viernes, 1 de mayo de 2009

EXPO DE VALENCIA - 1909



HAN PASADO CIEN AÑOS




EL AYER Y EL HOY EN EL RECINTO DE LA EXPOSICIÓN






El año 1909, fue vivido en Valencia con suma intensidad. Era el año de la Exposición Regional.
¡Estamos en el año del centenario!










La Exposición Regional marcó el inicio del arranque de la ciudad. Quedó en la memoria de los valencianos como un tiempo feliz, de opulencia y esplendor, en el que la ciudad encontró razones para capitanear con fortuna un gran proyecto de índole regional, que la impulsaría al resto del País y en el mundo.
Con este evento la sociedad valenciana pasó a conocer las fascinaciones y que le traía el nuevo siglo XX. Las novedades técnicas ya conocidas se consagraron y extendieron, como el automóvil, el cine o el fonógrafo que muchos valencianos pudieron ver allí por vez primera.







La Exposición Regional trascurrió entre el 22 de mayo y el 22 de diciembre de 1909. Sirvió para lanzar la sociedad valenciana con pujanza en la cultura, la industria, la economía, la artesanía, el ocio, el turismo, la exportación y la proyección exterior: autoestima e progreso.
Los valores, más destacados, que Valencia quiso potenciar están latentes en la letra de su Himno, creado por de Serrano y Thous: “Para ofrendar nuevas glorias a España, nuestra región supo luchar…”. Un Himno, que nació para la Exposición, que es hoy el Himno oficial de la Comunitat Valenciana.






El sentimiento de aquellos días es positivo. Fueron días de brillantez para Valencia, el rey vino a inaugurar la Exposición y toda España fijó sus ojos en una ciudad que se había renovado. ¡Se sentía más guapa!
¡Han pasado cien años! Para celebrarlo, os dejo una muestra del ayer y el hoy, de la zona de la exposición, de esta bella ciudad, VALENCIA.








113 comentarios:

María dijo...

Hola, de nuevo, amigo Duarte:

En el anterior post he sido la última, en éste soy la primera.

Estoy saboreando la música que has puesto al lado derecho, veo que tienes muy buena selección de temas, y he elegido EUROPE, que me encanta.

Asi que, entre la música y las imágenes tan bellas, estas haciendo de mis momentos muy agradables, en este día 1 de Mayo, festivo en España por ser el día del trabajador.

El arte de las imágenes hablan por sí sólas, no conozco Valencia, pero gracias a ti la estoy viendo.

Gracias por compartir tantos posts bonitos.

Un abrazo muy fuerte.

Juani dijo...

bUENO AL MENOS EL CAMBIO HA SIDO MUY BUENO, NO CREES?, DEBEMOS RECONOCER QUE VALENCIA ESTA PRECIOSA Y QUE SUS MONUMENTOS SON IMPRESIONANTES
QUE PASES UN FELIZ DIA
SALUDITOS

Sara dijo...

Que bonitos reportajes nos muestras siempre, desde luego deberian nombrarte Hijo honorifico de Valencia, con que mimo siempre hablas de esa ciudad,y que elegancia siempre la tuya al tratar cualquier tema, un placer, el haber estado casi en la inauguración de esa primera Expo de Valencia, a través de tus fotos en blanco y negro y ver todos los cambios desde esa primera vez a ahora, también a través de tus fotos.
Un abrazote

Duarte dijo...

Querida María,
contribuiré para que así sea. Valencia está cada día más guapa.
Brevemente incluiré un post con imágenes del interior del Palacio de la Exposición, son impresionantes, ya verás.
Recibe todo mi afecto en un gran abrazo

Duarte dijo...

Juani,
si, esta zona ha quedado muy bella. El interior del Palacio está muy cuidado y es de una belleza incomparable. Aguardo el permiso para publicar las fotos.
Iremos viendo cosas de la "terreta".
Que tengas un buen día, pleno de felicidad.
Abrazos de buena amistad

Duarte dijo...

Sara,
no puedo tener otra actitud ante una ciudad y unas gentes que me han recibido con los brazos abiertos, seria injusto.
Me quedo feliz por saber que todo es de tu agrado.
Reconocido, te abrazo, buena amiga

São dijo...

Aprendo sempre coisas interessantes contigo.

Muito grata te fico por este post.

VIva o Dia do Trabalho!!

Bom final de semana junto a quem te ama!

Duarte dijo...

São.
gracias amiga, por los piropos.
Estou-te grato por todo o alento que me dás.
Apoio a tua moção com um viva ao dia do trabalho, para o descanso.
O mesmo desejo para ti, que sejas imensamente feliz.
Beijinhos

Ana dijo...

Estou voltando, devagarinho, que o tempo para mim ainda não é muito.

Como gosto de ver fotografias de antigamente!
Em Espanha sabe-se bem cuidar do passado com aquele orgulho e ternura que a nós portugueses (no geral, não a mim nem certamente a ti) costuma faltar...

Mais um belo post como de costume.

Beijinho, Duarte.

PS - A minha ausência deveu-se a uma cirurgia do meu marido (substituição da válvula da aorta).
Digo-to apenas aqui, porque não quis falar no asunto lá no meu blog.
Tudo está melhor e já estamos em casa. Daí que eu vá tentar retomar a postagem sempre que me for possível.
Obrigada pelo teu cuidado.

Duarte dijo...

Ana,
gostei imenso de te ver por aqui, o que quer dizer que já estás em casa e que tudo foi bem, que é o que realmente importa.
Concordo totalmente contigo na reflexão que fazes.
Mandei-te um mail que não sei se recebeste, quando possas confirma-o.
Costumo cuidar aos meus amigos, mesmo na distância.
Um forte abraço, querida amiga, ânimo!

tulipa dijo...

Excelente post.

Há uma data para comemorar: o meu "Momentos Perfeitos" faz hoje 1 ano.
Convido-te a vires brindar comigo!

Feliz "Dia do Trabalhador".
Bom fim de semana prolongado.

ESPREITA...e vê se conheces o restaurante onde estou à espera de todos vós, para fazermos um brinde!

Duarte dijo...

Tulipa,
agradeço as tuas palavras de consolo.
Claro que passo, como não, se é uma festa!
Feliz dia.
Bom fim de semana e um abraço

Menina do Rio dijo...

Esta lindo, Duarte!

Desculpe a minha ausência mas tive que trabalhar dobrado estes dias de abril, pois precisava pagar o registro e a capa do meu livro. Era uma oportunidade que eu não podia deixar passar. Agora vou retornando as visitas aos poucos, mas hoje tinha que vir aqui ao menos pra deixar-te um beijo.
Tem um ótimo domingo!
Verô

Duarte dijo...

Verô,
quero que me informes da data do lançamento do livro.
Não sei o que custam os registos em Portugal mas aqui são módicos. Estás agregada a alguma editorial o vais editar pela tua conta?
Claro que sim, mas se estão interessados é questão de negociar. Bom, se queres já me contarás.
Um bom domingo e beijinhos

Duarte dijo...

No dia de hoje, DIA DA MÃE, deixo-vos a todas vós, MÃES, esta pequena homenagem, na pessoa da minha mãe.
Sei que ela donde quer que esteja sentir-se-á feliz...

MÃE

Viva tenho a sua imagem,
deambula comigo tão fiel bagagem,
como a sua voz que fez presa em mim.
Afagos cheios de ternura que recebi,
abraços e beijos sem fim.
Impossível mãe! Não a esqueci.

Mãe como dói e entristece o silencio da sua ausência
Madre del alma

Lena dijo...

Como sempre as fotos estão lindas, e a reportagem sobre Valencia esta otima...
Sabes que a Tour Eiffel acho que também foi feita para um expo universal e depois era para ser destruida, so que não aconteceu...e hoje torna se um dos monumentos a visitar.
um bom domingo Duarte

Beijinhos

mdsol dijo...

Duarte:
Por motivos variados não tenho podido andar por aqui. Vou espreitando a correr! Fico contente com as tuas visitas e peço desculpa por não poder retribuir. Qualquer dia entra tudo na "normalidade"
Mais um post soberbo! Cheio de sensibilidade e bom gosto!
:)))

Duarte dijo...

Lena,
esta exposição foi inicialmente regional e depois nacional, devido ao êxito obtido.
Conheço Paris e estive na Torre Eiffel, quero voltar, para mim a cidade mais bela do mundo.
Que tenhas uma boa semana.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Mdsol,
amiga, independentemente de se vens ou não, eu vou a enriquecer-me e a fazer-te um pouco de companhia.
Gostei de saber que gostaste.
:)))

Tinta Azul dijo...

Duarte,

Fico espantada com o pormenor das tuas reportagens. Sempre tão cuidadas e completas.
Obrigada por dares a conhecer as coisas assim.

Um grande abraço.
:)

Duarte dijo...

Tinta Azul,
considero as tuas palavras uma prova de amizade. Se é do teu agrado, eu encantado.
Recebe todo o meu afecto num forte abraço

Cris Caetano dijo...

Lugar lindíssimo. Pena, não conheço.

O flyer da exposição é fantástico. Admiro o bom gosto dos espanhóis no uso das cores, não há medo, principalmente em arquitetura, as cores sempre estão presentes.

Beijinhos

Duarte dijo...

Cris,
já sabes o que tens que fazer, aparecer por aqui.
Gostas da arte em geral ou da arquitectura em particular?
Estávamos em 1919!!!
Sorolla pintou como ninguém a luz do mediterrâneo.

Um forte abraço

Ana dijo...

Volto aqui só para responder que não recebi qualquer e-mail, nem poderia, uma vez que o meu endereço que aparecia no blog teve de ser retirado e eliminado porque, a certa altura, comecei a receber mensagens desagradáveis.

Beijinho, Duarte.

mariam dijo...

Duarte,

que maravilha, imagens actuais e de outrora! volto mais logo, p'ra ler com calma... agora foi 'a correr' .

Um sorriso :)
mariam

Menina do Rio dijo...

Que maio seja-te muito compensador, Duarte! Abril já passou e nós estamos aqui arranhados, mas inteiros!

Tudo de bom pra ti, querido

Duarte dijo...

Ana,
totalmente de acordo. Obrigado amiga.
Era sobre um filme, mas que já não recordo bem. Se o localizo contacto contigo.
Um forte abraço

Duarte dijo...

Mariam,
que maravilha, pelo menos sei algo de ti!!!
Aparece sempre que queiras.
Beijinhos e um sorriso

Duarte dijo...

Menina do Rio,
como a canção do "Dúo Dinámico" "Resistiré", neste caso, resistiremos...
Beijinhos, meus

mariam dijo...

Duarte,

fiz uma pausa curtinha mas deu p'ra descansar :)

agora sim li e revi as imagens! fantástico! como já há tantos anos e a a 'grandeza' que deve ter sido a essa EXPO!

parabéns p'la tua excelente foto-reportagem :)

um grande abraço
beijinhos
mariam

Duarte dijo...

Mariam,
vindo de ti sabe melhor. Obrigado
Um forte abraço, beijinhos e um eterno sorriso

São dijo...

Serão piropos, amigo, mas verdadeiros.

Um abrazo.

Duarte dijo...

São,
estou convencido de que é assim, nota-se!
Uma pessoa como tu não perderia o tempo com essas coisas.

Beijinhos de boa amizade

poetaeusou . . . dijo...

*
e recordar é viver,
calma . . .
eu sei que não eras vivo, srsrsr,
,
um grande abraço, meu amigo,
,
*

Duarte dijo...

Poetaeusou,
uma grande dedução a tua, que esforço!

Retribuição desse abraço, amigo Zé

M@ dijo...

As amizades são como flores,
se a gente não regar elas morrem...
´´´´´´´´´´´´´´´´øøøø
´´´´´´´´´´´´´øøø´´´´øøø
´´´´´´´øøøøø´øø´´´´´´´øø´´´øøø
´´´´´øø´´´´´øø´´´´´´´´´ø´øø´´´øø
´´´´øø´´´´´´´øø´´´´´´´øø´´´´´´´´øø
´´´øø´´´´´´´´´ø´´´´´´´ø´´´´´´´´´´øø
´´´øø´´´´´´´´´´´´´´´´´ø´´´´´´´´´´øø
´´´´øø´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´øø
´´øøøøøøø´´´¶¶¶¶´´¶¶¶¶´´¶¶¶´´øøøøøøø
øø´´´´´´´´´¶¶¶´´´´¶¶¶¶´´¶¶¶´´´´´´´´øø
øø´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´øø
øø´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´¶¶¶¶´´¶¶¶´´´´´´´´´øø
øø´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´¶¶¶´´´¶¶¶´´´´´´´´´øø
øø´´´´´´´¶¶¶¶´´´´¶¶¶´´´´¶¶¶´´´´´´´´øø
´´øøøøøø´´¶¶¶´´¶¶¶¶´´´´´¶¶¶´´´øøøøøø
´´´´øø´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´´¶¶¶´´´øø
´´´øø´´´´´´´´´´´´´´´´´ø´´´´´´´´øø
´´´øø´´´´´´´´´ø´´´´´´´´ø´´´´´´´´øø
´´´´øø´´´´´´´øø´´´´´´´´øø´´´´´´´øø
´´´´´øøø´´´´øøø´´´´´´´´ø´ø´´´´´øø
´´´´´´´´øøøø´´ø´´´´´´´´ø´´øøøøøø
´´´´´´´´´´´´´´´øø´´´´øø
´´´´´´´´´´´´´´´´´øøøø
Hoje vim regar as minhas!!!

Duarte dijo...

M@,
Que bonito!!!
O meu agradecimento por tais atenções. Que detalhe!

Gosto imenso de flores...

Gostei

Rodolfo N dijo...

Cuanta belleza amigo nos haces disfrutar...
La pulcritud para mostrar lugares tan bonitos ,cargados de historia y de misterios es un sello distintivo que te caracteriza.
Un abrazo.

Arabica dijo...

Duarte,


obrigada por estes minutos de História atenta!

Vendo agora, na perspectiva Presente-Passado, percebemos o quanto foram importantes todas as exposições efectuadas. O abrir de olhos e de espaço -ao sonho- que permitiram, ao simples homem comum que as visitava, deslumbrado com esse nova visão -possível-, de vida.

Quase imaginei JuanJo correndo por essas ruas, algures entre passado e presente :)


Um grande abraço lisboeta, ao valenciano de coração que nos oferece este pedaço de História :)

E dois beijos de bom dia! :)

Duarte dijo...

Rodolfo N,
quiero que mis amigos conozcan lo posee calidad, en caso contrario, es mejor no hacerlo.
Me resulta gratificante comprobar que lo reconoces.
Gracias, amigo, por tus palabras de aliento.
Abrazos

Duarte dijo...

Arábica,
a pedra angular de este grande projecto deve-se ao esforço dum homem empreendedor da época Tomás Trenor e a um arquitecto genial Francisco Mora que teve que trabalhar com tempo limitado. O salão de recepções, que é a zona dos arcos, alberga lindíssimos vitrais, que acabo de fotografar. Obtive uma licença para tal fim e só aguardo que me autorizem a sua utilização.
Recebo com uma grande carga emocionar esse abraço lisboeta, por ser teu, e porque vem duma cidade que adoro, Lisboa.

andorinha dijo...

Mais uma excelente reportagem, tão bela como todas as outras a que já nos habituaste. Valência deve estar orgulhosa de ter alguém como tu a divulgar os seus encantos, mesmo os do passado.
Um beijo, Duarte.

Cris Caetano dijo...

E vou aparecer, sim, Duarte! Gosto da arte em geral, aliás, adoro! E sou arquiteta. :)

Tenho que olhar teus posts antigos com mais tempo. Tem coisas lindas aqui.

Beijinhos

Dois Rios dijo...

Meu querido,
Mais uma trabalho de esmerada dedicação e mais um dado que me pões a par. Gosto dessas histórias e dessa cultura tão diferente da minha e ao mesmo tempo tão familiar.
As imagens são belíssimas e mais ainda o contraste do passado com o presente. Ambos belos, cada qual no seu tempo.
Deletei-me, como sempre!

Meu carinho,
Inês

Duarte dijo...

Andorinha,
agradeço a tua apreciação. Não creias! Há um ano que solicitei um local pra a Associação e ainda não o tenho. Como sou constante sigo insistindo.
Um forte abraço

Duarte dijo...

Cris,
A arquitectura é, com a escultura, uma das minhas paixões, mas não faço caras raras a nenhuma das artes.
Tenho algumas coisas preparadas que vais gostar.
Beijinhos

Duarte dijo...

Inês,
vais ter que estar atenta, vou incluir fotografias do interior: os vitrais são impressionantes!
Aquilo que me atrai, e que penso pode ser do vosso interesse, aqui o vou deixando.
Beijinhos e uma meiguice

Efigênia Coutinho dijo...

os vitrais são impressionantes!

AO MERCADO PUBLICO DE SÃO PAULO, TEM VITRAIS DESLUMBRANTES, GOSTO DE IR LÁ, ME SENTAR NO SEGUNDO ANDAR, E FICAR APRECIANDO A ARTE DESTES ...

SAUDADES,
EFIGÊNIA COUTINHO

PS: novo cantinho dedicado aos amigos...
http://efigeniacoutinhoselospremiosblogsamig.blogspot.com/

Duarte dijo...

Efigênia,
brevemente poderás ver aqui os vitrais desde o interior, a contraluz.
Beijinhos

Justine dijo...

És um reporter nato, amigo, cheio de rigor e sensibilidade! E que interessante este confronto entre os locais há um século e agora:))
Ansiosa por conhecer esses locais ao natural, que tu tão bem valorizas no teu post.
Abraço, que em breve será de verdade:))

Duarte dijo...

Justine,
aquilo que digo é porque o vejo e valoro assim. A tua valoração de rigor será mais autentica quando o observes por ti mesma.
Aguardo esse momento expectante e impaciente...
Beijinhos

Barbara dijo...

Valencianos, Olé!

Duarte dijo...

Barbara,
muito obrigado...
saudações

MENSAGENS AO VENTO dijo...

___________________________________


Que belas fotos!

Assim, conheço um pouco da história de Valencia...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Um bom domingo...

Zélia (Mundo Azul)

__________________________________

Duarte dijo...

Zélia,
obrigado.
Que sejas imensamente feliz, sempre.
Beijinhos para ti com todo o eu afecto.

Claudinha ੴ dijo...

Amigo Duarte! Adoro fotografias antigas e mais ainda a sua comparação cem anos depois! Imagino a beleza , se cem anos antes já era tão lindo... Observei algumas mudanças em detalhes de janelas ou torres que o inevitável progresso (ou ainda o tempo) fizeram mudar. Fui acostumada a valorizar as obras de arte, inclusive as arquitetônicas, e tenho uma curiosidade imensa com as história delas. Tambpem me envolvo psiquicamente com elas e sinto vibrações do passado que ecoam impregnadas em suas paredes, causando em mim intensa viagem ao tempo.
Um grande abraço mineiro, das montanhas do lado de cá do mar.

Duarte dijo...

Claudinha,
és um ser maravilhoso que me impulsa a melhorar...

Quero-te ver do lado de cá, para que possa mostrar-te todas as maravilhas que te esperam. Convence à tua família e passai aqui umas longas férias.

Temos um elo comum: eu sou assim. Por isso me inclino por estes temas. Já verás o que tenho preparado!

Desde terras valencianas, desta Valência del Cid Campeador, um grande abraço para TI

São dijo...

A resposta que me deste demonstra que és bom avaliador de pessoas, parabéns.

Um abraço, amigo.

Duarte dijo...

São,
amiga, deixaste-me preocupado, positivamente, claro, sempre expresso aquilo que sinto, sempre que não possa ferir.
Também te abraço

tulipa dijo...

Amigo Duarte

Venho agradecer a sua ida ao meu "Momentos Perfeitos" para a festa do 1º aniversário.
Ainda bem que gostou da "travessa".

No outro blog "Deabrilemdiante" falo de cinema, sou uma cinéfila e gosto de mostrar as histórias que vejo no ecrã das salas de cinema, não gosto de ver cinema em casa. É completamente diferente, não tem nada a ver com aquela sensação de estar numa sala própria com som adequado aos filmes.
Ainda sou à moda antiga...

Como dizes:
cá vou deambulando...narrando e elucidando através dos meus blogues.

Recebe todo o meu afecto num grande abraço.

Duarte dijo...

Tulipa,
temos que estar activos tanto física com o intelectualmente, para atrasar certos progressos negativos.
Vou dar uma voltinha pela tua casa.

Beijinhos de boa amizade

Faria dijo...

Obrigado amigo Duarte pelo divulgação de tanto património histórico, de arte social e humana que nos oferece.
Obrigado também pela amizade constante que me oferece nos cumprimentos que me deixa no E-mail e no Zémaiato.
Saúde

Rosa dos Ventos dijo...

Brindas-nos sempre com óptimas e belíssimas informações!

Abraço

Arabica dijo...

Duarte,

a guerrilha dos antivirus cessou.

Voltei, ainda que sem som.

A resolver.

Obrigada por mais uns detalhes importantes na construção deste post. Esperemos que as fotos sejam liberadas rápidamente.

Beijinhos de bom inicio de semana!

Menina do Rio dijo...

Duarte, vim deixar-te um beijo e te desejar uma ótima semana!

Duarte dijo...

Zé,
gosto de ser recíproco. Nunca deixo um comentário ou visita por responder.
De maiato a maiato, um grande abraço

Duarte dijo...

Rosa,
fazes-me feliz com tal confirmação.

Beijinhos

Duarte dijo...

Arábica,
de momento vou escapando, talvez porque emprego outra tecnologia, seja o que for, mas que dure.
Obrigado.
Beijinhos que que tenhas uma boa semana

Duarte dijo...

Verónica,
beijinhos e que tenhas uma semana feliz.

Maria Jesús dijo...

Como siempre, tu bello espacio es un lugar cultural en el que detenerse y enriqucecerse. Sabes que adoro visitar tu espacio pues es una forma excelente de viajar y de llenarse de todo aquello que nos muestras en cada palabra y en cada imagen. Gracias, Duarte, por aportarnos tanto y por compartirlo con nosotros. Personas como tú contribuyen a embellecer y mejorar el mundo. Besos y feliz semana

Menina do Rio dijo...

Boa semana Duarte!
Um beijo

Duarte dijo...

María Jesús,
tus palabras engloban esa magia que tanto te caracteriza y que a mi tanto me agrada.
Si lo que expongo te gusta y además lo consideras útil, me estás haciendo muy feliz, gracias por ello.
Que tengas una buena semana: para contribuir para ello te dejo un abrazo

Duarte dijo...

Verónica,
obrigado, és encantadora!
Um grande abraço e uma boa semana

Carla dijo...

fotos fantásticas e um texto muito explicativo
parabén
beijos

Maria dijo...

Duarte,
vim dar-te um abraço :)
beijinhos
mariam

mariam dijo...

Duarte,
desculpa, por lapso com uma conta sem blog no coment anterior..

beijinhos
mariam

Duarte dijo...

Carla,
obrigado, palavras assim são o estimulo necessário para seguir.
Abraços

Duarte dijo...

Mariam,
sem problema.
Agradeço o abraço, que retribuo, assim como os beijinhos, e agrego um sorriso de orelha a orelha, pela satisfação!

Maria Clarinda dijo...

Excelente post, obrigada por toda a informação e pelas fotos.
Jinhos

Duarte dijo...

Maria Clarinda,
é um prazer.
Abraços

Lena dijo...

Mais um fim de semana a porta,
chuvoso , esta otimo para descançar.

Um beijo Duarte

Duarte dijo...

Lena,
aqui também está um pouco incerto, até choveu esta tarde, muito pouco, mas há dias fez bastante calor, 32 ao meio dia.
Um grande abraço e que sejas feliz

Dois Rios dijo...

Cadê os vitrais que você prometeu, meu querido amigo? Essa espera está muito longa.
Saudades de ti aqui no teu canto (Amigos de Portugal).

Carinhos,
Inês

Duarte dijo...

Inês,
sou homem de palavra e só está a demorar porque o departamento do Património Municipal ainda não me deu a autorização para as exibir. Tenho uma autorização municipal, e as fotografias já estão feitas, no mesmo dia que estas, mas as do interior têm que passar por essa particularidade. Se demoram colocarei outro, e quando me autorizem o que está previsto.
Quero cumprir, já que estou a usufruir duma regalia que não é concedida facilmente.
Espero que o compreendas.
Também passo por esse sentimento.
Mimos e carinho para ti, meus

Dois Rios dijo...

Querido Duarte,

Diante desse impasse, a minha espera suaviza-se. Sei que é por uma nobre causa.
Aguardarei paciente e ansiosamente.

Meu terno beijo,
Inês

Duarte dijo...

Inês,
querida amiga, confesso, publicamente, que não estou habituado a tanta delicadeza, mas que agradeço um tratamento tão deferente e diferente.

Assumo essa ternura no beijar ao que agrego um cálido abraço

Arabica dijo...

Duarte,

aqui estou a saudar-te neste fim de tarde de domingo. Mais umas horas e nova semana, começa.

Que seja uma boa semana, com dias bem preenchidos e bons momentos.

Um abraço meu.

Duarte dijo...

Arábica,
obrigado pela gentileza. Para mim todos os dias já são fim de semana, ainda que nunca tenho tempo para aborrecer-me.
Não acabo de organizar-me como desejo. É pouco tempo de experiência e pode que me tenha metido em demasiadas coisas.
Aceito esse abraço e beijo-te agradecido

Vieira Calado dijo...

Essas exposições doutros tempos tinham, para mim, mais «nice»
que as dos nossos tempos...

Um forte abraço

São dijo...

Pensei que já havia novas...

Excelente semana para ti, meu amigo.

Duarte dijo...

José,
concordo plenamente contigo, tinham outro encanto.

Um forte abraço

Duarte dijo...

São,
como explico mais acima o atraso é devido a uma situação técnica de aprovação.

Que tenhas uma boa semana.
Besos

María dijo...

Hola, amigo, Duarte:

Aunque esté mi huella por duplicado, no me importa, porque quiero dejarte mis saludos, a la vez decirte que son tan bellas las imágenes, que siempre nos haces decorar nuestras miradas.

Un beso, amigo, Duarte.

Duarte dijo...

María,
la ternura de tus palabras, independientemente de donde las escribas, son un buen lenitivo para mi. Gracias amiga.

Un beso con todo mi afecto

Menina do Rio dijo...

Sempre admirando estas belas imagens!
Duarte querido, obrigada!
O Livro será distribuido por 10 livrarias em Portugal e passarei a lista assim que a tiver. Também será vendido pelo site da Editora em formato físico e em E-book. Assim que tiver os detalhes, eu aviso a todos os amigos.
Obrigada pela força! Devo este livro a vós que me acompanham pelo blog.
Um bem haja!

Duarte dijo...

Verónica,
falei-te varias vezes dessa possibilidade, pois os teus sonetos reúnem os requisitos da boa gramática.
O êxito é seguro, veremos se chego a tempo de o comprar...!
Sou um grande admirador teu, repartes simpatia com a tua empatia.

Beijinho, meus

Emanuel Azevedo dijo...

Como sempre…Óptimo trabalho! Os meus parabéns! Recebe um abraço das ilhas de bruma e continuação de boas fotos.

Antonio dijo...

Valencia bella hoy y siempre.

Un abrazo

Duarte dijo...

Emanuel,
obrigado, sigo intentando-o.
Um abraço desde terras valencianas.

Duarte dijo...

Antonio,
concuerdo plenamente contigo.

Un abrazo

tulipa dijo...

Hoje, especialmente, gostaria de ser abraçada.
Magoaram-me na blogosfera...
Fui acusada, enxovalhada...
Só há maldade na mente das pessoas.
Necessito
de um abraço
de amizade,
carinho
e
de confiança.

Duarte dijo...

Tulipa,
querida amiga recebe esse abraço pleno de afecto que só os bons amigos te podem dar, conta comigo, sempre.
Beijinhos

Maria Faia dijo...

Interessante.
Não conhecia a história da Exposição Regional Valenciana de 1909.
A amizade blogosférica tem-me revelado muito sobre outrém e outras paragens que, provavelmente, continuaria a desconhecer se não caminhasse por aqui.
Obrigado Amigo pela partilha.

Um abraço com votos de bom fim de semana e cheirinho portugês,

Maria Faia

Duarte dijo...

Maria Faia,
a mim passou-me o mesmo: é muito o que tenho aprendido.
Prosseguirei na divulgação com a esperança que seja do teu agrado.
Desde terras valencianas um forte abraço e bom fim de semana... já começo a necessitar desse cheirinho da nossa terra.

Deusa Odoyá dijo...

Olá meu amgo Duarte.
Uma linda homenagem a um patrimônico histórico, de grande valor.
A musica me fez viajar até seu pais.
As imagens muito lindas.
Parabéns, uma bela postagem.
Uma semanan de muita paz, amor e luz.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.

Duarte dijo...

Regina Coeli,
agradecido estou pela calidez das tuas palavras, Obrigado.
O mesmo desejo para ti, que sejas muito feliz.
Um grande abraço

Efigênia Coutinho dijo...

JOAQUÍN DUARTE
grande postagem, onde a história se faz presente ao presente de seu povo vivido e sentido, belíssima postagem, como sempre você brinda seus leitores, com arte e cultura.

Andei uns dias fora do ar, e retorno para poder visitar os amigos,
Efigênia Coutinho

Duarte dijo...

Efigênia,
é um prazer ver-te por aqui, aparece sempre.
Fizeste bem, viajar enriquece.
Quanto à postagem, é a realidade duma cidade que soube seguir a evolução com o tempo que lhe tocou viver em cada momento.

Um abraço

Maria Jesús dijo...

Vengo a agradecerte las caiñosas palabras dejadas en mi blog y a desearte la mejor de las semanas, querido Duarte

poetaeusou . . . dijo...

*
relendo
cheguei á conclusão,
que a conservação dos
monumentos Espanhóis,
só têm paralelo em Portugal,
hehehehehe . . .
,
aquele abraço, deixo,
,
*

Duarte dijo...

Amigo Zé,
hehehehehe...
que nunca te falte o bom humor...

Um grande abraço pra ti

Dois Rios dijo...

Meu querido Duarte,

Obrigada pelo seu comentário. É incrível como acostumei-me com a sua presença lá nos meus rios. Quando você não aparece as águas ficam revoltas, rsrs...

Quanto ao post em questão, aproveito a deixa do poeta para dizer que para sermos felizes de fato, ainda que por breves instantes, temos que fecharmos os olhos para o medo e nos entregarmos de corpo e alma ao deleite da vida.

Meus muitos carinhos,
Inês

Duarte dijo...

Inês,
quando noto a tua ausência tenho a sensação de que fiz algo que te enojou, o que me preocupa.
Nisso ando, querida amiga, tento ser feliz em cada momento. Mesmo reconhecendo que recordar é viver.

Aceito, gostoso, os teus carinhos, e abraço-te emocionado