jueves, 21 de abril de 2016

PLAZA DE SAN MARCOS






La Plaza de San Marcos es una de las plazas más bonitas del mundo. Napoleón Bonaparte la definió como "El Salón más Bello de Europa".
Es un lugar de mucha actividad, motivada por la frecuencia de turistas que la cubren diariamente. O los que se sientan en el Florian u otro café aledaño para descansar, tomar un buen café o helado mientras suena la música  o, simplemente, disfrutar del vuelo  acrobático de las palomas. Posee un encanto único.



Su entorno está rodeado de edificios emblemáticos con la característica arquitectura de la época. Hay un predominio de majestuosidad y belleza, inigualable el de la Basílica de San Marcos, El Campanario, El Palacio Ducal y la singular Torre del reloj. Todo ello en contraste con lo degradados que se encuentran muchos edificios de  la ciudad, hasta diría que en ruinas.













Os dejo este conjunto de fotos que fui sacando en distintas horas del día para que aprecieis los contrastes... si, es que llegamos con niebla.
























































Buen provecho...



24 comentarios:

Elvira Carvalho dijo...

Belíssimo conjunto de fotos, de um local igualmente belo.
Obrigada pela partilha de fotos que nos levam a viajar consigo por várias partes do planeta.
Abraço

Majo dijo...

~~~
As tuas reportagens são sempre excelentes,
mas esta está de mais, pela preocupação da
partilha dos tais pormenores que dão todo o
encanto a esta vetusta e belíssima praça.

Gratíssima, Amigo. Abraço.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Duarte dijo...

Elvira,
gostei muito de estar ali, mas numa época em que todos nos queixamos de crise, demasiada gente vi por ali.
Obrigado. Beijinhos

rendadebilros dijo...

Nunca fui a Veneza, mas agora parece que fui até lá, através de tão belas e sugestivas fotos. É sempre um grande prazer "passear" consigo. Grandes fotos! Abraço. Boas viagens e muita inspiração.

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Mais uma vez obrigada pela partilha.
Também não conheço ao vivo.
Portanto foi bom seguir a sua reportagem.
A crise tem muito que se lhe diga...
Desejo que se encontre bem.
Um abraço e bom fim e semana.
Irene Alves

Maria Rodrigues dijo...

Magnificas fotografias de um local lindo que também tive o prazer de visitar em 2014.
Beijinhos
Maria

São dijo...

Excelente!!!!!!

Antigamente, não iluminavam a Torre dos Mouros.

Tenho uma foto junto aos cavalos na fachada de S, Marcos.

Sim, realmente , Veneza é única.

Abraço estreito e que tenhas bom domingo e excelente 25 de Abril.

Justine dijo...

Excelentes enquadramentos, Duarte! Valorizaste a praça, com o teu olhar...
Abraços de Abril!

Duarte dijo...

Majo,
Agora é quando estou a dedicar-me a essa paixão que sempre tive pelo mundo da fotografia, e lá vão saindo coisas algo melhores.
Obrigado. O certo é que o modelo ajuda.
Abraços

Duarte dijo...

Rendadebilros,
agradou-me sentir a tua presença. Ainda tenho mais coisas para que vejamos juntos, vai aparecendo.
Sim, que não falte, pois, tu que disto sabes muito, aparte do meio está o empenho.
Abraços de vida

Duarte dijo...

Irene,
é uma cidade que apaixona, tanto pela beleza que encerra como pelo estado de abandono no qual se encontra, contraste que se agranda com o tempo.
Mas sempre agrada voltar.
Beijinhos e uma boa semana

Duarte dijo...

Maria,
fico feliz ao saber que foi assim e que o efeito destas fotografias te façam recordar momento de felicidade.
Beijinhos, querida amiga

Elvira Carvalho dijo...

Amigo, a crise é só para alguns. E hoje não há crise no Sexta. Há festa para os amigos. Se puder passe por lá.
Abraço

Duarte dijo...

São,
algo mudou, é certo, agora até há mais música na praça, mas foi por fora desta zona tão turística onde notei as maiores diferenças.
Mesmo assim continuo a pensar que Veneza sempre merece uma visita.
Um grande abraço e continuação duma boa semana

Duarte dijo...

Zé,
como passei várias vezes por ela, tive a oportunidade de poder vê-la em distintas facetas. Só por isso. De todas formas obrigado.
Beijinhos, querida amiga

rosa-branca dijo...

Olá amigo, uma a uma ampliei as fotos e fiquei maravilhada. Gostava que me conseguisses descrever, qual é a sensação de ver tanta beleza ao vivo. Senti-me pequenina ao pé destas imagens grandiosas. Amei demais. Beijos com carinho

Duarte dijo...

FELICIDADES!!!
MÃES
MADRES

Beijinhos
Besos

Duarte dijo...

Elvira,
por lá andei e fui feliz nessa festa. Que venham muitos mais.
Um forte abraço

Duarte dijo...

Rosa Branca,
Claro que sim. A primeira impressão, ao entrar por terra, não foi a melhor, mas quando entrei no "vaporeto" para que me levasse o mais perto possível do Hotel tudo foi mudando. São muitos os encantos desta terra. Só é de lamentar o estado de degradação no qual se encontram algumas zonas da cidade. Não te digo nada mais para que tu mesma o possas descubrir com o muito que ainda tenho para que vejas de Veneza.
Beijinhos, querida amiga

Duarte dijo...

Prometi que seguiría mostrando lo que má me impactó de Venecia y lo seguiré haciendo.
Hoy preparo otro post.

Sor.Cecilia Codina Masachs dijo...

Excelentes fotografías amigo Joaquín, digno para hacer una visita.
Gracias por compartir
Un saludo
Sor. Cecilia

Everdina Kleeb- van Dongen dijo...

Lo de la orquesta se me ha ido del alma, recuerdo una terraza así en Lausanne donde tocaba Vicente aunque la orquesta tenía como mínimo 8 miembros, lo que ahora con la crisis es prohibitivo.Lo tengo filmado en la película, de dos horas y pico que grabábamos en nuestros viajes.Volviendo al reportaje para una amante del arte como yo es un verdadero bombón, lástima que no os acompañaba el buen tiempo, se ve todo los cielos grises. Esto no quiere decir que no disfrutabas haciendo tus fotografías como siempre con gran maestría.Ciao caro, Diny.

Duarte dijo...

Sor. Cecilia,
de acuerdo, es un viaje que no se debe perder.
Saludos cordiales.

Duarte dijo...

Diny,
las tres orquestas que ahora operan en la plaza no exceden los cuatro o cinco músicos.
Resulta agradable pasear con la música de fondo. Alguna empieza a las nueve de la mañana y acaba a las nueve de la noche, cuando la plaza empieza a quedar vacía.
Cuando llegamos había niebla y bastante densa, menos mal que acabó por irse...
Beijinhos