidad 
en este momento de dulzura!
Algunas nubes fluctúan
en un cielo azul brillante,
Se empezar a llover,
el azul del cielo va esmorecer, 
para quedar pintado de gris. 
¡Me parecerá algo maravilloso!





 Ao finalizar o dia o cinzento escureceu a noite
Al finalizar el día el gris oscureció la noche





68 comentarios:

Justine dijo...

A passagem de um dia, como se fosse um poema vivido! E assim o foi - do cimo da tua varanda?
Obrigada pela sequência de beleza.
Abraço forte, Duarte

Claudinha ੴ dijo...

A claridade do dia que se vai e dá lugar à noite. Uma belíssima e agradável transição de primavera... Eu aqui estranho a superfície plana... Sou das montanhas... Um beijo!

Graça Sampaio dijo...

Belíssimas as suas fotografias!
Belíssima essa sua dualidade luso/espanhola! Muito bonito. Tudo!
Parabéns!

Duarte dijo...

Justine,
assim foi, não pude sair de casa e fiquei a contemplar o que pude ver do outro lado do muro do terraço. Foi como passei o dia, e com que variedade de tons!
Um abraço bem apertado

Duarte dijo...

Claudinha,
se observas bem a montanha não anda longe...
A vista é a Sudeste, algo inclinada para o mar, mas se olhas à direita encontrarás o perfil da montanha, e a Norte muito mais, mas nestas imagens não as vês..
Abraços de amizade

Duarte dijo...

Graça,
sempre que posso, hoje foi Domingo, faço-o, para que os amigos espanhóis que nos visitam o tenham mais fácil.
Obrigado
Besos

Augusta dijo...

Joaquim,
Como é agradável estar no teu terraço e apreciar essas tonalidades que tu tão bem sabes mostrar.

A vida é Poesia!

Abro os olhos e vejo
o desabrochar das flores,
ouço o lindo canto dos pássaros...
A melodia diz-me que é Primavera!

Beijinhos

Duarte dijo...

Augusta,
como podes-te comprovar, aquilo que expressas é o que se vivi neste pequeno paraíso; e o de mais além ,nesse mudar continuo de fundo, sem alterar os elementos...
Estou contigo: é Primavera!
Abraço imenso

Lena dijo...

Quase como se estivesse no teu terraço Duarte
deixando-me flutuar ao sabor da primavera...

Beijinhos

Duarte dijo...

Lena,
essa foi a causa efeito que pretendi criar. Podias ter passado por aqui e assim contemplá-lo ao vivo.
Bom regresso.
Um abraço grande

Navegar é preciso.. dijo...

Oi Duarte,

Que linda poesia sobre a Primavera! Desejo muitas belas primaveras em sua vida!
Bjs!

São dijo...

Muito bela a sequência do dia bem demonstrada pelo lindo poema.

Te abraço, amigo mio.

Sandra Figueroa dijo...

Hola Joaquin, fue un dia hermoso, como tus versos. Cuidate amigo.

rendadebilros dijo...

Muito belo poema e fantásticas fotos! Abraço...

Duarte dijo...

Navegar é preciso,
Obrigado amiga pelas tuas boas intenções.
O mesmo te desejo.
Um grande abraço

Duarte dijo...

São,
uma prova mais da tua sensibilidade e saber estar.
Obrigado.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Sandra,
algo variable en lo que a climatología se refiere, pero plácido, sin viento.
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Rendadebilros,
vou tentando rematar esta renda de bilros... até me parece estar em Vila do Conde em frente desse mar imenso, e elas a enrolar o fio... belo!
Besos

poetaeusou . . . dijo...

*
querido amigo,
,
invejo o teu optimismo,
a coragem de descrisares
os tempos . . . srsrsrsr.
,
se quiseres entrar na realidade,
vai desabrilhar abril,
nos meus blogs, eheheheheh,
,
hoje fui Basco, não ?
Andaluz ? talvez . . .
Catalão não,
nem o Messi, os Salva . . .
ah espera, vou no Safari, tá ?
,
aquele abraço fica !
*

elvira carvalho dijo...

Um poema dia, ou um dia poema, muito bem descrito e retratado. Gostei.
Um abraço e bom feriado.

Luís Coelho dijo...

Aqui diziam que o tempo fazia muitas caras. Foi o que vi aqui pelas fotos.o azul do céu está lindo assim como as fotos,
Afinal não choveu.

Duarte dijo...

Zé,
só assim se pode levantar ancas... e isto, lamentavelmente não é a Nazaré... oxalá!
... não, Sportinguista.
Veremos o que fazem os outros!
Vou dar uma volta contigo...
Aquele abraço

Duarte dijo...

Elvira,
aqui não é feriado até à próxima terça...
Satisfaz-me por ser do teu agrado.
Um abraço dos grandes

Duarte dijo...

Luís,
quando chove vai ficando assim: choveu no dia seguinte!
Goza muito e conta-me como foi tudo.
Um grande abraço

O Sacana dijo...

Qual é o local das fotos? Tem uma bela vista.. O meu blog de fotografia voltou ao activo. Tenho fotos novas e vou tentar recuperar as perdidas.

http://caminhosperifericos.blogspot.pt

Carlos Vale

lita duarte dijo...

As fotos são bonitas, gostei das cores.

Bjos.

Duarte dijo...

Olá Carlos,
estou em Valência, Espanha: no Mediterrâneo.
Passo a ver-te.

Duarte dijo...

Lita,
são as cores desta terra, muita luz, quase sempre... será por ti?
Abraços

tulipa dijo...

DUARTE
...
LINDO O TEU DIA DE PRIMAVERA
fabulosas imagens!
...
dia 19 foi o meu aniversário!
...
este ano finalmente consegui fazer o que há muito idealizava:
passar esse dia longe de tudo,
de todos,
num paraíso, no mundo
e consegui...!
...
hoje convido-o a ver o meu novo blog:
"Os meus pensamentos"
lá encontrará uma FOTO
das mil e tal que captei com a minha objectiva;
gosto daquela que escolhi para o post
é única, simples e para mim representa um momento lindo!
...
Vivenciei-o num rafting de balsa feita de canas de bambu pelo rio abaixo junto a uma floresta na Tailândia.
Indescritível.
...
Fez-me recordar os sons da floresta na "Minha África"!...
...
EU
..."Sou como as velhas árvores… preciso de silêncio, de estender os meus braços e escutar a voz do vento! Há verdes novos que vieram na viagem da luz e na visita da chuva..."

Beijos de saudade e muito carinho.
Tulipa Moçambicana (Ester)

Sara dijo...

Que preciosidad pasear contigo a lo largo de todo el día, de un día primaveral... y ver ese cielo azul, después gris y por último negro nosturno acompañado de doradas luces, como final de jornada. Un gustazo de entrada.
Te dejo mi abrazotedecisivo lleno de afecto de mitad de semana.

BlueShell dijo...

As fotos estão maravilhosas...
dias de primavera são inspiradores, meu caro amigo, BJ

La Gata Coqueta dijo...




Siento que tus textos son un regalo del viento
Y su lectura la textura del acercamiento.

Siento que tus textos se visten de espuma
Y su lectura es el aliento de una dotada pluma.

Siento que hoy tengo una escusa
Para brindarte con pausa mi ternura.

Sintiendo el tacto de este abrazo
Que te estoy dando
Con la calma que de él se esta adueñando.

María del Carmen


Duarte dijo...

Ester,
aceita os meus parabéns, mesmo com atraso.
E quem não precisa desse silêncio neste mundo que nos rodeia tão ruidoso?
Abraços

Duarte dijo...

Sara,
como el verde de los montes y praderas que tu pisas frecuentemente, que me dejan cautivo.
Abrazos de amistad

Duarte dijo...

BlueShell,
um dia em casa dá para muito...
Se gostaste, eu feliz.
Beijinhos

Duarte dijo...

Mari,
lo acepto y percibo la carga de sentimientos que afloran al contacto de tu pecho...
La palabra posee el don de hacer reír o llorar, tu me has alegrado el fin de esta jornada.
Abrazos de vida

gaivota dijo...

nesta primavera chuvosa e fria, triste! que o teu poema abriu e iluminou!
beijinhos

AFRICA EM POESIA dijo...

VIM deixar um beijinho

ando longe pois o trabalho não me deixa descansar.
os garotos dão cabo da minha tranquilidade.
mas...confesso um segredo: é muito bom ser...Professora.

ser Sportinguista também é duro...

agora deixo o meu beijinho doce para um menino bonito.

AFRICA EM POESIA dijo...

Um aluno meu escrevia sobre a Primavera


é muito bonita
tem muito frio e tem muita chuva
e... viva a Primavera!

Duarte dijo...

Gaivota,
só uma pessoa com a tua sensibilidade pode expressar-se assim, bonitos os teus dizeres...
Abraços, meus

Duarte dijo...

Lili, menos mal que vieste olhar por esta janela... também vejo o mar, mas já não escuto o comboio... passa subterrâneo!... Um dia verás! Espero!
Sim, também o sei... tinha nove anos quando tudo começou...
Menina bonita, o meu muito obrigado, um grande abraço

Duarte dijo...

Lili,
coisas dum menino de Aveiro. Que, se fosse aqui, diria: nunca chove, e está cheia de flores!...

Beijinhos, para ele também

rendadebilros dijo...

É um enorme prazer ler as suas palavras e voltar aqui (re)ver as suas fotos. Bem haja!

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Maravilhoso Joaquín, como descreveu
um dia através de poesia.Gostei
muito.
Um beijinho e bom fim de semana.
Irene Alves

Rodolfo N dijo...

Mi amigo , desde este Buenos Aires otoñal, con pinceladas de primavera, sentí el calor y el color de tan bellas palabras ,pues eres un maestro de la narración y la exposición.
Un abrazo!

Duarte dijo...

Rendadebilros,
o que sim é um prazer é encontrar-te aqui. Bem haja!

Duarte dijo...

Irene,
foi um dia de mudanças frequente, mas ainda que prometeu, não choveu. Hoje começou igual, mas acabou por chover e muito!
Bom fim de semana e um grande abraço

Duarte dijo...

Rodolfo N,
palabras amigas las tuyas, embebidas de afectos que mucho agradezco.
Un gran abrazo, querido amigo

Sara dijo...

Um post inspiradíssimo, Duarte, gostei muito! Os cambiantes de um dia, as mutações no ar e na terra. Estivessemos nós sempre cientes de quanta beleza nos rodeia.
Um grande abraço e parabéns por esta inspiração!

elvira carvalho dijo...

Amigo passei para lhe fazer um convite. O Sexta é hoje aniversariante. Quer passar por lá? A festa é para os amigos.
Um abraço e bom Domingo

Duarte dijo...

Sara,
ternura e sensibilidade, algo que tão bem te caracteriza, não deixes de ser tão autentica. Obrigado.
Totalmente certo, não saí de casa e fui muito feliz.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

Elvira,
já lá estive e gostei imenso da festa que lá montaste.
Amiga, que venham muitos mais e que sejas muito feliz. Estarei atento.
Abraços e felicitações

Bete M. Silva dijo...

Lindo!

Bjs

Duarte dijo...

Bete,
estava convencido que ias gostar... mas não tão telegráfico!...
Um abraço grande

La Gata Coqueta dijo...




Hoy estamos de celebración, La gata coqueta ha cumplido cuatro años de puertas abiertas a la calidez de la amistad y a la ética de los sentimientos.

¿Me acompañas?

El champagne para festejar,
En grado óptimo te espera
Y en sus burbujas, la sonrisa puedas reflejar

La tarta también la termino de recibir,
Para endulzar
El camino sin a la dieta cohibir

Las rosas de la floristería van entrando
De diferentes colores,
Para ir reinando, con aromas de coquetería

Y el piano al fondo ya está interpretando
“Amigos para siempre”
Quienes te darán la bienvenida brindando

¡¡CHIN CHIN!!

Y por sorpresa dos regalos;

*Un abrazo con mucho amor
*Y ¡Gracias por tu cariño!
Que te seducirán el corazón

Un dulce y tierno beso

María del Carmen


Duarte dijo...

Marí,
los buenos y grandes momentos son para estar en buena harmonía, rodeado de lo mejor que tenemos, que son los buenos amigos. No puedo faltar a una fiesta así, me voy corriendo.
Un gran abrazo y que cumplas muchos más

Sandra Figueroa dijo...

Hola amigo, que bello paseo por tus letras y fotos. Cuuidate mucho Joaquin y gracias por estar siempre cerca.

Duarte dijo...

Sandra,
cuidandote, me cuido!
Un abraço inmenso

La Gata Coqueta dijo...



Deseo pases un muy buen fin de semana
Y hago lo posible para que vuelen hacia ti
Estos mis sentimientos…
En los ojos una sonrisa por simpatía
En los labios un beso por valentía
Y en el corazón un abrazo de cariño por garantía

María del Carmen


rosa-branca dijo...

Olá amigo, um lindo poema e fotos maravilhosas. adorei. Beijos com carinho

Duarte dijo...

María del Carmen,
gracias miga, bellos sentimientos los tuyos!
Un buen fin de semana y un gran abrazo

Duarte dijo...

Rosa-branca,
satisfaz-me saber que é do teu agrado.
Recebe todo o meu afecto num forte abraço

AdA... dijo...

Sí, nuestros sentidos nos regalan tanto... colores, aroma, caricia, sabores, música... Es la sinfonía de las cosas que hacen grandes nuestros momentos.

Es muy hermoso todo, lo visto, lo escrito, lo que inspira... Gracias.

Un fuerte abrazo, amigo.

AdA... dijo...
Este comentario ha sido eliminado por un administrador del blog.
AdA... dijo...
Este comentario ha sido eliminado por un administrador del blog.
Duarte dijo...

AdA,
Querida amiga, compruebo, una vez más, que estamos en la misma onda, lo que mucho me alegra.
Lo que un día relajado puede dar de si...
Un gran abrazo

Maria dijo...

Amigo Duarte um poema tão belo quanto a Primavera e um dia lindo bem documentado em excelentes fotografias.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Duarte dijo...

Maria,
grande poder de observação o teu, parabéns.
Agradeço e desejo-te um bom fim de semana.
Uma braço dos grandes