viernes, 11 de julio de 2008

PARQUE NATURAL DE LA ALBUFERA - VALENCIA



La Albufera constituye la principal zona húmeda de la Comunidad Valenciana, tanto por extensión como por su valor ecológico: un valioso espacio natural.




Este lago pertenece a la Lista de Zonas Húmedas de Importancia Internacional (Convenio de Ramsar). Además, está declarado como área ZEPA (Zona de Especial Protección para las Aves). La zona afectada por esta declaración es el lago de La Albufera, su entorno húmedo, y la barra o cordón litoral (Dehesa del Saler) adyacente a ambos.




En el territorio protegido se incluye parte de los términos municipales de Valencia, Alfafar, Sedaví, Catarroja, Massanassa, Albal, Beniparrell, Silla, Sollana, Sueca, Cullera, Albalat de la Ribera y Algemesí.




El perfil de la Albufera es irregular, con un diámetro aproximado de unos seis kilómetros en su parte más amplia. La comunicación del lago con el mar se realiza a través de canales o golas, que se abren o cierran mediante unas compuertas, modificando el volumen de las aguas del lago.




En el interior de la Albufera hay seis islotes: la "Mata del Fang", la "Mateta de Baix", la "Mata de la barra", la "Mata de L'Antina", la "Mata de San Roc" y la "Mata del Rey".




Dentro de la albufera se encuentra el pueblo de pescadores de El Palmar. En la actualidad con diversos restaurantes de características familiares, donde se puede saborear una rica gastronomía propia. Una variante es cenar a bordo de una de las barcas típicas de la Albufera. Las paellas, tanto de pollo y conejo, como las de marisco; el "alli pebre d`anguiles" y la "espardinyá". En los hornos se siguen elaborando las "cocas", "les madalenes" y el "rosegó."




INFORMACIÓN DE INTERES
Visitas
Existen dos centros de visitantes, del Racó de l´Olla y de Caballerizas, ambos emplazados en la reserva ecológica del Racó de l´Olla, a la que se accede a través de la carretera del Palmar.
Valores naturales
La zona se caracteriza por la abundancia de pastizales y juncales. En aquellas zonas en las que el agua es permanente se encuentran eneas, herbazales y carrizales.
Entorno cultural
La Dehesa del Saler separa el lago propiamente dicho del mar, mediante una franja de arena de, aproximadamente, un kilómetro de longitud. El Parque de la Albufera tiene, además, otra pequeña laguna en su parte meridional, menos conocida y denominada la Bassa de Sant Llorenç (balsa de San Lorenzo). Probablemente sea consecuencia del cierre de una pequeña albufera por la misma restinga que aisló a la Albufera de Valencia.




MARAVILLOSO ESPECTÁCULO DE NATURALEZA, EL PARQUE NATURAL DE LA ALBUFERA, ES EL PULMÓN DE VALENCIA, UNA ZONA VERDE IMPORTANTÍSIMA PARA EL QUE SE SIENTA VALENCIANO, SON NUESTRAS SEÑAS DE IDENTIDAD, LOS ARROZALES, LAS CAÑAS, LAS ANGUILAS, LAS ANGULAS, LAS TENCAS, LAS CARPAS, LOS PATOS, LAS GARZAS, LAS GAVIOTAS, EL AGUA, EL MAR, LOS PINOS, LAS DUNAS, LA ARENA...EN FIN, PURA NATURALEZA MUY CERCA DE LA CIUDAD.




Las fotos han sido facilitadas por mi amigo Carlos Peña Bretón que trabaja de biólogo en La Albufera.
Para saber mais:
http://www.albufera.com/portal/

42 comentarios:

Juani lopes dijo...

Vaya, esa es una visita como te comente que me apetece hacer a ve si tienes un domingo y vamos
saluditos

mariam dijo...

tão bonito! que sítio... calmo, com suas palavras e imagens... consegue transmitir os cheiros e a frescura do lugar.... apetece ir!

é um privilégio ter esse paraíso aí tão perto da cidade...

fez-me muito lembrar dois sítios aqui de Portugal
o estuário do Tejo e Comporta e seus arrozais

http://atelier.hannover2000.mct.pt/~pr602/tejo.htm

bom fim-de-semana
um sorriso :)

Ana dijo...

Que bela ajuda dás ao turimo local!
Parabéns.

Abraço

Duarte dijo...

juani lopes,
cuando quieras, pero mejor en otoño, por el clima y por la afluencia de la gente a la zona en esta época del año, a las playas y a los restaurantes del Palmar. Seria interesante hablar con Carlos para que nos muestre aquello que muchas veces no es asequible al público en general.

Duarte dijo...

mariam,
uma das coisas mais atractivas é que a praia está enfrente, assim como os restaurantes del Palmar, uma pequena povoação de pescadores, e agricultores, que hoje em dia praticamente vivem do turismo e da restauração.
Vamos a ver quando apareces... guia já tens.
Em relação ao Tejo, isto além de estar perto, dez quilómetros, é que está em linha com o mar, como a cidade. Quando queimam os arrozais, se o vento é favorável, a cidade enche-se de fumo.
Em Portugal temos a lagoa de Óbidos de água salgada, a Albufera é de água doce.
Bom fim de semana, pelo menos que seja melhor,

Duarte dijo...

ana,
há tempo que queria render esta homenagem a um dos sítios mais bonitos e que mais me atrai de Valência.
Obrigado pelo teu apoio.
Abraços

poetaeusou . . . dijo...

*
soberbo,
,
lembra, remotamento,
os campos do rio sado,
,
saudações,
,
*

Duarte dijo...

poetaeusou,
a grande vantagem de este meio, é a possibilidade de ideias e comparações que se podem obter, o que muito contribui para a nossa evolução.
Obrigado pela tua colaboração.
Abraços

gaivota dijo...

valencia linda... as fotos deliciosas
los arrosales y una albufera llena de todo, pájaros, peces, y paz, se siente mucha paz en la naturaleza que nos enseñas
y ese pueblo El Palmar, debe ser hermoso con gente simples simpática, donde podría ahora mismo comer una paella...
hummmmmmmmmmmmm
gracias por darnos a conocer y disfrutar estes locales!
besitos

Duarte dijo...

gaivota,
estás invita a una paella.
Para mim é um prazer fazer-vos chegar novos horizontes, para que vos prepareis para algo no que estou meditando...
Abrazos

Multiolhares dijo...

Que lindo lokalen
Adoro ein natureza, é algo
que nos é dado Sem bestellen retribuição
um acto de amor posso dizer.
Obrigada por estas maravilhosas Fotos
besitos

mdsol dijo...

Oh Duarte:
Isto não se faz! Demonstrar-me a mim, que já estive uns dias em Valência que afinal não conheço nada? rsrsrs
Eu bem digo que o tei blog faz mais pelo turismo e pelas relações entre os sois "povos" do que muitos serviços oficiais. Porqu efalas das coisas como quem gosta delas e não como alguém que tem de as "vender".
Uma pergunta: Como se chama um prato típico da gastronomia de Valência, que é muito forte, julgo que leva feijão (??? nãotenho a certeza) e qu esó se come em restaurantes muito típicos (eu fui a um que ficava fora da cidade).. Sei qu ete dei poucos elementos, mas só me lembro de como é um prato muito forte, mas muito bom...
:))
SALUDITOSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

mdsol dijo...

DESCULPA AS GRALHAS. Eu de manhã não funciono mesmo!
:)

Bandys dijo...

Oi
Belissima as fotos.
Parabéns ao amigo Carlos Peña por ter conseguido tão belas imagens.
Fiquei fascinada

Beijos

Duarte dijo...

multiolhares,
também sou um apaixonado pela mãe natureza. Tenho tudo cheio de plantas. E a Hannah, uma cadela, comporta-se muito bem com as amigas plantas.
É um prazer saber que são do teu agrado.
Abraços

Duarte dijo...

mdsol,
tem que ser assim senão não vens cá.
Não estiveste em Valência, passaste por aqui, desculpa o tom, sabes que as cidades são livros que se lêem com os pés, e, se ademais se queres saber algo delas, contacta com um nativo, ou bem informado. Quando voltares, se me participas e nos vemos, estou convencido que então sim poderás dizer que conheces bem Valência.
Deformação profissional. Durante o meu passo por vendas os clientes compravam, não lhes vendia, esse foi o meu segredo profissional. Criar a necessidade, sendo convincente.
Creio, quase com toda a certeza, pelos feijões, que é "arròs en fesoles i naps", arroz com feijões ( um tipo de feijão que não é como o da nossa terra) e nabos, ademais leva carne de porco, e mais coisas, é um prato para o inverno, está muito bom, eu pelo menos gosto muito. Acertei? Espero que sim.
:)))

Duarte dijo...

bandys,
trabalha ali e esse é o seu habitat durante o horário profissional. Vou participar, ficará contente.
Somos um grupo de pessoas que temos como atractivo comum a natureza, e ademais apaixonados pela fotografia.
Satisfaz-me saber que gostaste.
Beijos

Sir Fart dijo...

Duarte, prezado, você me deixa com água na boca, com essas fotos e descrições, e eu fico a perguntar-me quando é que terei férias e tempo suficientes para visitar todos esses lugares magníficos?
Abraços fortes!

Duarte dijo...

sir fart,
aqui te esperamos, sabes que como mínimo tens aqui a dois amigos. Não vais parar, quando te fores embora vais querer voltar.
Um grande abraço desde terras valencianas

Véu de Maya dijo...

Viva Duarte!

apreciei muito as fotografias lndíssimas e o zelo que põe na descrção das coisas.
Uma bela simbiose entre a beleza natural de Valencia e a sua paisagem cultural...

abraço amigo

mdsol dijo...

OBRIGADA DUARTE.

E viva o "arròs en fesoles i naps",
:)

Laura dijo...

Hola duarte, belas imagens e realmente apetece ir para lá e sentar a ver aquilo tudo. Já viv em Vila Verde da Raia em pequenita e aprendi espanhol, mas depois nos fomos para longe e esqueci, apenas leio fluentemente, mas no hablo.. ji da laura..Conheço muito de espanha, mas para lo tamanho dela és mui poco o que já visitei...

Duarte dijo...

véu de maya,
é um prazer ver-te por aqui.
Vamos a ver como organizamos a ideia que começo a assimilar e um dia nos vemos todos aqui em Valência.
Abraços

Duarte dijo...

laura,
por aqui ando, se vindes avisai que terei imenso gosto em ajudar-vos.
Não deixes de praticar. É certo que sabendo português e inglês, já se pode ir pelo mundo sem dificuldade alguma, mas o espanhol se está a converter no grande adversário.
Estuviste en Valencia?

Reconhecido

jasmimdomeuquintal dijo...

Bem... fiquei estarrecida. Que lindo; um espectáculo.
Obrigada.

Duarte dijo...

jasmindomeuquintal,
essa é precisamente a sensação que me invade quando contemplo o jazmindomeuquintal.
É um prazer ter-te por aqui.
Abraços

Justine dijo...

Que maravilha, Duarte! A reportagem está irresistível, e as belezas que mostras não deixam ninguem indiferente. Confesso que não conhecia esta faceta da comunidade de Valencia, é seguramente mais um factor importante na minha decisão em visitá-la. E tu não esqueces de nenhum pormenor para nos conquistares, até a gastronomia, que me deixou com águia na boca!
Apetece partir já :))
Abraço

Duarte dijo...

Justine,
querida amiga, esta e muitas mais. Estes dias temos a Feira de Julho, que acaba no dia 26 com a batalha de flores. Então um Presidente da Câmara, com excelente critério, pensou em como reter aos vizinhos um mês mais na cidade, os que podiam, com os primeiros calores, saiam para as das povoações próximas para descanso estival.
Não sei se vou ter vontade,de sair ao fim da tarde para fazer algumas fotografias para que o podais ver. Então era muito bonito pelas palácios de montavam para esta festa, e a batalha era com pétalas de rosas. Hoje faz-se com cravos, mas dos que não cheiram bem, e até há quem leve raquetas para proteger-se de furiosos disparos.
Já sabes, bem quando quiseres. Aqui me tens,
Um grande abraço.

São dijo...

Informação muito interessante e fotografias a transbordar da paz tão necessária à nossa vida.
Beijos.

JESUS y ENCARNA dijo...

Buena exposicion de esa maravillosa
Albufera de Valencia...
Esa puesta de sol, me trae recuerdos de amistades, ya lejanas y casi olvidadas, en Alfafar, cuando ibamos a contemplar por las afueras de la zona las puestas de sol.....
Felicidades, Duarte, por traernos esos especiales rincones por donde andas.
Saludos cordiales.
Jesus

Duarte dijo...

são,
tens razão, toda a zona da Albufeira inspira à paz e ao descanso.
Beijos

Duarte dijo...

jesus y encarna,
Jesús, la has definido muy bien. Que bien conoces la zona. Precisamente las mejores postas de sol son las de se divisan desde Alfafar hacia Catarroja, en el embarcadero. La Albufera parece que está ardiendo. Como cuando queman la paja del arroz con el sol tamizado por el humo.
Soy feliz al comprobar por vuestras palabras las vibraciones que os hago sentir.
Recibe toda mi estima en un fuerte abrazo.

Rosa dos Ventos dijo...

Pelas belas imagens, visita a não perder!

Abraço

Duarte dijo...

rosa dos ventos,
isso espero e que não demore muito...

Abraços

Tinta Azul dijo...

Caro Duarte,
Como sempre, excelente reportagem que nos permite ir conhecendo mais e mais do país vizinho.
Um abraço e bem hajas pela dedicação que pões naquilo que aqui fazes e nos mostras.

Duarte dijo...

tinta azul,
tu que es muito criativa, sabes que a maioria das coisas fazem-se instintivamente ou por amor. É certo que ponho bastante amor naquilo que faço; precisamente por ser para vós.

Recebe um grande abraço desde terras valencianas

Mariaisabel dijo...

Preciosa la Albufera de Valencia.
Las fotos una maravilla!
Besitos

Duarte dijo...

mariaisabel,
me satisface verte por aquí.
Desde siempre que la Albufera me atrae, así como la zona del Saler, hasta donde llega la Albufera.
Las fotos, en este caso, son de mi amigo Carlos.
Un gran abrazo

Charlie dijo...

Que bonito !!
Fiquei cheia de vontade de ir aí !


beijinhos*

Duarte dijo...

charlie.
vem quando quiseres, mas antes do cinco de agosto que saio para o Porto.
Beijinhos

Vieira Calado dijo...

Estive em tempos numa praia chamada Albufereta.
É por aí, não muito longe de Valência, não é?

Duarte dijo...

vieira calado,
A praia da "Albufereta" está na "Comunitat Valenciana", mas na Província de Alicante. É um bairro desta cidade. Está muito perto doutra mais importante, que é a praia "de San Juan".
Sim, está a uns 200 kms.

Abraços