jueves, 18 de septiembre de 2008

JOSÉ FRANCO



JOSÉ FRANCO




SOBREIRO






ALDEIA SALOIA




Cualquiera de estos términos servirían para definir el arduo trabajo de un hombre, José Franco, que con sus dedos construyó un pueblo. En el que se encuentran aquellos aspectos que definen maravillosamente todo lo que se puede ver en un pueblo de los de entonces, de hace unos cincuenta años.




Todo esto en Sobreiro, una pequeña población entre Mafra y Ericeira, que os hablé anteriormente. Este señor, un gran artesano, reconocido mundialmente, era un artista alfarero, un escultor del pueblo y para el pueblo. Vivía de sus quehaceres profesionales pues su reputación no le permitía vivir sin trabajar, pero poco a poco fue construyendo esta maravilla, un deleite para pequeños y mayores.




José Franco hizo renacer su vieja sala de aulas, con los pequeños pupitres de madera, el imponente armario de la profesora, la pizarra; el barbero-dentista, el cliente sometido a un afeitado; en la tasca sirviendo un vaso de vino… ambientes que invitan a un viaje en le tiempo.





En suma, una réplica a tamaño natural de una aldea, de un pueblo de entonces, creada por las manos maestras de José Franco; con las casas, las tiendas, la taberna, la carpintería, el molino, la era, el herrero, todo con el mínimo detalle.




Las tiendas y las casas están amuebladas y equipadas al estilo de la época y pueden ser visitadas, en las que se puede degustar lo más típico y tradicional de la aldea saloia.




Como colofón podemos contemplar una exposición permanente, para nuestro deleite, de las magníficas piezas esculpidas por el gran maestro José Franco








Un verdadero Museo etnográfico de visita obligada.




Horario: Abierto todos los días entre las 10h00 y las 18h00
Existe una amplia zona de aparcamiento


59 comentarios:

Patti dijo...

Vim retribuir a sua visita ao meu Blog, Ares e achei piada a este post, pois vou passear até aqui no próximo sábado, com Mafra e o Convento incluídos, claro.

Duarte dijo...

Patti,
fazes bem, não te arrependerás, é uma prenda que te fazes, e aos que te acompanhem.

:))

Juani lopes dijo...

Es parecido a la ciudad de los pequeñitos de coimbra, por las fotografias, si voy estas navidades a Portugal ya tengo un sitio donde ir seguro
saluditos

Duarte dijo...

Juani,
es muy diferente, es un ambiente más rural, cosas de pueblo de un tiempo pasado. ¡Una maravilla!
Las esculturas de la exposición están en unas vitrinas y resulta difícil obtener buenas fotos. Lo demás es casi todo exterior, pero lleno de encanto. Te gustará, sin duda.

mdsol dijo...

Oh Duarte
O que tu consegues! Só passei uma vez por Sobreiro. E foi há tanto tempo que já nem me lembrava. Mais uma vez tu conseguiste trazer aqui coisas importantes desta terra que, o nosso olhar ligeiro por vezes deixa de reparar.
Parabéns mais uma vez e ..gracias

Saluditos
:))

Justine dijo...

Que saudades do tempo em que ia visitar a aldeia do José Franco com o meu filho pequenino, de olhos maravilhados a olhar para tudo.
Obrigada por me trazeres essas recordações:))

poetaeusou . . . dijo...

*
é, pá.
franco e de espanha . . .
qur grande susto . . .
mas não,
é o mestre franco,
quando vou ao pão quente
com chouriço, ao moinho,
algures na zona saloia,
dou sempre uma espreitada,
a mitigar saudades de garoto,
dos bonecos da batalha, nome
dado a miniaturas volantes ao
nosso dispor nas feiras de antanho,
,
saudações,
,
*

Duarte dijo...

mdsol,
precisamente por isso, tenho olhar agudo, felino, donde ponho o olho está a presa.
Fui até lá para recordar velhos tempos e mostrar aos meus netos o muito de belo que tem o nosso Portugal.
Gracias a ti por tus suculentos comentarios.
Besos

Duarte dijo...

Justine,
é essa uma das razões de este post, recobrar da memória passiva momentos de exaltação, desse momento estancado no tempo que actua numa explosão de satisfação quando é activado.
No momento crucial pude ver, tantos anos depois, nos olhos dos meus netos, esse êxtases na placidez, a admiração, o espanto ante o novo e belo.
Reconhecido
Um grande abraço

Duarte dijo...

poetaeusou,

Este usava as mãos para fazer arte,
e a cabeça para criar beleza.

Isso foi o que fiz com os meus rapazes.

Por momentos fui muito feliz, sim

Abraços

María dijo...

DUARTE:

Me encanta el recorrido turístico que estás haciendo en tu blog de Portugal, creo que esto lo deberíamos hacer todos en nuestros blogs para ir conociendo los lugares dónde vivimos, para que las personas que visitan nuestros blogs vayan disfrutando de todas las imágenes, y sobre todo, que sepan las recomendaciones, de las distintas zonas, para que así, cuando se vaya a conocer, sepamos lo que queremos ir a visitar, y desde luego estas imágenes me parecen preciosas y dignas de ver en persona.

Gracias por hacernos descubrir, poco a poco, mucha más zona de Portugal.

Un beso y feliz tarde.

Multiolhares dijo...

É um cantinho magico onde crianças e adultos se perdem na meninice
beijinhos

instantes e momentos dijo...

é sempre muito legal voltar ao seu blog. gosto daqui.
tenha um belo final de semana
Maurizio

Duarte dijo...

María,
no solamente donde vivimos, pero también los que visitamos. Viajar es cultura.
Me reitero en un comentario que te hice anteriormente, para Portugal ya disponéis de guía.
Eres tan encantadora que me siento en deuda contigo.
Buen fin de semana

Besos

Duarte dijo...

multiolhares,
essa foi a sensação que percebi, por isso a recomendo com tal veemência.
Gostei da tua definição.

Um grande abraço

Duarte dijo...

Maurício,
estou-te agradecido pelas palavras que proferes de boas intenções.
Também um bom fim de semana para ti.
Saudações

Ana dijo...

Bem hajas por esta divulgação tão merecida.
Este hommem é extraordinário.
Um PORTUGUÊS com letra grande!

E belas fotos as que aqui deixas!

Abraço

gaivota dijo...

que interessante trazeres aqui o nosso amigo zé franco, as suas peças, o seu cantinho e o sobreiro, mafra!
zona muito bonita e com uma das praias mais bonitas por perto, a ericeira!
já tive uma casinha nessa zona e quase sempre havia uma paragem para as crianças se irem deliciando com a arte de oleiro e a sua roda,
parabéns, linda descrição e apetite ao turismo para zonas mais ricas...
beijinhos

gaivota dijo...

que interessante trazeres aqui o nosso amigo zé franco, as suas peças, o seu cantinho e o sobreiro, mafra!
zona muito bonita e com uma das praias mais bonitas por perto, a ericeira!
já tive uma casinha nessa zona e quase sempre havia uma paragem para as crianças se irem deliciando com a arte de oleiro e a sua roda,
parabéns, linda descrição e apetite ao turismo para zonas mais ricas...
beijinhos

gaivota dijo...

que interessante trazeres aqui o nosso amigo zé franco, as suas peças, o seu cantinho e o sobreiro, mafra!
zona muito bonita e com uma das praias mais bonitas por perto, a ericeira!
já tive uma casinha nessa zona e quase sempre havia uma paragem para as crianças se irem deliciando com a arte de oleiro e a sua roda,
parabéns, linda descrição e apetite ao turismo para zonas mais ricas...
beijinhos

gaivota dijo...

que interessante trazeres aqui o nosso amigo zé franco, as suas peças, o seu cantinho e o sobreiro, mafra!
zona muito bonita e com uma das praias mais bonitas por perto, a ericeira!
já tive uma casinha nessa zona e quase sempre havia uma paragem para as crianças se irem deliciando com a arte de oleiro e a sua roda,
parabéns, linda descrição e apetite ao turismo para zonas mais ricas...
beijinhos

gaivota dijo...

que interessante trazeres aqui o nosso amigo zé franco, as suas peças, o seu cantinho e o sobreiro, mafra!
zona muito bonita e com uma das praias mais bonitas por perto, a ericeira!
já tive uma casinha nessa zona e quase sempre havia uma paragem para as crianças se irem deliciando com a arte de oleiro e a sua roda,
parabéns, linda descrição e apetite ao turismo para zonas mais ricas...
beijinhos

mariam dijo...

bom dia!
excelente post.
Uma viagem magnífica aos "sabores" da terra e das genuínas gentes saloias, p'los olhos do grande mestre José franco, que com paciência, arte e amor foi criando esta maravilha, que delicia miúdos e graúdos!
Duarte, obrigada por divulgares e nos proporcionares mais um roteiro fantástico!
Do mestre, tenho ali numa peanha, um "romeiro", de que gosto muito, foi-me ofertado por uma amiga, numa altura menos positiva da minha vida.

bom fim-de-semana
um sorriso :)

mariam

(tenho sido pouco assídua... mas a falta de tempo, não me tem permitido!sorry.)

Duarte dijo...

ANA, GAIVOTA E MARIAM

QUERIDAS AMIGAS:

DESCUBRO-ME ANTE AS VOSSAS PALAVRAS. COM AS QUE ME FIZESTES VIBRAR, SEM PODER EVITAR QUE SE ME HUMEDECESSEM OS OLHOS, PROVOCANDO QUE ESSE SABOR SALGADO QUE CAUSA A EMOÇÃO, AFLORASSE NOS MEUS LABIOS, DETECTORES DESSE AGRADÁVEL PALADAR.
ESMEREI-ME SEM OLHAR A ELOGIOS, POR ISSO CAUSOU TANTO IMPACTO O VOSSO ALAGO, O MOTOR DA CAUSA EFEITO DA VOSSA TÃO NOBRE ATITUDE.

ACEITAI TODO O MEU AFECTO NUM BEIJO

Duarte dijo...

Ana,
há muitos anos que não ia por ali. Desejava ver os meus netos a correr e a saltar de alegria fazendo aquele recorrido. A experiência foi todo um êxito.

Beijos

Duarte dijo...

Gaivota,
assim foi, e a época do ano a adequada, mesmo assim na Ericeira caía essa chuva miudinha que entra por todos os sítios e molha. No post "Cheira a mar, e a saudade" está uma fotografia do Miradouro da baleia da Ericeira.
Vim enchido da minha terra e vós, pluralizo incluindo-te, com uma sensibilidade à flor da pele, conseguistes emocionar-me... obrigado.

Beijinhos

Duarte dijo...

Mariam,
agradeço os elogios, mas podia ter ficado muito melhor. A chuva da Ericeira provocou na Câmara um problema e tive que fotografar com o telemóvel.
Enchi-me de tudo o que de bom tem a nossa terra. Vim com as pilhas carregadas ainda que sabia que não ia servir de muito com os problemas que me esperavam e assim foi. Estou a desejar voltar.
Essa peanha é um tesouro. Vi ali certas coisas à venda, o que não pude indagar é quem as faz e de donde vem. Por isso não comprei nada. Voltarei.
Que tenhas um bom domingo.
Beijos sorridentes

Rodolfo N dijo...

Ojalá algún día pudiera visitar tantas cosas lindas , pero al menos tus post nos acercan a nuestros sueños.
Un abrazo, amigo

Alatriste dijo...

Un lugar precioso y un gran ejemplo el de este hombre.
A ver si un día me puedo dar una vuelta por allí.
Gracias por la recomendación.
Besos.

Duarte dijo...

Rodolfo n,
Amigo, tan sólo te tienes que poner en camino, una vez aquí ya lo resolveremos.
Un grande abrazo

Duarte dijo...

Alatriste,
aquella zona es muy bonita y puede verse en un día, incluido un baño en la playa de Ericeira.
Besos

um Ar de dijo...

Querido amigo,
.
Já não vinha aqui há uns tempos.
A razão é a mesma pela qual os meus posts têm sido curtos e de poucas palavras, porque me custa olhar para a luminosidade do écran do PC.
.
[Belíssima reportagem de Sobreiro! Tenho que acrescentar. E acho que reconheci os teus netos...]
.
Andei uns tempos a fugir ao assunto... mas, estou doente. É apenas isso. Ou... é isso. As dores de cabeça não são coisa para deixar passar. Agudizaram-se. Incapacitaram-me, em suma.
.
O trabalho em excesso e um ano passado sem faltar um único dia, mais umas férias dolorosas, sem me esquecer dessas dores e de outras [que terei que ver de que são], agora que estou parada... devem ter sido a causa mais imediata.
.
Custa-me estar parada... à espera de ver o que acontece.
Em casa, tenho uma ajuda preciosa, para tudo... o que me faz sentir ainda mais triste, porque sinto que participo em muito pouco e tenho um sono imenso!...
.
Mandaram-me descansar. Mas dói-me o corpo de tanto dormir.
No entanto, não tenho força para andar em pé e fazer coisas... custa-me ler, custa-me pensar, custa-me...
.
Não acredito muito em tratamentos, mas também não posso dizer que não os faço... devo isso aos que se preocupam comigo, mesmo que eu não acredite. Por isso... aguardo melhores dias e que me digam, se é que sabem, de que é que padece o meu corpo.
.
É só... não é pouco. Mas é isto.
Obrigada pelo teu cuidado.
Vou dando "notícias breves"
[Um grande beijo]

Duarte dijo...

Um ar de,
Querida e muito estimada amiga, assim é, notei a tua ausência, e muito.
Compreendo e lamento a tua situação actual, que espero seja de imediata recuperação. Tem que ser passageira.
Hoje escrevi-te um mail.
Foste, até agora, a única pessoa que esteve atenta e descobriu esse detalhe. Efectivamente existem duas fotografias nas que estão os meus netos. Não pararam nem um momento, com o controle atento do pai.
Recebe todo o meu afecto num forte abraço

María dijo...

Duarte:

Muchísimas gracias por ser tan amable, tan generoso, tan cordial, tan colaborador, yo estaré encantada de que tú nos hagas de guía, cuando volvamos a Portugal, será un auténtico placer visitarlo en tu compañía, y que tú nos enseñes todas las cosas tan bonitas que no conocemos por allí, estoy segura de que nos sorprenderás.

También te doy las gracias por el regalo de tus palabras dejadas en mi blog, tus comentarios hacen iluminar mi blog, me encantan.

Un beso muy grande, y feliz tarde.

Duarte dijo...

María,
he nacido así y no es ahora que voy a cambiar.
Además no hago más que ser recíproco, tu si eres encantadora...
Espero que así sea, para mi será un placer. Cuando hagamos un viaje con la Asociación te informaré de ello, y si es de vuestro interés lo hacéis con nosotros.

Recibe todo mi afecto en un beso

María dijo...

Muchas gracias Duarte, y espero seguir saboreando tus posts con uno nuevo, estoy a la espera, y voy a dejar, de nuevo, tu blog enlazado entre mis 10 favoritos, para que quienes visiten mi blog, puedan entrar en el tuyo y quedarse extasiados de Portugal casi tanto como yo me quedé cuando lo ví en directo.

Un beso muy grande.

Duarte dijo...

María,
eres inmensa, como persona y como motivadora.
Querida amiga, todo ello es fruto de hablar con el alma. Expreso aquello que siento.
Cuenta conmigo siempre.

Besitos

María dijo...

Duarte:

Mil gracias para tí y te deseo un feliz comienzo de semana.

Un beso.

Duarte dijo...

María,
estaré siempre a tu disposición con sumo placer.

Besos

AnaPacheco dijo...

Hello Duarte :)
Pois engana-se ... estes óculos de 3D não temos de os devolver, ficam para nós :) ...
Eu tb sou do tempo dos óculos de cartão, não vai assim há muito tempo.

Sabe que nunca ouvi falar da Aldeia Saloia? Gostei muito das fotos que aqui colocou ... onde é isso? Em Mafra? Gostaria de lá ir, parece muito bonito. Informa-me? :D
Bjinhossssssssssssssss

AnaPacheco dijo...

Ahhhhhhhhhhhhhhhh! Já sei! Entre Mafra e Ericeira ... Sobreiro ... és isso ??? ;)

Duarte dijo...

Ana Pacheco,
Está perto, na estrada que vai para a Ericeira. Pertence a Mafra.
Existe uma rota para comer pão quente com chouriço aldeão: para chupar os dedos como com o chocolate.
É MUITO BONITO E PARA A MIUDAGEM DE LOUCURA.

Aqui tem-se que devolver os óculos.
Já lá vão uns vinte anos. Então não teve grande êxito!

Beijocas, muitas...

Duarte dijo...

Ana Pacheco,
Aí tens o mapa. Não está sinalizado, mas ao passar vê-se o moinho que está mesmo à face da estrada.
Sabes muito!!!
:)))

Abraços

Sara dijo...

Amigo Duarte esto es a lo que llaman familiarmente la ciudad de los pequenines? es que mis padres cuando fueron a Portugal vinieron encantados de esa ciudad y no se si esto que muestras tú es lo mismo o es otra cosa, desde luego yo iré a este lugar que muestras que bonito!!!! cada vez tengo más ganas de ir a Portugal...cunato bonito me queda por ver en tu tierra, serás mi guia en tu pais, vete haciendome una lista con todo lo interesante o bien me llevo el portatil con tu blog siempre abierto jejejje,
Gracias amigo por mostrar estas preciosidades, y genial por José Franco y por ti.
Un abrazo

Duarte dijo...

Sara,
claro que si y con mucho gusto.
No, el "Portugal dos pequeninhos" ( pequeñitos) está en Coimbra. Es muy distinto, lo de Sobreiro es más rural. Es el trabajo de un alfarero en sus ratos libres. Un gran maestro, además de una gran persona.
Cuenta conmigo siempre.
Abrazos

María dijo...

Aunque no tengas nada nuevo yo te dejo mis saludos, y las gracias.

Un beso, Duarte.

Duarte dijo...

María,
es un placer verte por aquí.
Un beso querida amiga.

São dijo...

Excelente, excelente!
Muito obrigada pela divulgação de alguém cujo trabalho o merece muitissimo!
Bem hajas, meu caro!

Duarte dijo...

são,
satisfaz-me saber que é do teu agrado. Este grande artista é merecedor de que a sua grande obra seja divulgada.
É um prazer
:)))

Maria Jesús dijo...

En mi blog te he dejado un Bosque Encantado con todo mi cariño

Maria Jesús dijo...

Te dejo un saludo lleno de cariño. sabes cuanto adoro visitar tu blog

mariam dijo...

oh!Duarte, pensei ter deixado um olá! afinal, parece que apaguei!

tenho tido uns dias CHEIOS de trabalho e à noite, estou demasiado cansada para vir aqui... sorry!

tem um bom resto de semana
um sorriso :)
mariam

elisa dijo...

Gracias, Duarte polo teu comentario no meu blog. Non, non é un sono. Efectivamente, unha persoa tan sensible como amosas ser nas túas fotografías fermosas do outono, forzosamente tiña que entender ben unha especi4e de fotografía feita coas palabras, o tema .
unha aperta

Duarte dijo...

María Jesús,
pasaré a perderme en dicho bosque encantado...
Besos

Duarte dijo...

María Jesús,
pasa siempre que quieras, eres bienvenida.
Un abrazo

Duarte dijo...

Mariam,
aparece sempre que possas.
Terei sumo prazer em receber-te.
Trabalhar é necessário mas descansar imprescindível.
Um beijo

Duarte dijo...

Elisa,
Voltarei, já que gostei muito. Prometo fazer um estudo da minha passagem pelo teu blog, e a relação do dito com o por ti exposto.
Gostei muito que voltasses e quero ver-te mais a miúdo.
Abraço apertado

Maria Jesús dijo...

Vuelvo a embeberme de Portugal en tu maravilloso blog. Te dejo un abrazo y un afectuoso saludo

Duarte dijo...

María Jesús,
pasa siempre que quieras para mi es una muy grata satisfacción.
Saludos