jueves, 28 de agosto de 2008

CHEIRA A MAR, E A SAUDADE TAMBÉM






Ainda me cheira a mar,
a maré vasa...
maresia penetrante,
a sargaços...
Por ali andei;
na Ericeira,
choveu;
na Póvoa,
lufadas que barriam;
na Foz,
marulhada, mar picado;
em Matosinhos,
reflexos como pirilampos,
miríada trémula.
No Castelo do Queijo,
caiu a tarde,
veio uma ligeira brisa,
carregada com a neblina
que apaziguou os calores,
como filtradas caricias.
Absorvi aqueles aromas,
intensos...
Será a saudade,
que fez presa em mim?
Mitiga os espaços vazios,
que deixa a distância...
É o meu mar!
Rumor de Oceano...







58 comentarios:

Duarte dijo...

Ante tudo o meu mais sincero agradecimento a todos aqueles que, na minha ausência, não deixaram de passar por aqui.
Regressei, mas como sempre com a sensação de que ainda estou ali.
São quarenta anos mas ainda não me habituei.
Foi sair do carro e começar a suar: estávamos a 33ºC, quando sai do Porto o termómetro do carro marcava 18.
Para todos vós um grande abraço no reencontro.

Juani lopes dijo...

veo que has venido mi poetico, muy bellas las fotografias, por cierto y tu libro como ha ido?
saluditos

poetaeusou . . . dijo...

*
regredi
á minha meninice,
de abril a dezembro,
de cada ano,
de janeiro a março,
era o defeso da sardinha,
o (fascista) do ministro,
defendia as espécies,
presentemente o
ministro progressista,
da agricultura e pescas
desconhece que os frangos
têm penas e que o peixe,não é
só o que se cria nos viveiros...
,
não mencionaste o senhor de
matosinhos . . .
,
gostei do poema,
,
saudações
,
*

Justine dijo...

Belíssimas fotos, como nos habituaste, e um roteiro de saudades, de cheiros e recordações...lindo.

(Comovente, a homenagem à tua Princesa, que quiseste partilhar comigo. Nunca nos esquecemos deles, pois não?)
Abraço

Rosa dos Ventos dijo...

Belo roteiro ilustrado de forma magnífica!

Abraço

María dijo...

Hola Duarte:

Aquí me vengo a tu blog de Portugal, porque tengo que decirte que estuve en Portugal tres días y quedé alucinada por los paisajes tan hermosos, me ha encantado lo que ví, me parece precioso, con unas casas de colores impresionantes, de verdad, vine encantada de allí, aunque yo ya había estado, pero en esa zona no.

Ahora voy a visitar tu otro blog.

Un beso.

Duarte dijo...

poetaeusou,
mencionarei, quero dedicar algo especial, quando possa, ao Cristo de Bouças.
Gostei do teu discurso...
Abraços amigo

Duarte dijo...

Justine,
assim é. Opino que o facto de que seja um animal não é para que esteja desatendido, quando se assume essa responsabilidade é com todas as consequências.
Presentemente tenho a Hannah uma cadela que fez em agosto treze anos. Está muito mimada e vai comigo a todos os sítios. Nesta viagem tive o gasto adicional de uma multa, por a levar sem amarrar...
Beijos

Duarte dijo...

Juani,
es la vena que cogí en mi reducto...
Del llibre ja parlarem...
Abrazos

Duarte dijo...

María,
¿donde estuviste?¿ Óbidos? ¿Costa Nova? por lo de las casas de colores.
Que seas muy feliz en Portugal, siempre.
Besos

um Ar de dijo...

Querido amigo,

Também pensei na eventualidade de um encontro presencial... também hesitei, quanto à oportunidade de o propor... tinha os meus dias por conta dos compromissos do meu marido... mas, mesmo assim, pensei na possibilidade...
... mas também pensei... se quebrar esta "virtualidade" não seria uma inconveniência minha, apenas. E só minha...
.
Fiz mal, pelos vistos.
E fica a pena imensa de ter falhado um encontro...
.
Para a próxima, com mais certezas sobre as vontades e com mais gente, quem sabe?
.
Ainda hoje senti saudades das tuas palavras amigas e eis que as leio!
.
[Um beijo de obrigada]
P.S.: Fico contente que, mesmo sem nos termos conhecido, ao vivo e a cores, as férias tenham sido muito boas...

mdsol dijo...

Duarteeeeeeeeeeeee

Que bom que voltaste! Já havia saudades no ar! És sempre tão atencioso!
Mas, que bom que as férias foram boas. Andaste por aqui tão perto! Faço minhas as palavra da um ar de. Quem sabe de uma próxima vez não formamos um grupo de amigos (de Portugal) com (um) ar (de) branco e todas as outras cores?

Abraçoooooooooooooo

:)

Juan Luis dijo...

Humm... esas fotos me ponen los dientes largos. Qué magnífico día de playa pasé en Ericeira después de haber visitado el convento de Mafra.

Saludos.

Duarte dijo...

um ar de,
Nunca te arrependas do que pensas nem do que fazes, sempre que esta presente o sentido comum. O teu marido também podia ter ido. Bom, já passou, vivamos o hoje.
Isto vai afiançar o futuro, sem nenhuma dúvida...
Não estou obrigado a nada, tudo aquilo que digo e faço é porque o sinto.
Tu inspiras ternura e, como tal, recebes afecto.
Um beijo de comprazido

Duarte dijo...

mdsol,
neste momento pareço um arco-íris. Não posso ler certas coisas que me são dirigidas quando procedo com tanta naturalidade. De toadas formas um muito obrigado.
Estive perto mas não tive a ninguém que me convidasse a um simples café ou chá. Se vê que n~\ao o mereço!
Espero que aquilo que propões se faça realidade. Se não é antes no Natal estarei no Porto, ou seja pela S. da Hora, Pedras Rubras, Maia...
Um grande abraço pleno de afecto

Duarte dijo...

juan luis,
Yo hice la ruta al revés: Sintra, Ericeira (ya lluvia), Sobreiro, e Mafra. Lo pasé bomba con mis nietos en Sobreiro: existe la reproducción de una aldea portuguesa (voy preparar un post).

Abrazos

São dijo...

Bem regressado sejas!
Fiquei maravilhada com as fotos, que são muito bonitas, e com o texto, que me tocou muito.
Beijinhos.

Bandys dijo...

Duarte,

Boas vindas!

As fotos estão maravilhosas.

Tudo muito lindo.
Obrigado pelo carinho de estar sempre presente no meu canto
abraços

Duarte dijo...

São,
Agradeço o teu recebimento.
A tua sensibilidade é o que conta para perceber as sensações que provoca a palavra: expresso o que sinto.
Estou a ouvir à Mariza e com alguns arrepios de emoção.
Beijinhos

Duarte dijo...

Bandys,
Não posso deixar de visitar o teu canto, logras uma magia entre imagens e poemas que parecem corpos em movimento...
Es tu quem inspira tal afecto.
Abraços

Menina do Rio dijo...

Se tem algo me me embriaga e me seduz é o cheiro à maresia...
As fotos são um convite e tanto!

Um beijo pra ti

Duarte dijo...

menina do rio,
há muito que não sentia esse odor, estive ali até que a maré subiu...
São dos sítios mais emblemáticos do País.

Um forte abraço

mariam dijo...

Olá!
vim espreitar... e, já voltou!
este post, além de lindo, nas palavras e imagens, deixou-me um nó na garganta e um apertozito no peito... não saber eu das suas andanças ... então, apenas havia referido Lisboa e porto! não sei quando passou por Sintra, Ericeira, Sobreiro, Mafra, caso tivesse sido antes do dia 14, tinha dado para conversar, beber um Chá ou algo assim...vivo nessa zona!
fiz um pequenino hiato, de dia e meio nestas férias, regressei à "base" e à net, sigo para Madrid e Saragoça (só 3 dias), vou à EXPO, e depois sigo para Castelo Branco, quando voltar em meados de Setembro, vou ler as suas novidades, com calma, agora vim só dar um abraço

e um sorriso :)

mariam

Duarte dijo...

Mariam,
Notifiquei-te quando saia e para donde ia, principalmente para isso, para que tomássemos um chá num desses lados. Como não obtive resposta deduzi que não te interessava, e não insisti. Realmente foi uma pena, pois estive cinco dias em Lisboa e arredores. Sabes da minha sensibilidade por Sintra...!
Estive do 13 ao 17, ambos incluídos. O meu filho mora em Algés, perto do aquário Vasco da Gama.
Não demorarei em voltar. Então, não te vou perdoar esse chá.
Zaragoza, nos pavilhões mais importantes são bichas de um dia de espera. Não fui por isso, não posso suportar essas esperas, principalmente por ser o que realmente vale a pena ver. Passa por Valência, se podes, claro está. Prepara-te para o calor. Nenhum dia baixamos dos 33 à sombra, ao meio dia.
Boa viagem e felizes férias.

Um grande abraço

mariam dijo...

Duarte
sinto muito, mas das duas uma, ou o "raça" do mail deu erro e não entrou ou eu inadvertidamente o apaguei, julgando ser um daqueles de confirmação dos coment no blog... Sorry e muita pena, acredite!

mandei-lhe 1 mail.

um sorriso e até ao meu regresso. :)

Claudinha dijo...

Vejo que foi por lugares maravilhosos. O mar é sempre misterioso e sempre se revela a nós por meio de suas maravilhosas praias e paisagens. Obrigada por partilhar conosco, amigo!
Beijos

LuLLy, reflexiones al desnudo dijo...

Desde mi blog: Reflexiones al desnudo

Qué bonito es conocer más a través de tu blog.

Besos de buena vibra!

Duarte dijo...

Mariam,
está tudo claro, não te preocupes.
Respondi ao teu mail.
Boa viagem e que desfrutes muito. Cuidado com o calor!

Abraços

Duarte dijo...

Claudinha,
Assim foi. Tenho que ter o mar perto, ainda que seja só para saber que está aí e poder contempla-lo a prazer.
Fazê-lo-ei sempre, é um prazer.

Um grande abraço

Duarte dijo...

Lully,
aparece siempre que te apetezca, es un placer tenerte por aquí.

Abrazos

Ana dijo...

Que bonita está a Calçada da Baleia com aqueles toldos encarnados!
Senti saudades da Ericeira, onde não vou há séculos.
Aquele cheirinho a maresia é uma das minhas memórias olfactivas mais fortes.

Muitas vezes fui com os meus filhos (e mais tarde com os netos) ao Sobreiro.
Tenho em Sesimbra um Santo António pequenino moldado pelo José Franco.

Lindas fotos as tuas.
E belas palavras também.

Abraço

Multiolhares dijo...

Conheço bem os lugares retratados
Nas fotos , qual deles o mais bonitos,
Depois onde tem mar….parece ter uma beleza
Muito própria,
beijos

MARTHA THORMAN VON MADERS dijo...

Aqui é o paraíso? Deve ser, o lugar é pura poesia.

Duarte dijo...

Ana,
Conseguiste emocionar-me.
Desde que estive na tropa que não ia a Ericeira. Choveu, essa chuva miudinha que não pára, e que molha. Demos uma volta e fomos almoçar ao miradouro da baleia: que bom que estava o arroz de marisco!
Voltar ao Sobreiro foi pelos meus netos.
Vou fazer um post sobre José Franco, uma vida a imitar.
Obrigado pelas tuas palavras.
Abraços

Duarte dijo...

multiolhares,
estou de acordo contigo, tenho que viver perto do mar. Além dos já descritos, Nazaré, São Martinho do Porto, Figueira da Foz, Vieira, Costa Nova, Torreira, Ofir, Apulia, Moledo, Espinho, assim como todo o Alentejo e o Algarve: somos o Pais com mais praias de qualidade.

Abraços

Duarte dijo...

Martha,
Oxalá encontres sempre aqui aquilo que gostas... Congratular-me-ia.

Recebe todo o meu afecto num abraço

Bandys dijo...

Duarte,
Venho agradecer sua visita sempre tão simpatica ao meu cantinho.

Um beijo

Duarte dijo...

Bandys,
como já expressei noutras ocasiões é uma grande satisfação ver-te por aqui.

Beijos

Dois Rios dijo...

Querido Duarte,

Gostei muito do seu comentário. De fato recomeçar todos os dias tem mais a ver com o vigor da juventude e, como você mesmo disse, nem sempre compensa. Os pilares da minha casa estão apoiados sobre terra firme. Já não tenho mais idade para grandes recomeços.

Estavas fazendo falta nos meus rios, mas sei que foi por uma boa causa. Viajar sempre deixa uma boa saudade ocupando os espaços que porventura estavam vazios.

Andaste por lindos lugares. Quisera um dia conhece-los. Quem sabe!

Boas-vindas, Duarte!

Um grande beijo,
Inês

Duarte dijo...

Dois Rios,
aparece que serás bem-vinda e melhor recebida. É questão de decidir-te, o guia já o tens.
Proximamente contar-te-ei mais coisas, para que esse desejo cresça até converter-se nessa realidade que anelas.

É um grande prazer ter-te por aqui.

Recebe todo o meu afecto num grande abraço

María dijo...

Hola Duarte:

Me encantan estas vistas, donde puede contemplarse el mar, es una delicia observarlas.

En Portugal estuve por la zona de Fátima, de Coimbra, Nazaret, etc., y quedé encantada, hay unos paisajes maravillosos.

Te deseo una feliz tarde.

Un beso.

Duarte dijo...

María.
ya sabes, a volver, y hacer un recorrido por toda la costa, desde Caminha hasta Vila Real de Santo Antonio. Las islas las dejamos para otro viaje. Bueno, a las Berlengas si que podemos ir. Hablo en plural, pues me apunto.

Besos

Duarte dijo...

María.
ya sabes, a volver, y hacer un recorrido por toda la costa, desde Caminha hasta Vila Real de Santo Antonio. Las islas las dejamos para otro viaje. Bueno, a las Berlengas si que podemos ir. Hablo en plural, pues me apunto.

Besos

Maçã com Canela dijo...

Que fotos bonitas :) o nosso Portugal é maravilhoso!!!!!!

Cheira a terra e cheira a mar e cheira tão bem!

Um beijo

Maçã com Canela dijo...

Que fotos bonitas :) o nosso Portugal é maravilhoso!!!!!!

Cheira a terra e cheira a mar e cheira tão bem!

Um beijo

Duarte dijo...

maçã com canela,
concordo plenamente contigo.
É um orgulho ter uma terra assim...

Abraços

Duarte dijo...

maçã com canela,
concordo plenamente contigo.
É um orgulho ter uma terra assim...

Abraços

Ana dijo...

Agora apeteceu-me fazer uma pergunta indiscreta:
Se fizeste a tropa em Mafra não irias, à noite, no Verão, dançar à Ericeira?
Porque eu dancei, nos meus tempos de juventude, com muito rapazinho a cumprir o serviço militar no Regimento de Infantaria de Mafra...
Dançava-se no Hotel de Turismo e no Galeão.
Belos tempos...

Isto, com a idade, chegam as recordações:))

Abraço

Duarte dijo...

Ana,
Recordar é viver. Ademais do titulo dum livro que escrevi.
Não, eu fiz a tropa na Força Aérea, como especialista. A instrução, e a formação como mecânico de material aéreo, na Ota, perto de Alenquer, O resto, já como especialista e ao cargo do avião do comandante da Base, em São Jacinto, enfrente a Aveiro, do outro lado da Ria.
Oxalá tivesse sido eu, vejo difícil esquecer uma mulher tão bonita como tu.

Beijos

andorinha dijo...

Duarte parabéns pelas fotos que nos deixas e que retratam um pouco das tuas férias.
Que pena ter chovido quando passaste na Ericeira. O microclima aqui na minha encosta do mar é mesmo traiçoeiro :-) mas o cheiro a maresia continua intenso.
Espero que quando voltares me avises e vamos tomar um café à esplanada da Praia do Sul.
Um beijo.

Duarte dijo...

andorinha,
Prometo.
Como já disse mais acima, não ia por esses lados há quase quarenta anos e fiquei impressionado com o progressos.
Que bonita que está a nossa terra!
Um grande abraço

AnaPacheco dijo...

Oláaaaaaaaaaaaaaaaa! :) Já tentei deixar um comentário aqui noutro dia mas não consegui! E volto a referir aquilo que já tinha escrito: gostei muito do seu poema e as fotos estão também bonitas ... a espera no castelo do queijo teve as suas vantagens, deu os seus frutos :) brincadeirinha!!!
Agradeço-lhe também o poema que me deixou no blog ... Agradecida! É um verdadeiro poeta! E já sabe, quando publicar o(s) seu(s) livro(s) quero um :) Sim! Sim! Autografado! lol
Bjocas

Duarte dijo...

Ana,
Como estás? Imagino que estupendamente desfrutando das tuas férias.
Efectivamente, deu tempo para tudo, mas como vês bem aproveitado.
Sou aprendiz de tudo e mestre de nada, mas pelo menos aventuro-me.
Sem dúvida, esperemos que se concretize.

Beijos e abraços, comovido, será a saudade a fazer estragos?

AnaPacheco dijo...

Olá Duarte :)
Pois as minhas férias estão a ser muito molhadas ... chove imenso aqui e parece que já estamos no Inverno :( Pelo menos agora posso dormir mais e ficar uns diazitos para fazer NENHUM :D ... sem fazer nada ... muito bom e sabe muito bem de vez em quando lol
Sabe, gostei muito da sua frase: "Sou aprendiz de tudo e mestre de nada, mas pelo menos aventuro-me." ... vou guardá-la :)
Bjocas saudosas

Duarte dijo...

Ana Pacheco,
Fazes bem, descansa tudo o que possas.
Guarda, para quando for famoso a poderes exibir.
Um chi coração

Licas dijo...

Olá!
Belas fotografias do meu querido Portugal.

Lembras-te de um texto que coloquei no meu blog em Maio de 2008?

Relembro-to:
Caros Amigos

Muitos daqueles que se mostraram interessados neste desafio, demonstraram que os prazos previamente definidos comprometiam a sua participação. Uns porque estão com muito trabalho de final de ano lectivo, outros porque têm que estudar ou acompanhar os filhos ...
Ponderei e achei que, para termos mais pessoas envolvidas se devia alargar o tempo de participação.
Assim o tema que abaixo colocarei poderá ser tratado, ao ritmo de cada um, até final de Setembro.

Que dizem?
Estará melhor assim?

Espero desta forma agradar a todos e de todos obter a participação.

O tema será:

A FAMÍLIA - TRANSMISSÃO DE REFERÊNCIAS E VALORES

Com muito carinho fico a aguardar a vossa criatividade.

Um abraço
Licas


Faz um esforço por colaborares agora que vieste mais descansado de férias.
Um abraço
Licas

Duarte dijo...

Licas,
agradeço a tua boa intenção mas não quero comprometer-me com algo que sei que não vou cumprir.
Sou o Presidente duma Associação, ademais da minha actividade normal. estou limitadíssimo de tempo e, como tal, vejo-me obrigado a declinar a tua proposta.
Recebe todo o meu afecto.
Abraços

pepa dijo...

¡Que mar!
¡Que fotos!
Me encanta Portugal y las palabras con que lo adornas.

Besos