martes, 22 de enero de 2013

AVEIRO Y SU RÍA




Como os he explicado, in sito, es la Capital, por excelencia, de la Ría. Es una de las ciudades más atractivas del litoral portugués. En ella deja sus aguas el río Vouga hasta encontrarse con el mar. 





La Ría se abre en tres canales por la cuidad: el de las Pirámides que se extiende hacia el canal Central, el canal de San Roque, y el canal de los Santos Mártires (o del Paraíso). Por los que hemos navegado a bordo de uno de los “moliceiros”, un barco de extraña forma, con dibujos sugestivos y alegres colores: antes llevaban un gran mástil y vela. En algo se parecen a los barcos de nuestra Albufera, ambos son de fondo plano. 



Solamente no fuimos hasta las dunas de São Jacinto. Pero lo comenté con vosotros durante el trayecto en el barco, pues fue donde hice la mili, allí existía un Base Aérea: inicialmente de la marina, con hidroaviones.





Dicen que Aveiro fue fundada en los tiempos del emperador romano Marco Aurelio.
D. João I (1383-1433) donó la población a su hijo el infante D. Pedro quién ordenó la construcción de sus primeras murallas. Más tarde, D. João II (1481-1495), la cedió a su hermana, la Infanta D. Joana.
En el s. XVI, el desarrollo de la industria de la sal, de la agricultura y de la pesca. Sin embargo, en el Invierno de 1575, fuertes tempestades destruyeron el profundo canal por donde transitaban los grandes navíos que atracaban en Aveiro, destruyendo el comercio marítimo, la pesca y la actividad salinera.





En el s. XIX fue construida la Barra Nova, un ancho canal con cerca de 264 m de anchura y entre 4 y 6 de profundidad, que abrió la Ría al mar recuperando la fuente de la vida y supervivencia de la región.


Estuvimos paseando por el centro, os he invitado a ovos moles. Fuimos al mercado del pescado, quanta variedad y que calidad. 
Os sugerí que os fijaseis en las aceras, todas con piedrecitas de colores, la famosa calzada portuguesa: una mezcla de piedras de calcáreo y basalto. 




Después seguimos andando hasta el Convento de Jesús, hoy Museo de Aveiro, por cierto muy bien equipado y con piezas destacables.





Quiero que recordareis del Convento de Jesús el interior de la iglesia,
el notable trabajo de talla dorada y las paredes forradas con paneles de azulejos se ven seis lienzos representando momentos de la vida de Santa Joana Princesa, hija del Rey Afonso V y hermana de Juan II.



Así como el sepulcro de Santa Joana, pieza de notable ejecución con finísimas incrustaciones de mármoles italianos de diversos colores. Tan sólo en 1711 se depositaron las cenizas de la Infanta, a la que Aveiro dedica una fiesta religiosa el 12 de mayo (festivo municipal), efeméride de su muerte.


Hasta la vista ... Aveiro y su Ría...



















52 comentarios:

Graça Pereira dijo...

Gosto de Aveiro, onde vou algumas vezes por ter lá muitos amigos.
De certo modo, conheço bem a cidade mas tu, com as tuas belísimas fotos e explicações, ainda consegues tornar mais bela a nossa Veneza portuguesa.
Já pensaste em organizar um livro com todos estes "caminhos" portugueses que tens abordado com tanto rigor e beleza?? Pensa então!
Estou na 2ª fase do concurso, como pretendia,graças aos vossos votos.
Sei que não posso ganhar porque os dois primeiros blogs têm patrocinadores mas, devo confessar, não gostaria de ficar em último lugar e, por isso, conto, de novo com o vosso carinho.
Beijo carinhoso.
Graça

Rosa dos Ventos dijo...

Gosto muito desta cidade ...e dos seus doces de ovos! :-))

Abraço

lita duarte dijo...

Um dia vou ver de perto tudo isso aí.:)
Lindo demais!

Bjs.

Duarte dijo...

Graça Pereira,
sabes que sempre me tens aí.
Sabes o que penso, mas estou a apoiar-te, ontem voltei. Convidaram-me mas sabes que não entro nesses jogos.
O livro já está feito e foi apresentado em Dezembro. Como não tenho o teu email não te o pude mandar em PDF.
Também gosto muito desta cidade. Fiz a tropa em São Jacinto. Enfim por muitas razões.
Um abraço bem grande e sorte

Duarte dijo...

Rosa,
eu também, sou um lambareiro... mas não só dos ovos moles, agora existes outras iguarias, não recordo o nome, que dizem constantemente... come-me!
Abraços

Duarte dijo...

Lita,
a ver se é verdade! Cá te espero!...
Como tu... Que bonita estás!
Abraços de amizade

Sara dijo...

Duarte que guapoooooooooooo, retazos de historia, de un pueblo, de un lugar, de tu querido Portugal y que tan bien me lo estás acercando...que ganas tengo de sentirlo, de vivirlo...mientras me conformo con tus preciosas entradas en este bello espacio.
Mi abrazotedecisivo

Justine dijo...

Como eu gosto desta cidade! E quanto mais a conheço, mais beleza lhe descubro! Tu acrescentaste mais um pouco, com a tua reportagem.
E voo, como a tua gaivota belíssima, para um passeio colectivo que demos juntos num dia 3 de Janeiro de há 4 ou 5 anos, em que descobrimos a história de Joana, a santa princesa:)))
Abraço

Duarte dijo...

Sara,
querida amiga, que bello todo lo que doces. Cuando vayas a Portugal estoy convencido de que te estarán esperando con los brazos bien abiertos.
Pasearemos juntos por esos rincones tan bellos y sin fin...
Abrazos de vida

Duarte dijo...

Justine,
momentos inolvidáveis que recordo com saudade. Que dia tão bom! Íamos com um bom guia e muito bem acompanhados.
A mim passa-me o mesmo. E isso que estou indo desde que ia á escola!...
Abraço-te emocionado como naquele fim do dia de dois de Janeiro de 2011

Graça Pereira dijo...

Deixei um comentário no zambeziana em resposta ao teu mas, aqui, repito o meu email: mgmachado@netcabo.pt
Um abraço muito amigo.
Graça

elvira carvalho dijo...

Que bom poder conhecer Aveiro através desta viagem virtual.
Sabe eu já estive 2 vezes em Aveiro A primeira em 54 e a segunda em 67. E a única coisa que recordo, é uma estação de comboio, e uma pastelaria grande onde comi os famosos ovos moles. E a Ria claro.
Um abraço

São dijo...

Muito agradável passear de barco pela ria e ver os reflexos coloridos na água.

O túmulo da princesa Joana vi-o há muito, muito tempo.

Abraço forte te deixo.

Duarte dijo...



Graça,
já está a caminho. Desejo que seja do teu agrado, aqui foi um êxito total, nunca supus que fosse assim, já está esgotado. Os dois! O outro é surpresa...
Um abraço muito grande e as melhores recompensas ao teu, sempre, excelente trabalho.

La Gata Coqueta dijo...



Quién no quiere sentirse feliz siempre, y aunque la felicidad parezca a veces inalcanzable debemos luchar por conseguir esos momentos que poblarán nuestros recuerdos y nos ayudarán en momentos de absoluta opacidad.

Esta semana he estado de viaje y me he demorado sin apenas darme cuenta. Pero hoy tengo el gusto de pasar a saludarte y desearte un magnífico fin de semana!!

Sin olvidar que la mejor canción es la sonrisa de tus ojos,
melodía poéticas que mecen mis sueños.

(Quieres creer que hay imagenes de las primeras que abren el post, que dan la sensación que pertenecen a Venecia de lo bonitas que son)

Atte.
María Del Carmen



Duarte dijo...

Elvira Carvalho,
O edifício branco com azulejos é a estação. A pastelaria que indicas está mesmo em frente da estação. Antigamente até vendiam ovos moles do andem aos passageiros dos comboios.
Fiz a tropa por ali, e está perto do Porto. Vou muito e gosto da cidade.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

São,
demos um bom passeio de barco enquanto degustávamos uns quantos ovos moles, dos de hoje, não as pipitas de então.
O convento, no que respeita igreja e o túmulo da Princesa Joana, nada mudou, mas sim, e muito, o antigo convento, hoje convertido no museu de Aveiro que albergas o mais importante da zona de influencia da cidade.
Um grande abraço

María dijo...

Amigo Duarte:

Siempre que vengo a tu blog me viene el recuerdo de cuando fui a Portugal y me llevé el sabor agradable de sus rincones, y la verdad es que regresar es una asignatura pendiente porque me parece tan bello país que me apetece volver a ver, pero es que tú nos dejas para que disfrutemos, las bellas imágenes, y su interesante información, sin duda serías un gran guía.

Gracias por tan interesante aportación, amigo mío.

Un beso.

Evanir dijo...

Estou a 7 anos na blogosfera : A viagem é o casula
hoje completando 2 anos de vida.
Quantos momentos alegres e triste também
faz parte da nossa jornada.
Deus permita muitos anos de vida para mim e meu blog
um mundo fantástico.
Onde nossas amizades sem face completa de maneira
sobrenatural minha vida.
Obrigada pelo seu carinho por fazer parte da minha caminhada
muitas vezes cansada ou meu caminhar um pouco mais lento.
Hoje deixo na postagem mil carinhos para você
um mimo desse dia feliz.
E o sorteio de mais 2 livros meus não
importa qual Pais será ganhador receberá com certeza com muito amor.
Pode até pensar porque sorteio tantos livros meus não é mesmo?
Por ele ser bom e de alguma forma deixar um pouco de mim para vocês.
Meu eterno carinho.
Um feliz final de semana.
Beijos na alma e no coração.
Evanir.
Estou só esperando você com muito carinho.

Duarte dijo...

María del Carmen,
mi deseo es que el viaje haya sido bien aprovechado y además placentero.
Aguardo que me cuentes que es lo que más te ha gustado...
No sé que pasa pero no puedo entrar en tu blog. Surge la imagen de inicio pero acaba por quedar todo de un solo color, y de ahí no paso.
Um gran abrazo, querida amiga

Maria Rodrigues dijo...

Já há muitos anos que não vou a Aveiro, fiquei com uma imensa vontade de lá voltar. Belissimas fotografias.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Duarte dijo...

María,
es conveniente que vuelvas, te estaremos esperando con lo brazos bien abiertos. Además está todo muy bonito. Los problemas existen, como en todo el mundo, pero el País está muy guapo.
Un gran abrazo, querida amiga

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Gracias por presentarnos tan hermoso lugar. Sin duda, amas Portugal y leyéndote pronto vamos a amarlo todos nosotros.

Gracias por darlo a conocer y hacérnoslo sentir tan cerca del corazón

AFRICA EM POESIA dijo...


Duarte
vim deixar um beijinho e vi a beleza da minha cidade que é uma beleza para quem gosta de fotografia.
Aqui ainda chove espero que amanhã me coloquem o telhado.
Em casa as coisa vão acalmando
para ti meu amigo um beijinho grande

Duarte dijo...

Evanir,
aí estive, por aí andei e aí deixei constância da minha presença.
Que esta data se repita por muitos anos, prova inequívoca da tua entrega, desse arte de bem fazer.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
regressa, vais gostar muito. Está muito bonita vestida de Ria... como sempre, como uma Princesa!
Boa semana e um grande abraço

Duarte dijo...

María Jesús,
el que no ama a su madre no es un buen hijo...
Aveiro es una ciudad muy bella y con un clima muy apacible, me encanta!
Además se come muy bien y la gente es sumamente amable.
Si te ha gustado yo tan feliz!

Duarte dijo...

Lili,
assim é, deves sentir-te orgulhosa, e feliz, por viver numa cidade tão bonita... a nossa Veneza!
Espero e desejo que se resolva tudo para que logres a estabilidade emocional que precisas.
Um abraço bem grande, querida amiga

La Gata Coqueta dijo...



Me gustaría ser una gota de lluvia,
Para nacer al borde de unos bellos ojos
derramarme por la luz de las mejillas
y romperme en la silueta de los labios,
para iluminarte con una sonrisa cada mañana.

¡¡Un feliz y radiante fin de semana te deseo!!

Atte.
María Del Carmen


Duarte dijo...

María del Carmen,
dicho así, bonito queda...
Buen fin de semana, querida amiga

rendadebilros dijo...

Aveiro é uma bela cidade. Como sempre, a habitual minúcia nas fotos e nos textos. Bonito! ( O Castelo é afinal uma torre , a torre de menagem, na Guarda, a 1056m de altitude!)

Claudinha ੴ dijo...

Olá Duarte!
Aveiro, belíssima!
Tenho um casal de amigos aí. Ele foi meu aluno e depois se tornou músico, a esposa é estudante de história. realiza shows na cidade, chama-se Alex Duarte. Estão aí a estudos.
Fiquei encantada com as fotos do rio e as embarcações coloridas, mas , mais que todas, com a peça do túmulo de Sta Joana. Incrustações de mármore, imagino o trabalho que isso deu! Obrigada por compartilhar estes seus ricos olhares!
Beijo!

Duarte dijo...

Rendadebilros,
é uma das cidades que mais gosto, ideal para viver.
A ver se entendi, do castelo só fica a torre de menagem.
Em que parte da cidade, ou para que lados da Guarda?
É majestosa!

rosa-branca dijo...

Bem amigo Duarte, fiz o percurso inteirinho, aqui no seu canto e adorei. Lembro-me de uma canção que ouvia quando era miúda.

Ai, ai, ai, lindo moliceiro
Deixa-me ir contigo à ria de Aveiro.

Não me lembro quem a cantava.
Adorei o teu post como sempre encantador. É um encanto para mim que nada conheço. Beijos com carinho

Graça Pereira dijo...

Querido Amigo

Ainda não agradeci o teu carinho e o teu espectacular LIVRO!
Conto fazer uma postagem com algumas passagens do mesmo em tua homenagem...o Andarilho das terras de Portugal! Tu mereces!
Um beijo carinhoso.
Graça

Duarte dijo...

Claudinha,
Aveiro é uma cidade muito bonita e a sua gente sumamente agradável.
Tenho uma amiga ali, vou-lhe perguntar por se os conhece.
O museu da cidade está recheado de boas obras...
Abraços

La Gata Coqueta dijo...



Estamos de nuevo en el mes del amor y la amistad…

Las flores ensalzarán la brillantez de los textos y la poesía recorrerá las cumbres de la vida en busca de la esencia de ese amor desconocido, hasta encontrarlo…

Y yo un gorrión con patitas de algodón quisiera ser…
Para refugiarme, en las alforjas del tiempo y presenciar la complicidad de la luna en el teclado del silencio, que ingenuo se sonrojará, de aquellos sueños poéticos que viajaran por las cornisas del pensamiento en busca de la utopía del amanecer…

Un abrazo de emociones
Y un beso de ilusiones.

Atte.
María Del Carmen



Duarte dijo...

Rosa Branca,
Também recordo uma, sendo criança, mas não na sua totalidade " Oh Aveiro, oh Aveiro, oh Aveiro Mariola levo o Aveiro pintando nas cordas da minha viola."
Procurei na net mas nada encontro.
Fico feliz ao saber que foi do teu agrado.
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

Graça Pereira,
é com grande satisfação que recebo a confirmação da recepção dos livros. Estão feitos com muito carinho.
Claro que sim, procede como consideres oportuno, para mim será um grande orgulho.
Todo o meu afecto num grande abraço

Rosa dos Ventos dijo...

Deixei o meu agradecimento pelas tuas informações sobre a Candelária lá no meu espaço!

Abraço

manuela barroso dijo...

Seja onde for, ou são os teus olhos ou a tua arte! Conheço Aveiro muitíssimo bem, reconheci os sítios porém, estão mais harmoniosos que nunca, Duarte. As fotografias entrelaçam-se com as tuas descrições e acbas por fazer uma composição belíssima. Assim o sinto querido amigo.
Parabéns mesmo e
aquele abrazo!
Besito

luís rodrigues coelho Coelho dijo...

Boa reportagem
Aveiro é uma cidade calma e suave. A ria e as suas gentes vivem numa ligação plena e numa comunhão perfeitas.
Visitámos recentemente Aveiro e a Costa Nova. Apetece ficar mais tempo.

Duarte dijo...

María del Carmen,
ambos imprescindibles para seguir adelante, la vida sin amor y sin amistades no es vida.
Un abrazo bien grande, querida amiga

Duarte dijo...

Rosa,
desconhecia que na nossa terra existisse tal veneração por essa Santa. Aqui sim, sobre tudo nas Ilhas Canárias.
Abraços

Duarte dijo...

Manuela Barroso,
sabes que a objectiva da câmara é como uma continuação do olho humano, pelo que deixa perceber sensações que só o olho humano deixa ver. Para lograr boas fotografias só é necessário uma boa câmara reflex y certa sensibilidade.
Parabéns, porque sabes captar aquilo que sinto.
Um abraço bem grande

Duarte dijo...

Luis,
esta percepção tua é a que me invade a mim. Chegámos y por ali ficamos quase todo o dia... sim, faltou-nos tempo. É uma cidade que engancha, enamora, prende-me...
Aquele abraço

Duarte dijo...


Diny, dice que no puede publicar su comentario y me lo manda para que lo coloque aquí... objetivo cumplido!

Cuando te he escrito por el blog no hay forma de enviarlo si es un mail anterior. Me ha pasado muchas veces que después de escribirlo todo, no lo publican. Te lo digo aquí que seguro lo recibirás. Como no me gusta Aveiro, si los barcos y canales son lo que mas me gusta en el mundo. Tu artículo es fenomenal como ya estoy acostumbrado y lo he leído varias veces con mucho agrado. Ademas es uno de los sitios que sin falta visitaría en una hipotética vuelta a estos sitios, que tanto me han hecho soñar. No creo que encontraría otro lugar mas adecuado a mis gustos personales en Europa..

Duarte dijo...

Diny,
efectivamente sería una gran perdida não poder contar con un comentario como el tuyo, pleno de matices de un sentir que no es más de lo mucho que nos ha inspirado a todos Aveiro. Aquí queda tu comentario para que perpetúe.

La Gata Coqueta dijo...



Paso a saludarte…
Vestida de felicidad,
Con rosas de paciencia
Y aromas de prudencia.

Deseando…
Que el fin de semana valla pasando
Enarbolando,
Los sueños que te vallan rozando.

Atte.
María Del Carmen



Duarte dijo...

María del Carmen,
siempre con la elegancia que tanto te caracteriza.
Gracias, querida amiga, por tan bellos decires.
Un gran abrazo y un buen fin de semana

Maria Emilia Moreira dijo...

Olá Duarte!
Aveiro é uma cidade fantástica que merece uma visita detalhada. Gostei imenso de a revisitar através da tua reportagem.
Um abraço.
M. Emília

Duarte dijo...

Maria Emilia,
estou indo por Aveiro desde a escola primaria e ainda não me cansei de o fazer, vou sempre que posso: é uma paragem obrigada. Ademais sempre deparo com algo novo, que me fascina, me cativa.
Aquele abraço