sábado, 19 de julio de 2008

LISÍSTRATA de ARISTÓFANES

Excelente comedia con la que me divertí mucho, fue representada por un grupo de alumnos séniors, e amigos míos, de la Universidad Politécnica de Valencia. Desde aquí les quiero dar las gracias a todos por lo bien que me lo hicieron pasar y una vez más darles mi más caloroso aplauso por la excelente interpretación que nos brindaron.
En especial a ese valiente Etrusco, mi gran amigo Carlos.




Aristófanes fue un dramaturgo griego que nació y murió en Atenas entre el 444 a. C. y el 385 a. C.




Lisístrata (cuyo nombre significa “la que disuelve los ejércitos”), sagaz y enérgica, era la mujer de un soldado ateniense.




onblurAtenas estaba enfrascada en una guerra fratricida con los espartanos que duró más de treinta años.

ARGUMENTO

Lisístrata, matrona ateniense y activista feminista, consigue junto a su amiga espartana, Lampito, convencer a las mujeres de Atenas que luchen para conseguir la paz, hartas de que sus maridos se pasen el día en el campo de batalla. Para ello Lisístrata propone que todas las mujeres se encierren en la Acrópolis e inventa el arma más letal de todos los tiempos: la huelga de sexo.




Las mujeres están decididas, no sin sacrificio, a practicar la abstinencia sexual hasta que los hombres firmen la paz. La medida de presión causa estragos devastadores entre la población masculina que a duras penas consigue arrastrar el fardo de sus pesados falos erectos hasta el campo de batalla.

Pero Lisístrata no contaba con la intervención de un tercer elemento: Hepatitos, el travestí que se erige en el líder de los gays.




Hepatitos, pertenece a una comunidad que busca también su cuota de libertad y por eso, ante la radicalización de la lucha de las mujeres, se da cuenta que llegó la gran ocasión. Su agudo ingenio le lleva a utilizar la protesta de las mujeres para conseguir su propia meta: la paz, sí, pero una paz gay, ganada a costa de la desesperación eréctil de los machos. Hepatitos consigue convencer a los estamentos militares que sin la práctica de la "homosexualidad forzosa" perderán la guerra por los efectos nocivos que causa la insatisfacción de sus necesidades sexuales.




A pesar de la reticencias iniciales, a los hombres les acaba por gustar la nueva experiencia, tanto es así que atenienses y espartanos acaban enamorándose en el campo de batalla. Los líderes de las dos ciudades se ven obligados a firmar un tratado de paz, en esas condiciones no hay manera de hacer una guerra como Dios manda.




Cuando las mujeres se dan cuenta de lo que pasa en la ciudad, corren a recuperar su sitio y dejar las cosas como estaban.

Lisístrata y Hepatitos han conseguido sus objetivos a medias... no se puede olvidar que Zeus, padre de todos los dioses, era un heterosexual machista.

47 comentarios:

Juani lopes dijo...

Veo que te lo pasastes muy bien
saluditos

Duarte dijo...

No supuse, jamás, disfrutar tanto con una obra de aquella época, asombroso!
Besos

brisa de palavras dijo...

Obrigada pelas tuas palavras em meu canto.
um abraço
brisa de palavras

Claudinha dijo...

Ah, o teatro é sempre ótima opção... Que bom que pôde desfrutar.

Tinta Azul dijo...

Sempre muito completas as tuas descrições.
Ainda bem que gostaste. O Teatro quando é bom é uma coisa excelente.
Abraço
:)

Duarte dijo...

brisa de palavras,
é um prazer ver-te por aqui.
Abraços

Duarte dijo...

claudinha,
sim, foi uma tarde completa, pois no fim da obra tivemos um lanche, e depois a intervenção do grupo coral. Tudo em excelente harmonia.

poetaeusou . . . dijo...

*
gostei
vou saber mais,
,
saudações
,
*

Duarte dijo...

tinta azul,
sendo amadores, como estavam bem dirigidos, o apontador só teve que intervir uma vez, a interpretação foi fluida e de boa cadencia, um êxito total. Tendo presente que foi feito no salão de actos da Universidade, sem cenários e demais complementos que adornam a cena, como a vestimenta.
Sempre gostei do teatro.
Recebe todo o meu afecto num abraço

Duarte dijo...

poetaeusou,
Esteve muito bem.
Aprendi e desfrutei.
Ademais dois dos actores tiveram uma actuação destaca, como autênticos profissionais.

Abraços

Multiolhares dijo...

Sempre se disse por traz de um
Grande homem existe uma mulher

beijos

Carla dijo...

um belo trabalho que aqui apresentaste
beijos

Duarte dijo...

multiolhares,
assim é, sem vós estamos incompletos.

Beijos

Duarte dijo...

carla,
a tua apreciação satisfaz-me.

Beijos

Justine dijo...

Informação completíssima, como sempre. É agradável o modo como partilhas connosco o que vais vivendo, não só informando, mas formando-nos!
Obrigada:))

Duarte dijo...

justine,
quem tem que agradecer sou eu, por sentir-me apoiado por seres tão maravilhosos como tu. Querida amiga, aquilo que faço não é nem mais nem menos que transmitir-vos parte das minhas vivências, Que é do vosso agrado e as considerais formativas! Sou feliz ante tal evidência.

Abraços

mariam dijo...

Parece excelente! deve ter sido um dia e tanto, com convívio a final e tudo...
Suas palavras e imagens traduzem isso mesmo...(os H então, estão giríssimos naquela "bela" figura rsrsrs)
Obrigada por partilhar...

boa semana
um sorriso :)

ah!não se zangue comigo... tem lá um desafio no 7sentidos!

São dijo...

Talvez se resolvessem os problemas da Terra se as mulheres fizssem mesmo greve sexual, quem sabe?
Feliz semana.

Ana dijo...

Afinal o que nos parece uma grande ideia já os gregos tinham descoberto, na antiguidade...
Grande Lisístrata!
Nunca tive coragem de assistir a um clássico destes.
Provavelmente iria gostar imenso, pela inteligência do texto.

Abraço

Antunes Ferreira dijo...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo.

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… E acabo de publicar – vejam lá para o que me deu a «provecta» idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano (obrigatório, porque vindo da Universidade).

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

E venho pedir-te o teu telemóvel (celular) para poder contactar-te mais facilmente, a fim de implementar e desenvolver o projecto que tenho para o meu www.travessadoferreira.blogspot.com e que, como já sabem, é conferir ao meu/vosso/NOSSO blogue a característica de PONTO DE ENCONTRO entre os nossos dois Países fraternalmente ligados. No que estou, pela minha parte, a desenvolver todas as diligências que, naturalmente, me forem possíveis.
E, naturalmente também, para poder enviar-te «coisas» que ache interessantes. Se, porém, não as quiseres, diz-me eu paro logo. Sou muito bem-mandado (a minha mulher que o diga…) e muito obediente (cf. parênteses anterior).
Já solicitei a colaboração da Embaixada de Portugal em Brasília, que tem à frente dela um diplomata fora de série, o meu querido Amigo, Dr. Francisco Seixas da Costa e na qual se integram mis dois bons Amigos de longos nos: o Adriano Jordão e o Carlos Fino. Seixas da Costa criou um blogue magnífico Embaixada de Portugal no Brasil, www.embaixada-portugal-brasil.blogspot.com, que vos recomendo vivamente visitar. Tem tudo sobre as relações entre as duas Nações. Espero fazer o mesmo com a do Brasil em Lisboa.
Este é um desejo que já ultrapassa a simples intenção. Ambiciosamente, neste momento possui muitos comparticipantes – como desejo que seja o teu caso. Mas, com o empenhamento, a ajuda, o entusiasmo e a alegria que tenho encontrado – iremos longe. A internet (apesar dos aspectos negativos que ainda apresenta) tem uma força incomensurável e desenvolvimento tecnológico que se actualiza dia a dia.
Abrações e queijinhos, convenientemente repartidos e distribuídos

PS 1 – Quando navegarmos em velocidade de cruzeiro, quero alargar o Travessa aos outros PALOP. Que achas?
PS 2 – Desculpa por este comentário ser tão comprido e chato. Como a espada do D. Afonso Henriques…

NOTA - Si lo queres, podemos cambiar opiniones, experiencias y Amistad en Castellano. Lo hablo y lo escribo casi como el Portugués. Adelante.
Me quedo esperando por tu imeile...

Duarte dijo...

mariam,
assim foi, passei uma tarde extraordinária, pois ademais contactei com alguns amigos que há muito que não nos víamos.
É um prazer poder partilhar com os que o merecem.

Beijos

Duarte dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Duarte dijo...

são,
está comprovado, saiamos todos perdendo. Pensa bem!!!

Que sejas feliz

Duarte dijo...

ana,
Efectivamente!!!
Ademais esta Lisístrata, a actriz, interpretou um papel perfeito, leva todo o peso da obra.
Quando possas assiste, e confirmarás aquilo que intuis.
Parece incrível que tenham passado mais de dois mil anos. Que passe em tempos de Tarás Bulba, tem certa lógica, mas a. C.!!!

Abraços

Menina do Rio dijo...

É...virou concorrência...
Muito divertido!

besitos

Vieira Calado dijo...

Zeus era um malandreco...
Sabe que o teatro que eu mais gosto é o clássico?
E o amigo trouxe-nos aqui uma bela
dose dessa modalidade.
Não conhecia a história nem a peça.
Obrigado.

Carminda Pinho dijo...

Duarte
Ao ler o post, lembrei-me que há imenso tempo não vou ao teatro.:(

Bjs

Duarte dijo...

menina do rio,
foi uma simples incursão e por convite.

Beijinhos

Duarte dijo...

antunes ferreira,
agradeço a deferência e passo pelo teu blog.

Abraços

Duarte dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Duarte dijo...

vieira calado,
coincidimos! Estas comedias tem um sabor muito especial. Quando medito sobre o que se pensava e sentia há tantos anos...

Abraços

Duarte dijo...

carminda pinho.
vai-te animando, faz bem aos sentidos.
:))

Beijinhos

mdsol dijo...

E o meu comentário? Não chegou aí? Ohhhhh
Bom, repetir não repito...mas ...parabéns aos teus amigos e a ti por seres amigo dos teus amigos que fazem "coisas" tão bonitas e por nos fazeres semprereportagens completas agradáveis e interessantes.
:)

Duarte dijo...

mdsol,
contactamos quase todos os dias...
Como facilmente comprovarás, no meu blog, para gravar um comentário, não é imprescindível passar pela supervisão do proprietário. Este es um espaço livre, donde no instante de postar podes comprovar.
Es um Sol, sempre tão amável e positiva nas tuas valorizações. Obrigado
:))

MARTHA THORMAN VON MADERS dijo...

Postagem maravilhosa.Adorei.
marthacorreaonline.blogspot.com

mariam dijo...

gracias...um seixo branco para si.
bom resto de semana
um sorriso :)

mariam dijo...

e... "desafio" superado! gostei de o conhecer mais um bocadinho...obrigada. ;)

Duarte dijo...

martha,
sou eu quem se tem que render ante os teus conhecimentos e lições de hsitória, pelo elevado tom de docência.

Reconhecido

Duarte dijo...

mariam,
espero que guardes ese "seixo" para que me lo puedas dar el día en que nos veamos ¿que te parece?

Sorrisos

:))

Maria Jesús dijo...

Me alegra que te divirtieras tanto. Bonito blog

Duarte dijo...

maria jesús,
si, lo pasé muy bien. Con una comedia tan divertida y rodeado de buenos amigos, el ambiente era propicio para ello.
Gracias por tu apreciación.

Reconocido y agradecido

María dijo...

Perdona, creo que fuí yo la que no te entendí bien, porque tú sí que te explicaste bien, pero lo que me confunde es que como viene en el perfil al lado del nombre de este blog otro nombre distinto al tuyo siempre pienso que no es tuyo, por eso siempre me dirijo al otro que no lleva nombre creyendo que es el tuyo, de ahí mi fallo, de todas formas, gracias por decírmelo, de nuevo, y encantada de estar aquí.

Gracias por compartir este post con una comedia que tú has presenciado y que te encantó.

Un saludo, y de nuevo, perdón y gracias.

andorinha dijo...

Não conhecia esta peça. Aliás , conheço muito mal o teatro clássico.
Fizeste nascer a minha curiosidade e vontade de saber mais.
Um beijo e obrigada pela visita ao meu Livro de Escrita.

Duarte dijo...

maría,
Es un placer verte por aquí, vuelve siempre que te apetezca.

Besos

Duarte dijo...

andorinha,
eu tampouco. Foi um convite do meu amigo Carlos. Já me tinha falado desta actividade da Universidade, mas como derivei pelas Belas Artes quase nunca coincidimos.
Abraços

Guia en estambul dijo...

sabeis que significa eso excursiones en estambul

guia privado dijo...

Los mejores celulares replikas! En iyi marka ve modellerde replika telefon en iyi replika telefon her yerden alınmaz.
seçiminizi replika telefonlardikkatli
verebiliriz replika samsung s4
işte hepsi bukada.replika samsung s5
replika saat
guia de estambul
estambul tours

replika telefon