jueves, 20 de octubre de 2011

ORTIGOSA








No passado verão fui a esta bela povoação, de terras de Leiria, para poder abraçar ao meu amigo Luís.



A amabilidade, e a gentileza, deste bom amigo meu, aproximou-me às minhas raízes e fez com que pudesse abraçar certos aspectos rurais dos que me fui distanciando com o tempo. O certo é que fui muito feliz enquanto por aqui andei, convivência de horas em conversas dessas que parece que nunca tem fim…





Além da hospitalidade, no aspecto pessoal, imensurável, a divulgativa, no tom tão peculiar deste contador de historias, incomparável, que é este grande amigo meu… Cuidado, que engancha, por empolgante!...  



E que começa assim...


ORTIGOSA. Não sei a origem desta palavra.  Penso que se refere a uma área verde regada por dois ou três ribeiros e algumas fontes naturais onde corre água fresca durante todo o ano. 


Os terrenos agrícolas são muito bons e nesta várzea podiam cultivar-se belas hortas familiares.


Seria Horta “gosa” ?


Pelo passar dos anos houve algumas transformações linguísticas e poderá ter evoluído para a palavra que hoje conhecemos Ortigosa. Estes são pensamentos meus. Deixo o assunto para os entendidos e os estudiosos destas matérias.



Era uma povoação simples com características rurais e era também um lugar de passagem entre o Norte e o Sul.

As habitações eram modestas e quase todas do mesmo estilo. As divisões da casa mais importantes eram a sala e a cozinha. Os quartos, apenas dois ou três, eram pequenos. Cabia neles apenas uma cama encostada à parede. Não havia roupeiros nem guarda fatos.



 A roupa era a mesma todos os dias. Havia um dia em que vestiam a roupa domingueira para poderem lavar a que usavam diariamente.

Nas últimas décadas sofreu grandes alterações. Nasceram aqui várias empresas a nível nacional e internacional que trouxeram novas oportunidades de vida para os residentes. Vieram também muitos emigrantes na procura de trabalho e aqui se estabeleceram com as suas famílias.
Hoje o aspecto rural desapareceu. Deixaram de se ver pelos caminhos e pelos campos  os carros de bois e as carroças puxadas pelos burros. Os campos começaram a ser lavrados por tractores e as mondas manuais foram substituídas pelas químicas.  


Ouvi contar ao meu pai que nasceu em 1913, e também ele ouviu contar aos seus pais e outras pessoas mais velhas que ele, que no local onde hoje existe a Igreja, havia uma pequena capela, já dedicada a Santo Amaro, bispo da regra de São Bento.

Nessa Capela  se hospedou um padre que veio do Brasil, carregado de ouro e outros valores. Foi este padre que mandou construir a actual Igreja.
Este padre construtor era bastante activo e quando as coisas não avançavam ele então dizia que as obras têm sempre atrasos porque se há pedra não há ferro e se há cal não há trabalhadores.........havia de faltar sempre alguma coisa para que a obra não avançasse. 

Nesse tempo a povoação foi-se estendendo à volta da Igreja. Apareceram os comerciantes com as suas tabernas e os artífices com as suas oficinas. Havia ferreiros, sapateiros, costureiras e carpinteiros ali perto do centro da aldeia. 



Mais tarde, contava também o papá, que o caminho de terra batida, que ligava esta povoação às outras e que se estendia da Figueira da Foz e a Leiria foi mandado arranjar e assim andavam os homens com  carros de bois  a transportar pedra que iam deixando nas beiras laterais. Depois outros trabalhadores partiam as pedras grandes e acertavam todo o pavimento para se poder caminhar. 

Com as novas medidas deste Governo, esta freguesia está na lista das que vão desaparecer e juntar-se a outras maiores. A história faz-se todos os dias, mas nem sempre com as melhores políticas.
Obrigado amigo pela tua hospitalidade. Bem hajas.
Abraços como os que nos demos...




















96 comentarios:

Luís Coelho dijo...

Bom dia Duarte
Fiquei sem palavras diante deste teu trabalho.
Retribuo toda a tua amizade e carinho a duplicar se isso me for permitido.

As portas da nossa aldeia estarão abertas sempre que queiras passar e retemperar forças nas Termas de Monte Real ou nas praias da Nazaré até à Figueira da Foz.

Os nossos campos verdes e floridos acolhem todos os que nos visitam retribuindo-lhes amizade com respeito numa partilha plena.

Em nome desta terra onde nasci e vivo há mais de seis décadas, envio um agradecimento sensibilizado e sincero.

Sara dijo...

Otra preciosidad de entrada llena de energía, amistad, paisajes, pueblos e historias, incluida la tuya propia, al contar este hermoso relato de encuentros en lugares tan bonitos y que tanto significan para uno.
Me gusta mucho seguir tu andadura Joaquín. Abrazotedecisivo cargado de cariño

São dijo...

Preciosas as fotos e bem interessante o texto,as flores são lindaaaaas

Parabéns pelo trabalho excelente que prossegues na divulgação de recantos assim .

Um forte abraço, amigo meu.

Duarte dijo...

Luís,
claro que sim, como não?
Ante tudo uma boa amizade.
Foram momentos entranháveis que o tempo amadurece tornando-os inolvidáveis: para reter.
Sempre que essa porta se mantenha aberta por ela passarei...
Um grande abraço

Duarte dijo...

Sara,
encantado al sentir tu presencia... querida amiga.
Sabes, ya tengo ganas de volver a verte, que nos abracemos!
Desde la Valencia del Cid os abrazo fuerte

Duarte dijo...

São,
temos um País lindo, as coordenadas é o que menos importa... todo ele forma um mundo idílico, único: fico maravilhado na contemplação!
Abraço-te, querida amiga

lita duarte dijo...

Que beleza, Duarte.

Flores, frutos, árvores, que lugar lindo, lindo!

Bjos.

Duarte dijo...

Lita,
encantos da minha terra... mas a tua também os tem...
Abraço-te

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, que bella es la amistad y que bello lo que comentas. Se que es una gran amistad y que eres correspondido. Los momentos vividos son un tesoro para el alma. Y volveras en otra ocasion para estechar esa mano amiga que te espera. Sin duda Luis es un gran hombre y amigo. Las imagenes, preciosas. Besos, cuidate mucho.

Rosa dos Ventos dijo...

Conheço a Ortigosa só de passagem e de um bom restaurante onde eu dantes ia de vez em quando!
Gostei da reportagem que fizeste de uma terra que não me fica longe!

Abraço

Duarte dijo...

Sandra,
totalmente de acuerdo, querida amiga, por eso nos hemos visto. Existe reciprocidad.
Me queda el volver a Monterrey. Espero que las cosas anden más tranquilas.
Un gran abrazo y gracias por tu percepción
Cuidate

Duarte dijo...

Rosa,
eu sei, até pode que tenha passado perto da tua casa na ida para Ourém.
Quase sempre recordamos, duma povoação, os bons restaurantes. Estive no melhor!...
Abraços e a minha amizade

Rui Pires - Olhar d'Ouro dijo...

Através do blog do Luís...
Gostei de ver esta foto e descritiva reportagem!

Duarte dijo...

Rui,
bem-vindo, os amigos dos meus amigos, meus amigos são.
Obrigado
Abraços

Isamar dijo...

Uma bela reportagem fotográfica acompanhada de uma lição de história contemporânea.Gosto muita da vida na aldeia e do que li.

Bem-haja!

Abraço fraterno

Scarlet2807 dijo...

Duarte
Maravillosas fotografías, acompañadas de tu hermoso relato impregnado de sentimientos...
Bellísimo el lugar, lo único que no me gustaría sería cambiarme ropa , una vez a la semana.jajajajajajaj
Besitos en el alma
Scarlet2807

* Maria Edméia * dijo...

*Que trabalho bonito, Duarte !!!

Estou aqui porque sigo o blog do

querido amigo Luís Coelho e ele

está convidando-nos para este

passeio pelo povoado que ele

habita !!!

Duarte, sou professora de uma

escola pública do Estado de São

Paulo !

Aqui no bairro onde resido,

existe uma casa das Irmãs

Missionárias Auxiliares da Santa

Cruz e entre elas, conheço e sou

amiga da Irmã ILÍSIA cuja a

família reside neste povoado e

após 04 anos de ausência, este

ano, no mês de Agosto (mês que

fizestes estas fotos !!!), ela

aí esteve em visita aos

familiares !!! Ela aí permaneceu

durante UM MÊS !!!

*Você a conheces ?!

(*Se me enviares teu e-mail,

poderei te enviar uma foto dela

e da casa delas aqui ! A casa

delas se denomina "Casa Maria dos

Anjos" !!! É muito bom e bonito

o trabalho delas aqui na nossa

comunidade !!!

*Sou do Vale do Paraíba,

interior do Estado de SP :

Guaratinguetá !!! :D

*Duarte, se puderes, deixe-me

na minha página o teu e-mail !

Irei lê-lo, anotá-lo e EXCLUIREI

o comentário para proteger-te de

pessoas maldosas aqui da *Net !!!

*Meu nome é Maria Edméia !!!

*Bom domingo, *Menino !!!

*Fiques com Deus !!!

*Parabéns por este teu

trabalho !!!

*Um abraço.

* Maria Edméia * dijo...

*Duarte, como faço para seguir este

teu blog ?! Não vi o Marcador aqui

com os teus Seguidores !!! :(

* Maria Edméia * dijo...

*Duarte, por curiosidade ... você

nasceu em que dia e mês do ano ?!

Pergunto porque gosto muito de

Astrologia !!!

Justine dijo...

Um passeio saudoso pela nossa ruralidade quase desaparecida - e que pena nós perdermos esta ligação à terra, onde estão as nossa raízes!
O teu post é também um abraço público de amizade ao teu amigo! É bonito:))))

Duarte dijo...

Isamar,
Também gosto, nasci em Pedras Rubras, em Moreira, na Maia. Cresci rodeado de galinhas, pássaros, arvores furtais e campos imensos de milho... Foi feliz assim.
Beijinhos

Duarte dijo...

Maria Edeméia,
bonito o teu nome!
Vindo do amigo Luís, desse grande amigo meu, amiga minha passas a ser.
Logo escrevo-te.
Gostei e emocionei-me com o que contaste.
Abraços

Duarte dijo...

Justine,
querida amiga, tendo amigos como TU, sinto-me muito feliz.
Esse mesmo dia estive contigo.
Sabes bem como sou...
Abraço-te emocionado :))))

Duarte dijo...

Scarlet,
Tiempos que felizmente están superados, aún que nos llenen de nostalgia. Yo tampoco, en mi casa no hemos llegado a hacerlo. Pero no teníamos agua corriente en las casas y menos caliente: estábamos en los años cuarenta!...
Abrazos de vida

Catarina dijo...

Cheguei aqui através do Luís.
Gostei muito da reportagem. Fotografias lindas.
Por aqui vou ficar mais um pouco.
Abraço

Duarte dijo...

Catarina,
fazes bem e espero não decepcionar-te.
Obrigado.
Beijinhos

Artes e escritas dijo...

O Luís, a cada dia, nos mostra conhecimento e sabedoria. Estou contente de conhecer o seu blog através dele. Um abraço, Yayá.

Duarte dijo...

Yayá,
por isso está aqui, boa pessoa, igual que TU.
Beijinhos de agradecimento

Bergilde dijo...

Também feliz em poder chegar aqui através dos registros do Luís,pessoa que admiro pelo que escreve e modo como apresenta as próprias vivências aí.
Abraços,

Duarte dijo...

Bergilde,
um Luís em estado puro, e está tudo dito.
Obrigado pela visita.
Abraços

Maria dijo...

Cheguei ao seu cantinho através do amigo Luis e fiquei encantada. Fotografias maravilhosas e uma excelente reportagem, meus parabéns.
Bom domingo
Beijinho
Maria

Duarte dijo...

Maria,
O mesmo me passou ao visitar-te, fiquei maravilhado, especialmente, com o passeio que demos por Lisboa...
Obrigado, quanta amabilidade e saberes!
Um grande abraço

elvira carvalho dijo...

Fotos muito boas, onde se destacam as belas flores a coroar um texto interessante e bem conseguido. De tal modo que apesar do tamanho do post, quando terminou fiquei com pena de não haver mais.
Um abraço e parabéns para os dois.

Fê-blue bird dijo...

Vim ter aqui através do amigo comum Luís, e fiquei rendida às fotos, ao texto e à amizade tão bonita que vos une.
Beijinhos aos dois

Duarte dijo...

Elvira,
bonitos os teus dizeres, o que muito agradeço.
Também te abraço com um muito obrigado

Duarte dijo...

Fê-blue bird,
com amigos como o Luís tudo se torna muito mais fácil.
Agradecido pelas lindas palavras tuas.
Beijinhos

carol dijo...

Que belo trabalho sobre a Ortigosa! E eu que moro aqui tão perto há tantos anos pouco ou nada sabia sobre essa terra. também não sabia que o Luís Coelho morava lá.

E com essas fotografias tão bonitas, a Ortigosa quase podia ser elevada à categoria de Património da Humanidade... (Aliás, tudo é património da humanidade, não é verdade?)

Beijinho e bem haja pelo excelente trabalho.

Duarte dijo...

Carol,
a nossa terra é linda e TODA ela bem merece ser Património da Humanidade.
Beijinhos

María dijo...

Amigo, Duarte:

No conocía este maravilloso lugar llamado Ortigas, lo acabo de descubrir gracias a ti, como muchos otros que has compartido en tu blog.

Me alegro que lo pasaras tan bien con tu amigo, con esas conversaciones que nunca parecen terminar y que son tan entrañables.

Hermoso lugar Ortigas, regado de verde, de naturaleza, de fuentes... pero sobre todo de la amistad que te une a tu amigo.

Has hecho un excelente reportaje de imágenes y de información respecto a este lugar tan maravilloso.

Y por supuesto iré a conocer el blog de tu amigo.

Gracias, amigo Duarte, por compartir siempre tanta belleza.

Y aprovecho, para felicitarte también por aquí.

¡¡¡¡¡Muchas felicidades!!!! Espero que cumplas muchos años y que tengas un día especialmente feliz en compañía de tu familia y de tus amigos.

Un beso.

São dijo...

Querido amigo, venho desejar-te um dia muito feliz ao lado dos teus e um futuro radiante também com eles.

Aqui te deixo um fraterno e apertado abraço de parabéns!

AFRICA EM POESIA dijo...

Lindo passeio


mas vim por outros motivos
vim cantar...

Parabéns a você

MEnino
Aniversário é bonito
É um dia diferente
Sentimo-nos meninos
Sentimos o Mimo
E o abraço dos amigos
Neste dia
Tão especial
Para ti
Eu mesmo longe
Quero estar perto
Quero dizer-te
Que peço por ti
Para teres saúde..
E seres muito feliz
um beijinho no teu coração

La Gata Coqueta dijo...


Las imagenes tienen la belleza y la calidad la misma a la que nos tienes acostumbrados.
Al detenerse un momento en ellas te hablan de sus circunstancoas y de los recuerdos que han recogido.

Los mismos que tú has visto y sentido al recorrer estas tierras donde seguro en cada esquina te recordaría a tu querido padre.

Doy por hecho que tuvo que ser un viaje para ti muy gratificante, viendo pasar antes tus ojos una parte de tu vida donde las huellas nunca se han ido porque la niñez se lo tienen prohivido...

Un abrazo y una rosa del color de los sentimientos.

María del Carmen

rendadebilros dijo...

Magnífico passeio, fotos excelentes. Parabéns , que faça muitos e felizes. Abraço.

piedadevieira dijo...

Vim a convite do amigo Luis e estou encantada com o que vi.
Bravo!
Beijos

Duarte dijo...

María,
gracias, querida amiga, por tan nobles deseos.
Si, he sido muy feliz, como siempre que voy a mi tierra y me rodeo de los buenos amigos, como TU.
Un gran abrazo

Duarte dijo...

São,
querida amiga, que detalhe, pelos bons desejos, és um ser maravilhoso!
Notei esse abraço cálido, obrigado.
Beijinhos

Duarte dijo...

Lili,
quanta ternura e sabers! Obrigado.
Sempre tão amiga, afectiva e criativa.
Gostei muito deste cantar teu...
Conseguite emocionar-me!...
Um grande abraço, querida amiga

Duarte dijo...

María del Carmen,
agradezco esa rosa de color, son tus colores, el modo tan tuyo de interpretar las cosas: siempre por el lado bueno.
Me sensibilizan tus palabras amigas e cargadas de sentimientos.
Un gran abrazo, querida amiga y mi admiración

Duarte dijo...

Rendadebilros,
obrigado, pela apreciação e pela intenção.
Palavras inteligentes as tuas.
Abraços

Duarte dijo...

Piedadevieira,
o que muito agradeço.
Aparece sempre, aqui encontrarás amizade.
Abraços

Graça Pereira dijo...

Ortigosa...linda como uma rosa!
A reportagem fotográfica a condizer com as linhas que tu traçaste, Luis e a amizade do Duarte a fazer e ponte! Haverá algo mais bonito?
Parabens aos dois e obrigada pelo exemplo de partilha que aqui deixaram ficar!
Beijos
Graça

Lídia Borges dijo...

Excelente trabalho! É o que dá uma boa parceria, uma boa amizade.

Felicito os dois.

L.B.

Vera Lúcia dijo...

Olá,
Chego até aqui pelo blog do Luís.
Deliciei-me com as fotos e a reportagem. Parabéns!
Abraço.

BRANCAMAR dijo...

Muito interessante e linda a tua reportagem Duarte. Ultimamente tenho passado muitas vezes por Leiria ao fim de semana, mas ainda não conheci Ortigosa.
Lindas as paisagens que aqui publicas, os campos e as flores e também as árvores de fruta, tudo muito fresco e bem tratado e a história da aldeia é também muito interessante.

Obrigada por nos dares a conhecer mais este cantinho de Portugal.

Beijos
Branca

Duarte dijo...

Graça,
os teu dizeres não ficam atrás, tu também es mestra na arte de narrar.
A ti o meu muito obrigado.
Abraços

Duarte dijo...

Lídia,
agradecido, as tuas palavras causam enlevo... aliciente que ajuda a prosseguir.
Abraços

Duarte dijo...

Vera Lúcia,
o meu muito obrigado, esforcei-me para que essa fosse a causa efeito, se o consegui, fico feliz.
Abraços de agradecimento

Duarte dijo...

Branca,
querida amiga, indo pela A8 está um pouco antes de Leiria e ademais bem sinalizado. Bem vale uma visita este belo recanto da nossa terra.
O resto saiu como fruto da minha paixão pela fotografia e o bom guia que tive.
Obrigado a ti por seguir-me...
Abraços de boa amizade

Diva L. dijo...

Olá, Duarte!
Não pude resistir ao convite do Luís e, como não poderia deixar de ser, me encantei. A harmonia das imagens e do texto, nos transporta em uma viagem inesquecível. Parabéns!

Bjo grande e abraço na alma.
Diva L.

tecas dijo...

Meu querido amigo, Duarte! Os meus parabéns pelo teu aniversário. Espero que tenhas tido um dia espetacular:-)
Ainda digo eu que conheço o meu país!
Nunca mais faço esta afirmação:-) Excelentes fotos que nos dá uma lição de história ( arte) e uma lição da beleza da Mãe Natureza. Maravilhoso. O nosso país é muito bonito!!! Pena o que lhe está a acontecer.
Bjito amigo e um aplauso pelo teu trabalho. Parabéns também ao teu amigo que descreves com gratidão, por te ter como amigo:-)

Lena dijo...

Quando vi "Ortigosa" não axei esse nome muito estranho, pensei que devia ser situado por meus lados de Portugal...
Gostei desta volta ao passado; meu pai tb chegou a contar me coisas parecidas...
E adorei a mistura que fizestes com tuas fotos entre as flores e detalhes variados....

Beijinhos Duarte

Duarte dijo...

Diva,
o meu muito obrigado, apreciações como a tua são as que alentam a seguir.
Abraços

Duarte dijo...

Tecas,
a tua prosa leva a melodia do verso, o que me sensibiliza como bem sabes. "Escribes como los Angeles" Assim tem outro som...
Obrigado, que mais posso dizer quando uma pessoa se expressa com o dom da palavra.
Um grande abraço, e a minha admiração

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ dijo...

Uma linda reportagem sobre un lugar perto da vila que me viu nascer e que deixei há quase 40 anos!
Obrigada pela partilha e por matar um pouco a saudade que tenho da minha terra natal, o Sitio da Nazaré:o)

***
Feliz noite****

Jorge dijo...

Sinto-me priviligeado por ter acesso a esta maravilhosa reportagem sobre a bonita povoação que é Ortigosa, conduzido até aqui pelo amigo Luis e que o Sr. Duarte ilustou com magníficas fotos de paisagens, árvores de fruto, flores, representativas da natureza em festa e da beleza rural que envolve Ortigosa. Bem haja pela partilha.
Um abraço

Duarte dijo...

Lena,
Sabes o muito que gosta do mundo da fotografia e o resultado está aí. Tudo bem condimentado com a narrativa genial do meu amigo Luís.
Não me digas as coisas assim que me entra a vergonha e até pareço um arco-íris...
Querida amiga aceita este chi-coração

mundo azul dijo...

_______________________________


Através das suas belas fotos e do texto, fiquei conhecendo um pouco mais desse belíssimo país! Obrigada, Duarte!



Beijos de luz e o meu carinho!!!

______________________________

Duarte dijo...

Zélia,
pouco a pouco, tem que ser saboreado como um bom manjar...
Obrigado a ti.
Beijinhos

Duarte dijo...

Mildred,
que feliz me fazes ao saber que consegui essa causa efeito em ti. Tudo fruto do convite do nosso amigo. Voltarei!
Abraços e o meu obrigado

Duarte dijo...

Jorge,
Foi aquilo que vi através da câmara, o que o nosso amigo Luis me levou a ver... gosto de disparar a estas coisas que só protestam com beleza.
Fui feliz enquanto por ali andei...
O meu muito obrigado e um forte abraço

Rodolfo N dijo...

Maravilloso en toda su extensión este post, donde aparece el buen amigo y el artista.
El narrador y el dueño del buen gusto.
Un abrazo de un amigo de Argentina

BlueShell dijo...

Pelo que li e pelo que vi deve ser, realmente, uma povoação encantadora. O nome pode vir de "Urtigas ou ortigas"...ervas daninhas que deixam a pele com coceira s nos a elas encostarmos. Não sei....

Mas aqui está, em forma de documentário, um belíssimo post.
Obrigada.

Duarte dijo...

Rodolfo N.,
palabras amigas, las tuyas. Tu, con la sensibilidad que te caracteriza llegas hondo con tu mensaje, que agradezco reconocido.
De esta Valencia del Cid, que te aguarda, un gran abrazo

Duarte dijo...

BlueShell,
foi o que pensei, inicialmente, mas nem as vi por ali.
Obrigado pela opinião.
Abraços

Atelier Lita Duarte dijo...

Oi, Duarte.

Romã e beladona, são especiais, tenho histórias com elas.:)

Bjos.

Duarte dijo...

Lita,
conta, conta... :)))
Escreve, menina escreve...
Beijinhos

Silenciosamente ouvindo... dijo...

Amigo Duarte um excelente trabalho
e uma homenagem ao nosso amigo Luís,que não desfazendo é uma
excelente pessoa, que eu tive
a grande sorte de conhecer na Net.
Sobre o livro que sugere ao Luís eu
apoio a ideia a 100%. Insista com
ele e veremos se o livro acontece.
Desejo que sim.
Um beijinho
Irene

rosa-branca dijo...

Olá Duarte, bem meu amigo fico sem palavras perante um trabalho como este. O nosso Portugal é lindo e quem disser o contrário mente. As fotos estão maravilhosas, as paisagens são deslumbrantes e o texto magnífico. Adorei e obrigado pela partilha, pois existem maravilhas no nosso país que se não fosse assim nunca saberíamos que que elas existem. Beijos com carinho

Duarte dijo...

Irene,
já o tenho meio convencido, se apoiais um pouco pode que se concretize.
Obrigado pela colaboração
Abraços

Duarte dijo...

Rosa Branca,
essa foi a ideia que me levou a iniciar este blog. Com o que dizes sinto-me compensado. Obrigado.
Um grande abraço

Poetiza dijo...

Hola Joaquin, volveras amigo, volveras por tierras del amigo Luis, asi como por tierras mexicanas. Por aqui siguen las cosas al rojo vivo, pero no sera para siempre, un dia volvera la paz a Monterrey, besos, cuidate mucho.

Duarte dijo...

Sandra,
claro que si, no tengas dudas.
Espero que la vida ciudadana recupere su ritmo, una ciudad tan bonita debe palpitar alegre, con su cadencia.
Te abrazo, querida amiga

rendadebilros dijo...

É Outono, amigo... traz nas suas cores alguma nostalgia... Abraço.

Sara dijo...

Não conheço estas paisagens, mas reconheço algumas destas características noutros locais que compõem este Portugal que tanto tem para oferecer. Que bom que o teu relato preserva a sua essência. E que bom ver amizades assim. Obrigada por isso, também.
Deixo um forte abraço!

Duarte dijo...

Rendadebilros,
assim é, gosto das cores outonais.
Hoje fui ao botânico e estive três horas fotografando... ademais fez uma manha maravilhosa!
Abraços

Duarte dijo...

Sara,
totalmente de acordo, principalmente na costa.
Abraços de amizade

tulipa dijo...

É lindo poder acompanhar esta vossa amizade, de permuta de posts, de partilha de conhecimentos.

Conheço um pouco essa região, aconteceram obras importantes nas Termas de Monte Real...
Também visitei a Nazaré e a Figueira da Foz.

Parabéns pelo belo trabalho, gostei das fotos e do que fui aprendendo.

Portugal tem paisagens deslumbrantes!
Este fim de semana também andei pelo interior de Portugal.

Há muito tempo que não desafio os meus amigos a descobrir um enigma; hoje decidi fazê-lo e dou aqui muitas ajudas, acho que não é difícil...
Um sábado radiante, cheio de sol
e...vem ver se consegues descobrir!
Beijos com carinho

Duarte dijo...

Tulipa,
concordo plenamente contigo.
Irei ver-te.
Abraços

AdA... dijo...

Maravilloso artículo... Me ha encantado todo. Ortigosa es todo un lujo ¡Qué hermosura! y la historia del nombre. Todo lo que nos cuentas también (me ha gustado tanto que creo que me iba abriendo el entendimiento e iba comprendindo lo esencial) una preciosidad, de verdad... Qué maravilla tener amigos como Luis. Y también qué lujo para él tenerte a ti como amigo y visitante, cámara en ristre; cazanndo buenos momentos, imágenes (¡Qué imágenes!) ¡Preciosas! todas (pero la de la granada, bueno, esa es la que más me gustó)

Gracias por compartir todo:)

Un enorme abrazo, amigo querido...

Duarte dijo...

AdA,
depende da la sensibilidad de cada uno. En ti, mujer de nobles sentimientos, es obvia esa visión de las cosas. Do dejes de ser así!
Un gran abrazo, querida amiga.

São dijo...

Esperando novas e interessantes reportagens, te desejo, num abraço grande, um bom resto de semana e aos teus, meu amigo.

Duarte dijo...

São,
um muito obrigado.
Já estou a preparar!
Um grande abraço e uma boa semana.

Dois Rios dijo...

Que beleza de lugar, meu amigo!

Esse teu post foi cuidadosamente costurado com as linhas do afeto e da amizade.

Um primor!

Beijos,
Inês

Duarte dijo...

Inês,
foi a corrente reinante enquanto estive ali. O Luís é uma grande pessoa, um bom amigo.
Abraço-te agradecido

RosanAzul dijo...

Maravilhoso post! Gostei de conhecer o seu blog. Parabéns... estarei seguindo...
Abraços,
Rosana

Duarte dijo...

Rosana,
o meu muito obrigado e aparece sempre.
Beijinhso