miércoles, 25 de mayo de 2011

CARICIAS DE ROSA

Sendo que no mês de Maio se rende homenagem às MÃES, e ademais é o mês das ROSAS, aqui deixo CARICIAS DE ROSA à minha e a todas as mães...




Rosa, o nome da minha mãe.
Como o da rainha das flores!
Seus dedos possuíam a suavidade
duma carícia aveludada,
como a da sua pele, branca e corada,
que cheirava a rosa recém-cortada…





Rosa, el nombre de mi madre.
¡Cómo el de la reina de las flores!
Sus dedos poseían la suavidad
de una caricia aterciopelada,
como la de su piel, blanca y colorada,
que olía a rosa recién cortada…






Estas rosas, estão no Jardim de los "Viveros de Valencia", na "Rosaleda López Rosat".
São as rosas "Jubilé du Prince de Monaco- Meisponge"

74 comentarios:

Bete M. Silva dijo...

Olá!
Que beleza.

Abraços.

Rosa dos Ventos dijo...

Lindas as tuas rosas e o nome da tua mãe!
A minha sogra chamava-se Rosa! :-))
E eu sou a Rosa dos Ventos que não tem a ver com estas mas a sua configuração é semelhante! :-))

Abraço

Lena dijo...

Belas as rosas do Jardim de los "Viveros de Valencia"...Meu jardim, e a frente da minha casa tb esta cheia de roseiras e nesta altura parece "um Mar de Rosas"...
Obrigada pela dedicatoria Duarte, tb sou "mãe"...e muita vez digo que sou mãe antes de ser mulher...

Beijinhos

Duarte dijo...

Bete,
aceito a tua apreciação: sabes de fotografia e de sensibilidade.
Beijos.

Duarte dijo...

Rosa,
deixaste-me intrigado. Estava convencido que te chamavas Rosa! Coisas minhas.
A vida encheu-se de rosas á minha volta, mas alguma com excessivas espinhas...
Gostei do teu comentário. :)))
Abraços

Duarte dijo...

Lena,
quase sempre é assim, ante tudo, os filhos.
A tua sensibilidade fica bem latente em cada palavra que escreves.
Se cheguei a ti com a minha mensagem, fico feliz. :)))
Beijinhos

Justine dijo...

Gesto encantador e comovente, amigo. Vou guardar uma, para alegrar os meus olhos:))
Um beijo e obrigada!

Duarte dijo...

Justine,
os rosais estavam exuberantes de flores, cores e perfumes. Quanta beleza! A climatologia foi a adequada, ainda que me obrigou a ir varias vezes, sem poder fotografar. A chuva estragou muitas, mas as que se salvaram por estar em botão, e as que abriram posteriormente; radiantes.
Fui dois dias seguidos a fotografar e fiz aproximadamente seiscentas fotografias... algumas, para orgulhou meu e compensação ao esforço, ficaram fantásticas.
Guarda todas as que queiras, para mim é um orgulho.
Beijinhos

AFRICA EM POESIA dijo...

Duate
O teu carinho não tem limites.
Lembro um proverbio antigo
Quem feio ama...bonito lhe parece.
Beijinho grandeeeeeee

AFRICA EM POESIA dijo...

Estas rosas
tem uma beleza sem comentários. parecem vindas do céu sopradas pelo amor da tua Mãe.
Para ti.
UM BEIJO

Claudinha ੴ dijo...

Um grande beijo à sua Rosa e às belíssimas rosas que adornam este post! Que cores belíssimas! Bela descrição da suavidade de sua mãe! Um beijo.

lita duarte dijo...

Oi, Duarte.

Que lindas rosas, e que cores maravilhosas. Só falta sentir o aroma.:)

Bjos.

Dois Rios dijo...

Que lindeza, meu amigo! A homenagem, os versos, as imagens... enfim, tudo belo, suave e delicado como as rosas.

Sinto-me, desde já, acariciada por esse gesto tão especial e tão seu.

Muitos carinhos,
I.

Duarte dijo...

Lili,
as tuas palavras estão embebidas pelo veludo dessas rosas, fiquei fascinado.
Sou pessoa de afectos, bem sabes.
Não conhecia o provérbio e gostei.
Um grande abraço.

Duarte dijo...

Lili,
algo de certo tem a tua conclusão. Como já disse mais acima, fiz muitas fotografias neste belo jardim y elegi estas, por algo será. A minha mãe está sempre presente em mim.
Beijinhos e uma caricia

Duarte dijo...

Claudinha,
sei que ela sentiu-o e eu também.
À minha mão passava-lhe algo parecido ao que me passa a mim, muitas vezes somos incapazes de expressar com palavras o muito que queremos e amamos, mas num abraço ia todo esse sentir, que se percebia.
Obrigado, amiga, muito querida.
Beijinhos

Duarte dijo...

Lita,
se te esforças um pouquinho vais conseguir percebê-lo, é o mais sublime!...
Obrigado, querida amiga, e um grande abraço

Duarte dijo...

Inês,
a delicadeza vive em ti. Tu, mulher de fortes sentimentos e belos dizeres, por nobres sentires, possui o dom de expressar um profundo sentir, o que agradeço infinitamente. Conseguiste emocionar-me. Um cumulo de dizeres que tu e as amigas que te antecederam fizeram com que as essências de sentimentos e percepção de sentires fizessem que todo o meu ser vibre de satisfação por algo tão belo e profundo... um muito obrigado.
Sente-te acariciada já, é o que sinto e o que me inspiras, querida amiga, amiga da alma.
Um grande abraço e uma caricia

Sara dijo...

Gracias amigo Joaquín, por estas rosas, por estar ahí siempre, estuve desaparecida , os eché en falta mucho, pero ahora ya vuelvo para quedarme , ¡como seimpre! y llena de montaña jajaja.

La anterior entrada de Albarracín, preciosa también, que ganas tengo de conocer esa Sierra y patearla.

Abrazotedecisivo amigo

La Gata Coqueta dijo...


Me encuentro descansando unos días en mi tierra bañada por el mar Cantábrico.

Pero no por ello dejo de sentir la necesidad de pasar a dejarte unas letras para saludarte y desearte un hermoso fin de semana como presiento va a ser el mio también.

Mis disculpas por no pasar a principio de semana, por más que lo he intentado me ha sido imposible...

Desde esta tierrina de tan frondoso verdor del que estoy disfrutando te envío un inmenso abrazo de afectos repleto de mi cariño!!

María del Carmen

PD/A lo largo de la vida habra caricias de todo tipo y mención, pero como los de una madre nunca se pueden repetir ni asumir como tal...

¡¡Chao amigo!!

Duarte dijo...

Sara,
Albarracín estaba esplendorosa, hermosa!... Exuberante en verdes de mil tonos mezclados con amarillos, El río , las rocas, TODO. Me ha dicho que os espera.

Las rosas una preciosidad... millares de rosas!...

Besos y mi amistad

Duarte dijo...

María del Carmen,
cierto, inolvidables, deseadas y queridas.
Que lo pases muy bien en esa tierra tan maravillosa, tan hermosa, me gusta, y mucho!
Estaré algo atareado, en diversos frentes, pero espero que todo corra bien.
Que seas muy feliz.
Un gran abrazo

AdA... dijo...

Muy bonito homenaje; muito obrigada -por lo que me toca- Y si me equivoqué al usar tu idioma; perdona a esta deslenguAdA;)

Y bueno, las rosas ¡Qué rosas, Joaquinito! ¡qué bonitas! Tengo alguna variedad en mi jardín y todas bonitas bonitas, muchas de olor (un deleite)pero cómo me han gustado estas ¡qué imágenes!
Enamorá me'quedao...

Un fuerte abrazo, amigo

Duarte dijo...

AdA,
está muy bien dicho. "Parabéns". :))
Iré colocando el resto, son preciosas.
Este jardín es muy bello y está muy bien cuidado, con una excelente selección cuanto a variedad.
Abrazos de amistad

María dijo...

Unas rosas que adornan tu blog, como un jardín, lleno de vida y de fragancia, muy bonitas las imágenes, y muy apropiadas en esta época del año.

Gracias, amigo Duarte, por llenarnos de luz nuestros ojos.

Un beso.

Duarte dijo...

María,
sois mi fuente de inspiración, lo que me lleva a mejorar.
La belleza atrae, las flores me fascinan.
Gracias por tus palabras amigas.
Un gran abrazo

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Tu madre tiene un nombre precioso.

Gracias por tan bellas rosas, me voy con su embriagadora fragancia y con el bello y delicado regalo que nos has dejado.

Gracias por ser como eres, querido Duarte

Duarte dijo...

María Jesús,
mi madre me hizo así, solo tuve que seguir sus enseñanzas...
Gracias por tus palabras, querida amiga, las atesoro.

Sara dijo...

Que lindas, Duarte! Esta beleza que o mundo nos deixa testemunhar amortece muito o resto, menos bom. Ajuda-nos ao reequilíbrio.
Obrigada!
Um grande abraço e os votos de um óptimo fim de semana!

Duarte dijo...

Sara,
a tua sensibilidade e bom gosto fizeram com que brotassem palavras tão formosas... obrigado.
Maravilhosos dias de felicidade e um grande abraço para ti.

dijo...

Olá! Adorei seu blog, muito criativo! Também tenho um blog e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

Duarte dijo...

Lê,
isso está bem, boas vibrações... as que deixas.
Passarei a verte.

Luís Coelho dijo...

A beleza e o perfume das rosas dispensa comentários ou quaisquer outras palavras de elogios.
Toda a rosa se impõe pelo seu perfume, cor ou a textura das suas pétalas e folhas.
Hoje existem rosas híbridas.
Pode-se escolher a cor e o perfume.
Como, para mim, todas as rosas são belas não consigo estabelecer tabelas entre elas. Seria injusto com a beleza da simplicidade de umas com o colorido grandioso das outras ou o perfume tão natural de cada qualidade.
Grato pela visita e pelo perfume das palavras com que me encantas.

Duarte dijo...

Luis,
boa dissertação a tua, são as minhas percepções.
Como dizia R. M. Rilke:
Une rose seule, c'est toutes les roses et celle-ci: l'irremplaçable, le parfait.
Obrigado amigo, tudo é fruto da tua sensibilidade.
Um grande abraço

María dijo...

Feliz comienzo de semana, amigo Duarte.

Un beso.

Poetiza dijo...

Joaquin, amo las rosas, son poesia, son amor. Su perfume me transforma, me eleva, me inspira. Que bello poema el que compartes y que bello el poema que me dejaste. Hermoso paseo por tus letras perfumadas amigo Joaquin, te dejo un beso, cuidate mucho. Me voy con el alma llena de rosas.

Duarte dijo...

María,
muchas gracias, te deseo lo mismo, días con perfume de rosas...
Besos

Duarte dijo...

Poetiza,
Sandra, tus palabras están perfumadas y tus decires embebidos de ese perfume embriagador se apoderan de mi ser.
Te beso, cuidate mucho...

AFRICA EM POESIA dijo...

DUarte
Mi amigo
Me gusta e me encanta sentir tus passas em mi espacio.Tu sabes que és berdad.
Estuve en el lançamiento do Libro da Teca. Foi mui interessante.
Quando vens de vacaciones?
Temos saudades .
bESITOSSSSSSSSSSS



Não te rias do meu Espanhol mal escrito é mesmo"chaparrado"... besos

Rodolfo N dijo...

Ya se sabe de donde sale tu nobleza y buen gusto amigo...
Una rosa tu madre ...
Un gran abrazo a todas las madres y espléndido la conjunción gráfica y poética de tu mensaje.
Un abrazo!

São dijo...

Que lástima o computador ainda não transmitir perfumes...

Um grande abraço

Duarte dijo...

Lili,
já falta menos. Estarás informada oportunamente, pois quero ver-te, temos muito que falar!
Estou à espera de que me chegue o livro...
Também tenho saudades.
Me encanta tu espontaneidad...
Um grande abraço

Duarte dijo...

Rodolfo N,
con amigos como tu la vida es bella.
Mucho le debo a mi madre, lo que más lamento es no haber podido estar a su altura.
Gracias amigo, ante palabras así me inclino agradecido...
Abrazos de amigo

Duarte dijo...

São,
sim, e lamento-o. Ouve um momento em que a suave brisa me confundiu, creio que me embriagou.
Beijinhos

AFRICA EM POESIA dijo...

Recebi o mimo.
Recebi o Beijo.
o Sporting é o nosso Grande Amor.
Foi um Domingo belo
Com gente Linda.
Adorei
A vida é feita de ...MOMENTOs.

Um beijo e ...espero.... LUZ VERDE...

Duarte dijo...

Lili,
sabes que o semáforo está sempre em verde para TI.
Até nisso coincidimos.
Que lindo o verde e branco às riscas!
Momentos que devemos viver intensamente antes de que a vela se apague.
Beijinhos e mais mimos

rendadebilros dijo...

Belas as fotos, as rosas, as palavras... obrigada pelo poema... sempre muito inspirado para as fotos e para as palavras... Abraço.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
ficho feliz ao saber que é do teu agrado. Aprendo muito de ti...
Abraços

La Gata Coqueta dijo...


Estoy viviendo los últimos días de un breve periodo de descanso, siendo muy grato compartir contigo los sentimientos que afloran en el jardín del alma...

A mistad
S ueños
T ernura
U nión
R imas
I lusión
A legría
S onrisas

Para desearte un esplendido fin de semana con sincero aprecio.

María del Carmen

Duarte dijo...

María del Carmen,
muy bonito lo que dices embelesado con la forma en que lo expresas. Gracias con...
V ivacidad
A tenciones
L isonja
E estima
N aturalidad
C ariño
I lusión
A nimosidad

Todo para un fin de semana que te deseo plena de felicidad en tu Asturias querida. Abrazos, querida amiga.

Duarte dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
MagyMay dijo...

Encantada, com a rosa que me toca.
Vou guardá-la com os afectos... no coração.
Muito obrigado, Duarte

Duarte dijo...

MagyMay,
essa foi a minha intenção: o teu proceder fez-me feliz.
Gosto muito de rosas, tenho uma boa selecção fotográfica que irei incorporando.
Beijinhos

tecas dijo...

Belas fotos de rosas acompanhadas por belos poemas, no mês de Maio, mês da Mãe.
Fui mãe no mês de Maio e minha mãe chama-se Rosa.
Agradecida pela rosa oferecida...posso ficar com duas?
Uma para mim e outra para a minha mãe.
Coração de bom filho e muita sensibilidade. Amei.
No meu blog está o vídeo do lançamento do meu livro, abaixo do meu perfil.Bem haja, Duarte pelas palavras de apoio e amizade deixadas no meu blog.
Bjito amigo.
Teresa Gonçalves.

Duarte dijo...

Tecas,
claro que sim.
Sou admirador de flores e especialmente de rosas.
A tua sensibilidade faz com que vejas as coisas assim, concordo, pois esse é o meu prisma.
Já tentei abrir esse video mas não pude. Vou tentar de novo. Os meus parabéns. Continuo à espera do livro.
Um grande abraço

mundo azul dijo...

_____________________________


Os versos e as rosas, formam um conjunto primoroso!!!


Beijos de luz e o meu carinho...

___________________________________

Poetiza dijo...

Joaquin, amigo, paso a saludar y mientras te leo, aspiro este hermoso aroma que estremece mi alma que a la distancia te deja un beso, cuidate mucho amigo.

lita duarte dijo...

Vim dar mais uma olhada nas rosas.
São muito lindas.

Bjos.

Duarte dijo...

Luz,
es a luz inunda este espaço, uma presença que agrada. Lindos os teus dizeres pela elegância na expressão. Obrigado.
Um abraço e o meu afecto

Duarte dijo...

Poetiza,
esa ternura que a hecho presa en ti, cautiva, prende.
Me siento feliz con tu amistad.
Besos y cuidate mucho

Duarte dijo...

Lita,
tão lindas como os teus dizeres, palavras amigas. Obrigado.
Beijinhos

São dijo...

Então, meu amigo, para quando novo post? Tenho saudades de viajar através das tuas estupendas reportagens...

Um grande abraço

BRANCAMAR dijo...

Belíssima a dedicatória a tua mãe Duarte, como belas são as rosas que fotografas. Como sabes gosto muito de rosas, levo uma comigo e te agradeço toda a amizade. Tenho estado um pouco ausente da blogosfera, mas nunca esquecida daqueles que sempre me acompanharam e vou passando sempre que puder.
Beijinhos
Branca

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Hoje é o meu dia com rosas.Vou a
casa de uma amiga e encontro um
lindo ramo de rosas numa jarra...
Vou a passar por uma rua e há
uma vivenda com lindas rosas a
cairem para o passeio, chego ao
seu blogue estas lindas rosas.
E eu gosto muito de rosas.
Lindo, portanto o nome de sua mãe.
Olá amigo, que saudade, estou a
enviar os comentários através do
Google Chorome(um conselho que me
deram) e estou q conseguir porque
há dias que eu não conseguia deixar
um comentário. E cá temos o FMI,
mais um governo de direita e houve
festa...e veremos o que mais virá.
Beijinho
Irene

Duarte dijo...

São,
estou a preparar mais rosas para TI.
Mas também virão reportagens!...
Um forte abraço

Duarte dijo...

Branca,
aparece sempre que possas e queiras que encontrarás rosas para TI.
Abraços de amizade

Duarte dijo...

Irene,
por aqui as coisas andam bastante tensas e os ânimos acesos: veremos em que fica.
Encontrar-se com rosas, que bonito!
A minha mãe, uma rosa sempre em flor para mim...
Um grande abraço

Graça Pereira dijo...

Belissimom poema, Duarte! Tão belo, como as tuas rosas! O amor de Mãe é assim...belo como a rainha das flores.
Beijo
Graça

Duarte dijo...

Graça,
prova inequívoca da tua sensibilidade, sempre tão manifesta.
Beijinhos

carol dijo...

Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho Tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.

O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estará de se apagar.

Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.

Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar.

Robert Herrick

Duarte dijo...

Carol,
versos que vieram dar colorido às rosas...
Obrigado.

Besos

Mª Jesús Verdú Sacases dijo...

Paso de nuevo a deleitarme en la fragancia de tan bellas rosas...

Duarte dijo...

María Jesús,
ya existen otras en este jardín...

Duarte dijo...

María Jesús,
otras rosas te esperan, perfumadas y bellas.
Besos